A China se tornou o maior fornecedor de vacinas entre todos os países

A China forneceu mais de 2 bilhões de doses de vacinas contra COVID-19 para mais de 120 países e organizações internacionais até o dia 26 de dezembro, tornando-se o maior fornecedor de vacinas entre todos os países, disse o Conselheiro de Estado e Ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, na quinta-feira.

Membros da equipe entregam vacinas chinesas contra COVID-19 em um aeroporto em Manágua, Nicarágua, 24 de dezembro de 2021. (Xinhua / Xin Yuewei)

Xinhua - Silk Road

 

BEIJING, 30 Dez (Xinhua) – A China forneceu mais de 2 bilhões de doses de vacinas contra COVID-19 para mais de 120 países e organizações internacionais até o dia 26 de dezembro de 2021, tornando-se o maior fornecedor de vacinas entre todos os países, disse o Conselheiro de Estado e Ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, na quinta-feira.

Wang fez os comentários em uma entrevista à Agência de Notícias Xinhua e ao China Media Group sobre a situação internacional e a diplomacia da China em 2021.

“Ao mesmo tempo em que mantém o vírus sob controle interno, a China se comprometeu, desde o início, a ajudar outras pessoas afetadas pelo vírus”, disse Wang.

A China começou com assistência humanitária de emergência global, dando início à primeira metade da campanha internacional contra o coronavírus com foco no fornecimento de suprimentos de emergência, afirma ele.

De acordo com Wang, até agora, a China forneceu cerca de 372 bilhões de máscaras, mais de 4,2 bilhões de roupas de proteção e mais de 8,4 bilhões de kits de teste para a comunidade internacional.

“Uma em cada duas vacinas contra COVID-19 administradas em todo o mundo é fabricada na China. Para muitos países, especialmente os países em desenvolvimento, o primeiro lote de vacinas e a maioria das vacinas que receberam veio da China”, disse ele, acrescentando que isso distingue a China de certos países que apenas fazem promessas vazias.

Não muito tempo atrás, o presidente chinês Xi Jinping anunciou que a China fornecerá mais 1 bilhão de doses de vacinas contra COVID-19 para a África, incluindo 600 milhões de doses como doação. Wang disse que isso ajudará os países africanos a alcançarem a meta estabelecida pela União Africana de vacinar 60% da população africana até 2022.

Wang ainda pronunciou que a China também doará 150 milhões de doses adicionais aos países da ASEAN (Associação de Nações do Sudeste Asiático). A China apoia empresas chinesas na transferência de tecnologias para países em desenvolvimento e lançou a produção conjunta de vacinas com 20 países.

“A China não fez nada disso por interesse geopolítico, e a China não vinculou quaisquer conveniências políticas a essas atitudes. Em vez disso, estamos tomando ações concretas para ajudar a construir uma grande muralha de imunização para todos e uma proteção à saúde para os países em desenvolvimento “, disse ele. Fim

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

CMOC gastará US$ 1,826 bilhão no projeto de KFM em Congo

O CMOC Group Limited (603993.SH, 03993.HK) anunciou nesta quinta-feira que investirá cerca de 1,826 bilhão de dólares na fase I do desenvolvimento do projeto da mina de cobre-cobalto de Kisanfu (KFM), na República Democrática do Congo (RDC).

Banco central da China injeta liquidez via recompra reversa

O Banco Central da China injetou nesta sexta-feira 10 bilhões de yuans (cerca de 1,5 bilhões de dólares) de recompra reversa, visando manter a liquidez do sistema bancário.

O mercado de pequenos artigos chineses é inaugurado em Dubai

O mercado de Yiwu, um centro de compras para pequenas mercadorias chinesas, foi inaugurado nesta quinta-feira em Dubai, oferecendo uma alternativa de mercado para compradores estrangeiros adquirirem produtos fabricados na China, informou Chinanews.com.

Últimas Notícias

Diminuem os homicídios, mas ainda há muito a se fazer

Por Dirceu Cardoso Gonçalves.

Ford Brasil: Centro global de exportação de serviços de engenharia

Projetos de ponta voltados ao futuro da mobilidade, como veículos elétricos, autônomos e conectados. 

Senado vai analisar vetos na Lei Aldir Blanc

Existe uma fila de 36 vetos aguardando votação dos senadores e deputados

Caixa: desconto de até 44% para regularizar penhor em atraso

As unidades com serviço de penhor disponível podem ser consultadas no site da Caixa

Índice de Preços ao Produtor (IPP) sobe 1,83% em maio

Das 24 atividades analisadas, 21 tiveram alta de preços