A insustentável irrelevância

Os resultados das pesquisas deixam os jornalões esgotados de raiva por verem que, por mais que batam em Lula e Bolsonaro, os dois candidatos seguem na liderança da corrida presidencial – e, no caso do ex-presidente, em crescimento. Não são poucas as armas: TVs, rádios, jornais, revistas, sites. Não conseguem, porém, influenciar a escolha da população.

Este divórcio entre a mídia conservadora e o público está na origem do declínio e da crise deste tipo de imprensa. A internet deu a opção desejada por aqueles que não confiam ou não se sentem atraídos pelo noticiário dos grandes grupos de comunicação.

Nesta terça, continuava a patética tentativa de desconstruir as pesquisas. Já que não se conseguiram atingir Lula, buscaram, os jornalões, diminuir a alternativa Fernando Haddad. Puxavam pela rejeição ao substituto petista, como se fosse o teto da herança de votos. Mas esconderam que todos os candidatos têm altos índices de rejeição, e que Haddad conta com 13% que afirmam que votariam certamente no escolhido por Lula, mais 14% que poderiam votar. Ou seja, o ex-prefeito de São Paulo tem potencial inicial de 27%, acima até de Bolsonaro.

 

Terrorismo, o retorno

Após a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva na eleição presidencial de 2002, e antes da posse, empresários inescrupulosos perpetraram terrorismo por meio de aumentos de preços injustificados e artificiais prejudicando diretamente os consumidores. Agora os terroristas usam o câmbio antes do pleito. Por isto o dólar foi cotado a R$ 4, como já havia alcançado na primeira eleição de Lula.

Há, na campanha de 2018, um componente a mais a puxar a especulação: o medo de Bolsonaro.

 

Receita

Da prisão, Lula mandou o recado: “Nosso Plano Emergencial para tirar o país da crise vai entrar em cena já na primeira semana de governo. E a receita é simples: emprego, crédito e renda. A partir de 1º de janeiro começamos a reconstrução desse país.”

 

Proteção na prática

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), instituída pelo PLC 53/2018 e que acaba de ser sancionada pelo presidente Michel Temer, exige diversas adequações na forma como os dados pessoais devem ser tratados dentro das organizações. Para auxiliar as empresas no processo de entendimento das mudanças exigidas pela lei, a Privally lançou o site https://estoupreparado.com.br/. No endereço, os empresários respondem a dez perguntas para saber se seu negócio está adequado às exigências da lei. Ao final do questionário, é dado o diagnóstico.

 

Sextas no Clube

O Clube de Engenharia, em parceria com outras entidades, realizará ciclo de palestras com professores do Programa de Pós-graduação em Economia Política Internacional, da UFRJ, todas as sextas, até novembro. A primeira, nesta semana, será com o professor Ricardo Figueiredo Summa. Os encontros ocorrerão na sede da Av. Rio Branco, 124/20º andar, no Centro do Rio.

 

Guido Rousseff

Comentário de leitor da coluna, que não nutre simpatias pelo PT: “A revista Veja publicou esta semana uma entrevista com Paulo Guedes, que fala tudo sobre o que pretende imprimir como diretriz econômica para a campanha presidencial de Bolsonaro). A conclusão a que cheguei: o guru econômico de Bolsonaro é uma espécie de cruzamento entre a ex-presidente Dilma e o Guido Mantega!”

 

Rápidas

O candidato ao Governo do Rio de Janeiro Marcelo Trindade faz palestra dia 28, 11h30, durante reunião do Conselho Diretor da ACRJ *** Capitalismo de laços, livro de Sergio Lazzarini que investiga as relações entre empresariado e governo no Brasil, será relançado pela Bei Editora, dia 29, no Insper (Quatá, 300, Vila Olimpia, São Paulo – SP) *** Sábado, o Passeio Shopping realizará a Feira de Adoção de Cães e Gatos, das 13h às 18h *** O Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), o TRF2 e o TRF4 realizarão, nestas quinta-feira e sexta-feira, o Seminário de Direito Eleitoral, com a participação dos ministros do TSE Admar Gonzaga Neto, Tarcísio Vieira de Carvalho Neto, Sérgio Silveira Banhos e Carlos Bastide Horbach. As inscrições podem ser feitas em www.trf2.jus.br *** Nesta quinta, a partir das 19h, o West Shopping apresenta show gratuito da cantora Jéssica Campos *** O V Simpósio de Processo Civil será realizado pelo Instituto dos Advogados do Rio Grande do Sul, em parceria com OAB/RS, em 24 de agosto. O tema central será sobre “Prova”.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Inflação e PIB expõem falácia do Teto dos Gastos

‘Faz sentido?’, pergunta Paulo Rabello. ‘Claro que não’.

Mirem-se nos exemplos da Shell e da Exxon

Petrobras é fundamental para o desenvolvimento brasileiro.

Governo pode – e deve – controlar progresso tecnológico

Tecnologias transformadoras do século 20 não teriam sido possíveis sem liderança do Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Preço do diesel avança pelo quarto mês consecutivo

Combustível ultrapassou R$ 4 em fevereiro e os dois tipos, comum e S-10, registraram valores acima de todos os meses de 2020.

Antítese da véspera

Ontem o dia foi completamente diferente da terça-feira, em que começamos o dia raivosos, suavizando mais tarde.

Rio fecha bares à noite e adota toque de recolher

Bares e restaurantes agora só podem funcionar das 6 às 17h; em SP, diretor do Butantan defende que estado seja colocado em fase mais restritiva.

PEC emergencial e pedidos por seguro-desemprego

Mercados europeus fecharam mistos na quarta-feira; indicadores da Zona do Euro tiveram desempenho acima do esperado.

Setor de eventos terá parcelamento e isenção de impostos

Projeto foi aprovado pela Câmara e segue para o Senado.