A Receita e os ricos que ganham R$ 1.951 por mês

Taxação de 0,5% extra sobre a riqueza criaria milhões de empregos e reduziria desigualdade.

Um estudo da Receita está sendo usado para rebater propostas de aumento das alíquotas de Imposto de Renda que visam uma melhor justiça fiscal. A Receita conseguiu colocar na categoria dos 20% mais ricos os brasileiros com renda domiciliar per capita mensal acima de R$ 1.951 (dados de 2018).

O grande problema neste tipo de recorte – como o de “10% mais ricos concentram 43% da renda total” – é que mistura faixas de ganhos muito distantes. Se o recorte for mais preciso, a classe média deixa o paraíso e as disparidades saltam aos olhos. Por exemplo, o IBGE mostra que o 1% mais rico da população brasileira, cerca de 900 mil pessoas, ganharam em 2019 R$ 28.659 por mês, ou cerca de 28% da renda.

Se a faixa for ainda mais estreita, a concentração fica cristalina. Tabela elaborada pelo economista Thales Nogueira, com dados de 2018 de Assouad, Chancel e Morgan, revela que o 0,001% mais rico tinha uma renda anual de 28,2 milhões (R$ 180 milhões!). Apenas 900 pessoas – dá para fazer uma relação com nome e CPF sem ocupar mais que 1 página do jornal.

Não é diferente no resto do mundo. Dados da ONG britânica Oxfam mostram que apenas 2.153 bilionários do planeta têm mais riqueza do que 4,6 bilhões de pessoas (60% da população mundial). E calcula a entidade que, se o 1% mais rico do mundo pagasse uma taxa extra de 0,5% sobre sua riqueza nos próximos 10 anos, seria possível criar 117 milhões de empregos em educação, saúde e assistência para idosos.

Essa é a receita – sem trocadilho.

 

Arraes

Cerca de 30 mil itens que compõem o acervo do advogado e ex-governador de Pernambuco por três vezes Miguel Arraes de Alencar (1916-2005) foram doados à Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) pelo Instituto Miguel Arraes. Nesta quarta-feira, são lembrados os 15 anos do falecimento do político nacionalista e 6 anos da morte de Eduardo Campos, seu neto.

Uns lutam sempre, esses são para sempre. É com emoção que recebemos esse importante acervo, de alguém que está no panteão dos heróis da pátria, junto de Joaquim Nabuco, Delmiro Gouveia e outros importantes acervos preservados pela Fundaj”, afirma o presidente da Fundação, Antônio Campos, que é neto de Arraes.

 

Telinha

A chinesa Hisense, de eletrônicos de consumo e eletrodomésticos, vai patrocinar o Paris Saint-Germain. Neymar, um dos astros do time francês, tem contrato no Brasil com a TCL, chinesa concorrente.

 

Lugar correto

O Monitor Mercantil adverte: máscara no queixo não protege contra o coronavírus, assim como deixar o nariz de fora. É como usar camisinha na carteira ou na bolsa.

 

Rápidas

Os consultores Luiz Affonso Romano e Clesio Landini estão ajudando profissionais em transição de carreira, aposentados e reformados a ingressarem na consultoria empresarial. Saibam mais aqui *** A Associação dos Embaixadores de Turismo do RJ e a Fundação Cesgranrio promovem exposição digital da artista plástica niteroiense Lu Valença. Os 18 quadros com temas femininos podem ser vistos no Face *** Os ministros do STF Luís Roberto Barroso e Cármen Lúcia participarão nesta terça, às 17h, do webinar “A defesa da democracia – seminário do Instituto dos Advogados Brasileiros e do Instituto Victor Nunes Leal em homenagem ao Dia do Advogado”, pelo canal TVIAB no YouTube *** Nesta quarta, às 10h30, a ACRJ apresentará palestra sobre “A cultura oriental no tratamento da saúde”, com Sohaku Bastos, presidente do Instituto Cultural Brasil-Japão. Inscrições no Zoom *** O IAG – Escola de Negócios da PUC-Rio acaba de lançar 15 cursos online de curta duração. Mais informações aqui *** Aasp fará nesta terça, 17h, “Sessões e audiência virtuais: realidade na pandemia ou vieram para ficar?”. Inscrições aqui *** Estão abertas as inscrições para a segunda edição do programa de aceleração de ideias e startups Founder Institute Goiânia Virtual 2020, até 23 de agosto *** O Conselho Regional de Administração (CRA-RJ) lançou a plataforma online gratuita ADM Perfil&Negócios para promover serviços profissionais e empresariais para registrados no Conselho.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Alta dos preços leva a aumento de protestos

Agitação em países onde manifestações eram raras preocupa FMI.

Montadoras não vieram; demissões, sim

Promessas de Doria e Bolsonaro para fábrica da Ford não passaram de conversa para gado dormir.

Ganhos de motoristas de app desabam

Renda média é de pouco mais de 1,5 salário mínimo.

Últimas Notícias

Câmara deve colocar em votação PL que desonera tarifas de energia

Em 2021, o Brasil passou pela pior crise hídrica em mais de 90 anos

Metodologia para participação de investidor estrangeiro

Serão considerados os dados de liquidação das operações realizadas no mercado primário nos sistemas da B3

Fitch eleva rating do Banco Sicoob para AA (bra)

Houve melhora do perfil de negócios e de risco da instituição

Petrobras Conexões para Inovação cria robô de combate a incêndio

Estatal: Primeiro no mundo adaptado para a indústria de óleo e gás