A crise está longe de acabar

A conclusão do processo de impeachment não estanca a crise política, econômica e social que se agravou nos últimos dois anos. A confirmação de Michel Temer na Presidência da República não lhe confere a legitimidade que só as urnas dão. Além disso, no Congresso, terá que negociar com os parlamentares caso a caso, o que, apesar de ser uma barganha a que está acostumado, terá alto custo – em todos os sentidos.

As propostas da equipe econômica agravarão o quadro, tanto por não atacar os problemas de curto prazo, mas, principalmente, por tentar impor uma agenda de longo prazo que representa uma ruptura com o pacto social, bem ou mal, em vigor. Apostar na credibilidade para recuperar a economia é uma ingenuidade que nem o ministro Henrique Meirelles cometeria. Por enquanto, os poucos sinais positivos – ou menos negativos – advêm da abertura do caixa da União (renegociação das dívidas estaduais e liberação de emendas, ambos para cimentar o caminho do impeachment) e da queda na cotação do dólar (o real foi a moeda que mais se valorizou no ano). A política cambial pode liquidar um dos poucos focos de melhora nos dois últimos anos, que foi a redução do desequilíbrio das contas externas.

A valiosa simpatia da grande mídia não é suficiente para esconder a reprovação às propostas antipopulares de Temer. Mesmo com todo o apoio dos jornalões, o governo está na defensiva, sendo obrigado a desmentir propostas que nem mesmo ele teria coragem de fazer. Sem a saída pelas urnas, restaria a negociação de um novo concerto social – algo que não está no limitado horizonte do Planalto.

Golpistas

A reação irada que Temer exige de seus ministros, que devem rebater a acusação de que o impeachment foi um golpe com a frase “golpista é você”, mostra que a imagem que o PT conseguiu emplacar no Brasil e lá fora persegue o novo presidente.

DEM no comando

Michel Temer mal vai sentir o gosto de sentar de forma definitiva na cadeira presidencial. Com a viagem à China, para a reunião de cúpula do G20, assume o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), filho do ex-prefeito do Rio e atual vereador Cesar Maia – que, um dia, almejou ele próprio o comando do país.

Simbólico é ver o DEM (sucessor do PFL, que sucedeu o PDS, que e seguiu à Arena) no posto mais alto do Brasil.

Rumo

Do economista Carlos Lessa, em entrevista à Revista do Brasil: “O Brasil está crescendo em que direção? Para onde? Para ser celeiro do mundo ou para ser uma pátria sem fome? O Brasil está dando prioridade para quê? Para que cada família tenha um poder de compra mínimo para sua dignidade? Isso significa gerar empregos para os brasileiros.”

Como destacou o gato de Alice no País das Maravilhas, se você não sabe para onde ir, qualquer caminho serve.

Alívio

Interrupção de energia em Furnas, prejudicando o Rio de Janeiro, nesta quarta-feira, dois dias após falha no fornecimento no Centro-Oeste e Norte. Estivesse Dilma ainda no poder, a mídia já estaria aos berros criticando o “apagão”.

Jogue limpo

Levantamento sobre resíduo eletrônico no Brasil mostra que São Paulo encabeça a lista dos maiores geradores deste tipo de lixo, com cerca de 448 mil toneladas ao ano. O Rio de Janeiro figura na segunda posição, com aproximadamente 165,2 mil toneladas do material, seguido por Minas Gerais, com 127,4 mil toneladas anuais.

De acordo com o presidente da Associação Brasileira de Empresas de Tratamento de Resíduos e Efluentes (Abetre), Carlos Fernandes, a logística reversa para o resíduo eletrônico no Brasil ainda esbarra em inúmeros entraves que impedem o seu avanço efetivo. Segundo Fernandes, ainda não há no país um grande acordo setorial para a destinação desse material, como foi feito, por exemplo, com as embalagens de óleo e os pneus.

Neste último caso, o acordo setorial fez surgir a ONG Reciclanip e já garantiu a coleta de cerca de mil toneladas do produto inservível, em quase 900 pontos de recebimento espalhados em 26 estados. Em relação às embalagens de óleo, os principais fabricantes assinaram em 2012 o primeiro acordo setorial perante o Ministério do Meio Ambiente. Posteriormente, criaram a entidade gestora do programa de logística reversa de embalagens de óleo lubrificantes, denominada Instituto Jogue Limpo.

Buraco sem fundo

O déficit orçamentário dos Estados Unidos ao final deste ano fiscal deve chegar a US$ 600 bilhões, segundo o Governo Obama, o que representa uma alta de US$ 162 bilhões em relação ao de 2015.

Quem é quem

O presidente do Supremo, Ricardo Lewandowski, chamou Miguel Reale Jr. de jurista; até o senador Cássio Cunha Lima mereceu o epíteto. Janaína Pachoal foi citada pelo ministro como “advogada”.

Rápidas

Operações Estruturadas e Project Finance em Energia é o curso que o Ibef-Rio realiza em 9 de setembro. Mais informações: (21) 2217-5565 *** O Instituto Internacional de Psicologia Positiva (IIPsi+), coordenado pela psicóloga Monica Portella, criou plataforma de ensino a distância (http://psicologiapositiva.eadbox.com/) para cursos como Metas, Resiliência, Autoconfiança, Otimismo e Controle do Estresse.

Artigo anteriorCom TTIP, esqueça multa à Apple
Próximo artigoGolpe baixo
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Salário mínimo baixo, gasto do Estado alto

Nos EUA, assistência a trabalhadores que ganham pouco custa US$ 107 bi por ano ao governo.

Privatização da Eletrobras aumentará tarifa em 17%

Estatal dá lucro e distribuiu R$ 20 bi em dividendos para a União.

Dois mitos sobre a Petrobras

Mídia acionada pelo mercado financeiro abusa de expedientes que ataca quando usados por bolsonaristas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Presidente do Banco do Brasil joga a toalha

Centrão tem interesse no cargo.

Imóveis comerciais tiveram estabilidade em janeiro

Nos últimos 12 meses, entretanto, preços de venda e locação do segmento acumulam quedas de 1,32% e 1,18%, respectivamente.

Contas públicas têm superávit de R$ 58,4 bilhões em janeiro

Dívida bruta atinge 89,7% do PIB, o maior percentual da história.

Presidente do Inep é exonerado do cargo

Medida foi publicada no Diário Oficial de hoje; até o momento, não foi anunciado o nome de quem o substituirá.

Primeiro caso de Covid-19 no Brasil completa um ano

Brasil tem novo recorde de mortes diárias, diz Fiocruz; boletim informa que houve ontem 1.148 mortes.