É a economia, estúpido!

O marketing da recuperação da economia não convenceu a população. A pesquisa CNT/MDA divulgada nesta...

O marketing da recuperação da economia não convenceu a população. A pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira mostra que 65,4% consideram que o país permanece em crise econômica; para 28,6%, começa a sair da crise; 3,1% moram em Marte ou são parte da elite financeira e do funcionalismo, porque avaliam que o Brasil não esteve em crise. Em relação ao ano passado, 46,5% se sentem mais otimistas sobre a geração de novas vagas de emprego no Brasil; 38,3% se sentem mais pessimistas. Ânimo à parte, 28,9% acham que o emprego vai melhorar; 31%, piorar; e 37,9%, vai ficar igual. No caso da renda, pior ainda: 54,1% acham que nada mudará. Saúde, educação e segurança pública seguem a mesma balada, com a maioria acreditando que vai piorar ou, no máximo, ficar igual ao ano passado.

O quadro pintado pela pesquisa mostra que será uma tarefa hercúlea, para não dizer impossível, algum candidato ligado ao governo decolar nas eleições. Rodrigo Maia esforça-se para ficar afastado, algo difícil para quem patrocinava a natimorta Reforma da Previdência. Henrique Meirelles, o executor dos cortes e fiador da recessão, nem se fala. Alckmin deverá ser aconselhado a deixar de lado as bandeiras reformistas e se concentrar na imagem de gestor – abalada pelo PCC e pelas recentes denúncias contra operadores tucanos.

 

Sem terra

Quase passou despercebida a notícia levantada pelo UOL: em 2017, primeiro ano inteiro sob a presidência de Temer, o Brasil não assentou nenhuma – repita-se, nenhuma – família no campo. E ainda tinha gente que dizia que a deposição de Dilma Rousseff não significaria cortes nos direitos sociais.

 

Sigilo

Pela lei, ninguém é obrigado a fornecer a senha de seu celular à polícia em eventual abordagem, alerta o advogado criminalista Luiz Augusto Filizzola D’Urso. Recentemente, os ministros da 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça, decidiram, por unanimidade, em julgamento do habeas corpus 89.981, que o acesso a conversa do WhatsApp não autorizado pela justiça, para obtenção de prova, é ilegal.

Luiz Augusto, que é presidente da Comissão de Estudos de Cibercrimes da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas (Abracrim), pondera que “esta decisão deve servir de parâmetro para todos os casos nos quais tenha ocorrido o acesso não autorizado judicialmente aos celulares”.

 

Zzzzz

De acordo com a Sociedade Brasileira de Neurofisiologia, 45% dos brasileiros dormem mal, 32% demoram muito tempo para iniciar o sono, e 52% das pessoas acordam cansadas. A pesquisa foi feita com 22.518 pessoas.

Segundo a coordenadora do curso de Psicologia da Anhanguera de Pelotas, Cynthia Yurgel, devido ao ritmo acelerado do dia a dia, o descanso de oito horas por dia se torna um desafio para grande parte das pessoas.

A docente do curso de Psicologia da Anhanguera de Joinville, Renata Poiski, relata que a insônia pode acarretar em prejuízos no funcionamento geral do indivíduo, afetando a capacidade física, de atenção, memória, concentração e humor. Dessa forma, quando a insônia for constante, é necessário uma avaliação profissional.

 

Megasena

Frase ferina do jornalista Luis Nassif: “O maior aliado dos tucanos no Supremo continua sendo o algoritmo”, ironizando que os principais processos contra os integrantes do alto escalão do PSDB sempre são sorteados para o ministro Gilmar Mendes, grande emissor de habeas corpus e dedicado analista dos processos, com os quais costuma ficar por longo tempo.

Paulo Preto, operador dos tucanos paulistas, conta com o STF para que seu processo tramite na Casa e não no juizado de piso. A decisão está com… Gilmar Mendes.

 

Rápidas

Em comemoração ao Mês da Mulher, a Clínica Leve Saúde, na Tijuca, realiza no dia 29, das 10h às 12h, um evento gratuito com palestras sobre varizes, alimentação saudável, prevenção ao câncer de mama e cuidados com a pele. Inscrições: (21) 3952-4800 *** Os pesquisadores do Ibre Silvia Matos, Armando Castelar, Bráulio Borges e Samuel Pessôa, além do professor da FGV EAESP, Fernando Abrucio, vão debater como os indicadores macroeconômicos podem influenciar nas eleições e vice-versa. O I Seminário de Análise Conjuntural de 2018 ocorre nesta quinta-feira, em São Paulo. Informações: http://portalibre.fgv.br *** A rede de franquias Yes! Idiomas prevê crescimento de 30% em 2018, alcançando a marca de 200 unidades em todo o Brasil. Os principais alvos são o interior de São Paulo e as regiões Nordeste e Centro-oeste.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Montadoras não vieram; demissões, sim

Promessas de Doria e Bolsonaro para fábrica da Ford não passaram de conversa para gado dormir.

Ganhos de motoristas de app desabam

Renda média é de pouco mais de 1,5 salário mínimo.

Lei determina que estatais respeitem interesse público

Acionistas da Petrobras sabem que ela tem obrigações e bônus por ser de economia mista.

Últimas Notícias

Português é o idioma mais procurado para trabalhos em NY

De acordo com o Instituto Camões, a língua portuguesa é a quarta mais falada no mundo, com 260 milhões de pessoas.

Metrô: Estação Presidente Vargas vai se chamar Saara

PL segue para segue para o governador Cláudio Castro, que tem 15 dias para sancionar ou vetar.

Mais um evento no Rio

Expectativa é receber cerca de mil empresas do setor de supermercados.

Check-up do acerto de contas com o Leão

Por Sandro Rodrigues