4º edição do Prêmio ABRA homenageia Orlando Senna

Cerimônia de premiação dos roteiristas será online no dia 30/10, às 20h30

Registro / 02:32 - 1 de out de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

A Associação Brasileira de Autores Roteiristas (ABRA) anunciou os finalistas da 4º edição do Prêmio ABRA de Roteiro, que conta com patrocínio do Projeto Paradiso, instituição filantrópica de apoio aos talentos do audiovisual. A cerimônia de premiação que revelará os vencedores, dentre as 61 obras finalistas de 11 categorias, além do roteirista do ano, acontecerá online e ao vivo no dia 30 de outubro, às 20h30, nas redes sociais da ABRA.

O homenageado do 4º Prêmio ABRA de Roteiro será Orlando Senna, cineasta, escritor, jornalista, roteirista e diretor dos longas Iracema–Uma Transa Amazônica, Diamante Bruto, Brascuba, Gitirana, Sol da Bahia e os recentes Idade da Água e Longe do Paraíso. Senna teve seus filmes premiados nos festivais de Cannes, Taormina, Pésaro, Havana, Brasília, Rio de Janeiro. Pelo caráter inovador de Iracema-Uma Transa Amazônica recebeu o prêmio Georges Sadoul da França e o Grimme da Alemanha. Já o novo Prêmio ABRA Parceria será dado à cineasta e produtora Carla Esmeralda pelo incentivo ao desenvolvimento da indústria audiovisual nacional, como pioneira na realização de laboratórios de desenvolvimento de roteiro no Brasil, além de realizadora do Rio2C e do Laboratório Novas Histórias, que acontecem anualmente.

Foram inscritas na quarta edição do Prêmio ABRA um total de 440 obras televisivas e cinematográficas estreadas em circuito comercial em território nacional no ano passado. Já na categoria Roteirista do Ano, a diretoria da Associação juntamente com os GTs (grupos de trabalho de equidade de raça, gênero, LGBTQ+ e Regional) indicou cinco finalistas que tiveram grande destaque em 2019. São eles: Carol Rodrigues, expoente de Escola de Gênios e da 3a e 4a temporadas (Globo Play), da série 3% (Netflix), e dos curtas A felicidade delas (2019) e Mãe não chora (2019); Cleissa Regina Martins, autora-roteirista do especial de fim de ano "Juntos a Magia Acontece", (Globo); Gabriel Martins, roteirista de longas como “No Coração do Mundo”, “Alemão”, “O Nó do Diabo” e sócio-fundador da produtora mineira Filmes de Plástico, Luh Maza, roteirista da série "Sessão de Terapia", e a roteirista e diretora Rosane Svartman, criadora da novela “Bom Sucesso” (Globo) em 2019.

Além do troféu do Prêmio ABRA, o(a) Roteirista do Ano receberá também o Prêmio Paradiso, oferecido pelo Projeto Paradiso, e será convidado para um encontro virtual de até 2h com roteiristas em formação de carreira para trocas de experiências.

A ABRA considera as produções cujos roteiros são de autoria ou coautoria de roteiristas brasileiros. As produções indicadas seguem especificações: filmes de longa-metragem de ficção (originais ou adaptações), de longa-metragem de documentário, séries e minisséries de ficção, documentais e reality, esquetes e variedades, novelas, curtas-metragens, filmes e séries voltados ao público infantil / infanto-juvenil, além das duas novas categorias incluídas este ano – longa-metragem de comédia e série de comédia.

O Prêmio ABRA de Roteiro tem a finalidade de valorizar os autores-roteiristas e ressaltar a importância do roteiro na cadeia de produção da indústria audiovisual nacional. Os premiados são escolhidos pelos próprios membros da associação, em dois turnos de votação.

Serviço:

4º Prêmio ABRA de Roteiro (transmissão online)

Data: 30 de outubro (sexta) às 20h30

Onde assistir: Canal de Youtube da ABRA (https://www.youtube.com/channel/UCVJSLC8HGFmXv72KJPuV_fA)

página no Facebook da ABRA (https://www.facebook.com/autoresroteiristas/)

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor