A agenda interina

Como esta coluna já mostrou, a agenda do presidente interino, Michel Temer, é mais notável pelas lacunas do que pelos compromissos. No último dia 28, a agenda oficial era uma viagem ao Paraná, para a inauguração da fábrica da Klabin em Ortigueira, e retorno a Brasília às 15h20, último compromisso do dia. Mas à noite Temer foi homenageado em um jantar oferecido pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) João Otávio de Noronha. A colunista da Folha Mônica Bergamo revela que lá estavam figuras tarimbadas nos encontros fora de pauta com o presidente em exercício: o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes, o senador Aécio Neves (PSDB) e o ministro José Serra. De novo, o ministro Dias Toffoli, também do Supremo.

Em encontros noturnos mais reservados, Temer recebeu no Palácio do Jaburu, em finais de semana, Gilmar Mendes, Aécio Neves e até Eduardo Cunha, presidente afastado da Câmara que nem pode frequentar o Congresso, a não ser para se defender. A visita de Cunha foi cercada de sigilo; descoberta por jornalistas, em um primeiro momento foi negada, mas o Planalto acabou tendo que confirmá-la. Após o encontro, começou-se a articular uma saída para o presidente afastado da Câmara, dando seguimento ao “acordão” denunciado por esta coluna. O PSDB passou a admitir preservar o mandato de Cunha, assim como os partidos aliados de Temer já não escondem que não pretendem condená-lo (e ninguém veja isto como um agradecimento ao deputado por ter levado adiante o processo de impeachment; antes, é temor de uma explosiva delação premiada).

Em uma época em que tanto se cobra transparência e governança, a agenda de Temer se mantém no lado negro da força.

Onde está o fiscal?

As muitas fases da Operação Lava Jato até agora pouparam os Tribunais de Contas, tanto o TCU quanto os estaduais. Será que as centenas de obras superfaturadas, conluios, cartéis, aumentos de preço e propinas passaram despercebidas pelos órgãos que deveriam fiscalizar as licitações e o bom andamento das obras públicas?

Vida que segue

Estão abertas as inscrições para o Programa Internacional Trainee AG 2017, do grupo Andrade Gutierrez. As inscrições vão até 31 de agosto e estão disponíveis para candidatos de todas as formações acadêmicas. Os interessados devem se cadastrar pelo site www.traineeag.com.

Em sua sexta edição, busca jovens “recém-formados e com grande potencial de crescimento profissional. Pessoas ambiciosas, criativas, ousadas e que tenham mobilidade no Brasil e no mundo que queiram construir uma trajetória profissional na empresa”. Mas sem perder de vista a governança, jamais…

Fumaça

A 2ª Câmara do Conar, que em tese fiscaliza desvios na publicidade, deve julgar no dia 14 as reclamações contra os comerciais sobre o contrabando de cigarros. “Propagandas televisivas de cigarros estão proibidas desde 1º de janeiro de 2001, e aspectos acessórios sobre o produto não poderiam ser veiculados na TV aberta e na TV por assinatura”, reclama a Associação Mundial Antitabagismo (AmataBr).

Anjos

A “escada progressiva”, uma espécie de escalonamento para a quitação do tributo para aquelas pequenas empresas que apresentem um aumento de faturamento, é um dos pontos do projeto de lei aprovado pelo Senado que atualiza regras do Simples Nacional destacados por Marcelo Morais, advogado da Fecomércio MG.

É uma forma de reduzir o impacto nos casos em que há uma alteração da alíquota”, explica.

Outro ponto importante no PLC é a criação dos “investidores anjos”. Basicamente, as empresas do Simples poderão receber aporte de recursos dessas instituições, mas mantendo o seu capital social. Ou seja, não perdem os benefícios do sistema simplificado. Como houve alterações, a matéria voltará para a análise da Câmara dos Deputados.

Super Bolsa Miami

Com o governo jogando para valorizar o real – buscando reduzir a inflação ao mesmo tempo em que a especulação se fortalece – os brasileiros voltam aos gastos na Flórida. No condomínio em construção Three Hundred Collins, 21% dos compradores são brasileiros que buscam casa de férias ou querem se mudar para Miami, segundo a imobiliária JHM.

Observatório

Quem quiser ajudar a rede Observatório Social do Brasil (OSB), que fiscaliza a aplicação de recursos em 110 municípios, onde vivem 30 milhões de brasileiros, pode fazer doações de R$ 15 a R$ 10 mil, de 29 de junho a 29 agosto.

O objetivo da campanha, que está no site Kickante, é arrecadar R$ 100 mil, para que cidadãos voluntários trabalhem pela coletividade. Mais informações em www.osbrasil.org.br/participe

Rápidas

Controles Internos/Coso é tema de curso em 15 de agosto, de 9h30 às 17h30, no Ibef-Rio. Mais informações: (21) 2217-5566 *** O Twitter anunciou a adoção da licença paternidade de 20 semanas para os seus funcionários no Brasil, mesmo período de afastamento do trabalho que têm as mães. A iniciativa também é válida também para casos de adoção. O programa teve início nos EUA em maio deste ano *** O economista Marcos Coimbra concedeu entrevista ao programa Patriotas Indignados, do brigadeiro Ércio Braga. Disponível em: http://bit.ly/pi_pgm1_p1

Artigo anteriorRede de fiscais do bem
Próximo artigoCusto ortodoxo
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Inflação e PIB expõem falácia do Teto dos Gastos

‘Faz sentido?’, pergunta Paulo Rabello. ‘Claro que não’.

Mirem-se nos exemplos da Shell e da Exxon

Petrobras é fundamental para o desenvolvimento brasileiro.

Governo pode – e deve – controlar progresso tecnológico

Tecnologias transformadoras do século 20 não teriam sido possíveis sem liderança do Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Preço do diesel avança pelo quarto mês consecutivo

Combustível ultrapassou R$ 4 em fevereiro e os dois tipos, comum e S-10, registraram valores acima de todos os meses de 2020.

Antítese da véspera

Ontem o dia foi completamente diferente da terça-feira, em que começamos o dia raivosos, suavizando mais tarde.

Rio fecha bares à noite e adota toque de recolher

Bares e restaurantes agora só podem funcionar das 6 às 17h; em SP, diretor do Butantan defende que estado seja colocado em fase mais restritiva.

PEC emergencial e pedidos por seguro-desemprego

Mercados europeus fecharam mistos na quarta-feira; indicadores da Zona do Euro tiveram desempenho acima do esperado.

Setor de eventos terá parcelamento e isenção de impostos

Projeto foi aprovado pela Câmara e segue para o Senado.