A boiada foi pro brejo

Salles ficou marcado pela reunião ministerial no Planalto em que uniu oportunismo com falta de sensibilidade.

Ricardo Salles deixa o Ministério do Meio Ambiente por seus próprios deméritos, da mesma forma que lá chegou. Alvo de dois inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF), também foi investigado – e condenado em primeira instância – em São Paulo por abordagem heterodoxa na área ambiental. Além disso, seu Imposto de Renda exibiu uma contabilidade criativa que permitiu multiplicar por dois o valor de um imóvel.

Não faltará quem diga que a Operação Akuanduba, deflagrada pela Polícia Federal (PF) e que atingiu severamente o agora ex-ministro, teve início nos Estados Unidos. Para esses, Salles contrariava os interesses estrangeiros na Amazônia travestidos de políticas ambientais. Usando uma imagem do Rio de Janeiro, não será a milícia que combaterá o tráfico de drogas. A cobiça de outros países não será combatida apoiando grileiros, madeireiros e garimpeiros.

Salles ficou marcado pela reunião ministerial no Planalto em que uniu oportunismo com falta de sensibilidade ao propor “aproveitar” a pandemia para “passar a boiada”. O boi do ex-ministro foi para o brejo. Mas há poucas esperanças de que seu sucessor, antigo integrante da Sociedade Rural Brasileira (SRB), fará diferente. Afinal, o chefe é quem manda, e os demais obedecem.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Petrobras confirma desabastecimento para novembro

Estatal justifica usando o termo 'demanda atípica' de pedidos de fornecimento.

Anúncio do substituto do Bolsa Família é adiado

Promessa de Bolsonaro fez dólar comercial disparar e a bolsa de valores recuar mais de 3%.

Senado aprova auxílio-gás que barateia em 50% botijão de 13Kg

Pagamento do benefício será feito preferencialmente à mulher responsável pela família.

Últimas Notícias

Petrobras confirma desabastecimento para novembro

Estatal justifica usando o termo 'demanda atípica' de pedidos de fornecimento.

Anúncio do substituto do Bolsa Família é adiado

Promessa de Bolsonaro fez dólar comercial disparar e a bolsa de valores recuar mais de 3%.

Senado aprova auxílio-gás que barateia em 50% botijão de 13Kg

Pagamento do benefício será feito preferencialmente à mulher responsável pela família.

RJ: R$ 7 bi em cultura, ciência e tecnologia e esporte e lazer

RJ: R$ 7 bi em cultura, ciência e tecnologia e esporte e lazer é consequência do fato de a Comissão de Orçamento da Assembleia Legislativa...

Mesmo com crise modelo de privatização da Eletrobras é aprovado

Empregados e aposentados da estatal terão prioridade para comprar 10% das ações.