Atuação de Trump na pandemia é foco de debate entre candidatos a vice

Mike Pence e Kamala Harris foram evasivos nas respostas ontem à noite.

O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, e a candidata democrata ao cargo, Kamala Harris, duelaram sobre a atuação do governo do presidente Donald Trump na pandemia de coronavírus durante o debate entre ambos na noite de ontem, em um momento em que a Casa Branca se esforça para conter um surto que infectou Trump e dezenas de outras personalidades.

O encontro foi recheado de discussões sobre políticas e relativamente calmo, em forte contraste com caótico encontro da semana passada entre Trump e o candidato democrata, Joe Biden, marcado por uma série de interrupções do presidente e insultos pessoais de ambos os lados.

O diagnóstico de Covid-19 de Trump, a sua idade e a de Biden acrescentaram peso ao debate entre os postulantes a vice, já que tanto Pence, de 61 anos, quanto Harris, de 55, buscaram demonstrar que são capazes de assumir a presidência se necessário. Tanto Trump, de 74 anos, quanto Biden, de 77, se tornarão o presidente mais velho a tomar posse se vencerem em novembro.

Mas o duelo de quarta-feira não deve alterar a dinâmica de uma disputa na qual as pesquisas de opinião mostram Biden à frente a menos de quatro semanas da eleição de 3 de novembro. Os dois postulantes a vice foram evasivos ao responderem determinadas perguntas, se ativeram a determinados pontos e evitaram grandes gafes.

Harris, senadora pela Califórnia e ex-procuradora-geral do estado, imediatamente criticou a atuação de Trump em uma pandemia que já matou 210 mil pessoas nos EUA e devastou a economia do país.

"O povo americano testemunhou o maior fracasso de qualquer administração presidencial na história do país", disse ela no início do debate, realizado na Universidade de Utah, em Salt Lake City.

Na resposta, Pence culpou a China pela pandemia e elogiou os esforços do governo dos EUA para combater a doença, incluindo a decisão tomada por Trump no final de janeiro de restringir as viagens da China, então epicentro da pandemia.

"Quero que o povo americano saiba que desde o primeiro dia o presidente Donald Trump colocou a saúde da América em primeiro lugar", disse ele. "A China é responsável pelo coronavírus, e o presidente Trump não está feliz com isso", afirmou.

Os dois candidatos ficaram separados por 3,6 metros e por barreiras de acrílico, um lembrete sobre o vírus que provocou a maior crise de saúde pública mundial em um século.

 

Agência Brasil, com informações da Reuters

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Ministro quer acabar com a Ceitec e diz que 5G será mais barato que 4G

Faria convida Musk para construir fábrica de semicondutores no país e quer fechar estatal que produz o mesmo.

Plataforma online Bilibili teve aumento de 61% da receita no 3º tri

A plataforma chinesa de entretenimento online Bilibili reportou forte crescimento de receita no terceiro trimestre de 2021 com uma base de usuários em expansão....

Aplicativo do Bradesco calcula emissões de carbono dos correntistas

O aplicativo Bradesco está com uma nova funcionalidade criada pela Ambipar, empresa que atua com serviços e produtos voltados à gestão ambiental. Os clientes...

Últimas Notícias

Mercado corre do risco em momento de estresse

Se tem uma coisa que o mercado é previsível é com relação ao seu comportamento em momentos de estresse é aversão ao risco. “Nessa...

Petrobras: mais prazo de inscrição no novo Marco Legal das Startups

Interessados em participar do primeiro edital da Petrobras baseado no novo Marco Legal das Startups (MSL) poderão inscrever-se até o dia 12 de dezembro....

Canal oficial para investidor pessoa física na B3

A partir desta sexta-feira, a nova área logada do investidor da B3, lançada em junho, passa a ser o canal que centraliza todas as...

Fitch Ratings atualiza metodologia de Rating de Seguros

A Fitch Ratings, agência de classificação de risco, publicou nesta sexta-feira relatório de atualização de sua Metodologia de Rating de Seguros. Segundo a agência,...

STF desbloqueia bens de Lula

Por maioria de três votos a um, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, nesta sexta-feira, desbloquear os bens do ex-presidente Lula...