É a economia, estúpido!

O marketing da recuperação da economia não convenceu a população. A pesquisa CNT/MDA divulgada nesta...

O marketing da recuperação da economia não convenceu a população. A pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira mostra que 65,4% consideram que o país permanece em crise econômica; para 28,6%, começa a sair da crise; 3,1% moram em Marte ou são parte da elite financeira e do funcionalismo, porque avaliam que o Brasil não esteve em crise. Em relação ao ano passado, 46,5% se sentem mais otimistas sobre a geração de novas vagas de emprego no Brasil; 38,3% se sentem mais pessimistas. Ânimo à parte, 28,9% acham que o emprego vai melhorar; 31%, piorar; e 37,9%, vai ficar igual. No caso da renda, pior ainda: 54,1% acham que nada mudará. Saúde, educação e segurança pública seguem a mesma balada, com a maioria acreditando que vai piorar ou, no máximo, ficar igual ao ano passado.

O quadro pintado pela pesquisa mostra que será uma tarefa hercúlea, para não dizer impossível, algum candidato ligado ao governo decolar nas eleições. Rodrigo Maia esforça-se para ficar afastado, algo difícil para quem patrocinava a natimorta Reforma da Previdência. Henrique Meirelles, o executor dos cortes e fiador da recessão, nem se fala. Alckmin deverá ser aconselhado a deixar de lado as bandeiras reformistas e se concentrar na imagem de gestor – abalada pelo PCC e pelas recentes denúncias contra operadores tucanos.

 

Sem terra

Quase passou despercebida a notícia levantada pelo UOL: em 2017, primeiro ano inteiro sob a presidência de Temer, o Brasil não assentou nenhuma – repita-se, nenhuma – família no campo. E ainda tinha gente que dizia que a deposição de Dilma Rousseff não significaria cortes nos direitos sociais.

 

Sigilo

Pela lei, ninguém é obrigado a fornecer a senha de seu celular à polícia em eventual abordagem, alerta o advogado criminalista Luiz Augusto Filizzola D’Urso. Recentemente, os ministros da 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça, decidiram, por unanimidade, em julgamento do habeas corpus 89.981, que o acesso a conversa do WhatsApp não autorizado pela justiça, para obtenção de prova, é ilegal.

Luiz Augusto, que é presidente da Comissão de Estudos de Cibercrimes da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas (Abracrim), pondera que “esta decisão deve servir de parâmetro para todos os casos nos quais tenha ocorrido o acesso não autorizado judicialmente aos celulares”.

 

Zzzzz

De acordo com a Sociedade Brasileira de Neurofisiologia, 45% dos brasileiros dormem mal, 32% demoram muito tempo para iniciar o sono, e 52% das pessoas acordam cansadas. A pesquisa foi feita com 22.518 pessoas.

Segundo a coordenadora do curso de Psicologia da Anhanguera de Pelotas, Cynthia Yurgel, devido ao ritmo acelerado do dia a dia, o descanso de oito horas por dia se torna um desafio para grande parte das pessoas.

A docente do curso de Psicologia da Anhanguera de Joinville, Renata Poiski, relata que a insônia pode acarretar em prejuízos no funcionamento geral do indivíduo, afetando a capacidade física, de atenção, memória, concentração e humor. Dessa forma, quando a insônia for constante, é necessário uma avaliação profissional.

 

Megasena

Frase ferina do jornalista Luis Nassif: “O maior aliado dos tucanos no Supremo continua sendo o algoritmo”, ironizando que os principais processos contra os integrantes do alto escalão do PSDB sempre são sorteados para o ministro Gilmar Mendes, grande emissor de habeas corpus e dedicado analista dos processos, com os quais costuma ficar por longo tempo.

Paulo Preto, operador dos tucanos paulistas, conta com o STF para que seu processo tramite na Casa e não no juizado de piso. A decisão está com… Gilmar Mendes.

 

Rápidas

Em comemoração ao Mês da Mulher, a Clínica Leve Saúde, na Tijuca, realiza no dia 29, das 10h às 12h, um evento gratuito com palestras sobre varizes, alimentação saudável, prevenção ao câncer de mama e cuidados com a pele. Inscrições: (21) 3952-4800 *** Os pesquisadores do Ibre Silvia Matos, Armando Castelar, Bráulio Borges e Samuel Pessôa, além do professor da FGV EAESP, Fernando Abrucio, vão debater como os indicadores macroeconômicos podem influenciar nas eleições e vice-versa. O I Seminário de Análise Conjuntural de 2018 ocorre nesta quinta-feira, em São Paulo. Informações: http://portalibre.fgv.br *** A rede de franquias Yes! Idiomas prevê crescimento de 30% em 2018, alcançando a marca de 200 unidades em todo o Brasil. Os principais alvos são o interior de São Paulo e as regiões Nordeste e Centro-oeste.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Bolsonaro invade TV Brasil

Programação foi interrompida 208 vezes em 1 ano para transmissão ao vivo com o presidente.

FMI: 4 fatores ameaçam inflação

Fundo acredita que preços deem uma trégua no primeiro semestre de 2022, mas...

Pandora Papers: novos atores nos mesmos papéis

Investigação mostra que pouco – ou nada – mudou desde 2016.

Últimas Notícias

Dívida de países pobres vai a US$ 860 bi e bate recorde em 2020

Estudo do Banco Mundial revela que alguns países chegaram a notar um aumento de 20% na dívida externa; em Angola e Moçambique, dívida aumentou...

Fome aumenta no mundo no Dia da Alimentação

No Dia Mundial da Alimentação, secretário-geral ressalta apelo à ação global para garantir segurança alimentar; mensagem sobre a data realça que cerca de 40%...

Rio Indústria apoia lei que facilita criação de novos negócios

Em audiência pública realizada nesta quinta-feira (14), na Câmara Municipal do Rio, sobre o Projeto de Lei Complementar nº 43/2021 que regulamenta a Declaração...

Servidor pode ter recomposição de 23% do salário

“Essa medida representa um impacto de receita anual estimado em R$ 6 bilhões", diz Luiz Paulo.

Leilão de Excedentes da Cessão Onerosa terá sucesso?

Após a realização da 17ª Rodada de Licitações de Blocos para exploração e produção de petróleo e gás natural no último dia 7, considerado...