ABCD domina mercado de commodities

5647

Só 87 empresas controlam a cadeia produtiva do agronegócio no mundo

Quatro empresas dominam a importação e a exportação de commodities agrícolas: Archer Daniels Midland (ADM), Bunge, Cargill e Louis Dreyfus Company. Juntas elas são conhecidas como ABCD. As três primeiras são empresas norte-americanas; a Louis Dreyfus tem sua sede na capital holandesa, Amsterdã.
Todas as quatro foram fundadas entre 1818 e 1902. Com exceção da ADM, as corporações são controladas por suas famílias fundadoras. Comercializam, transportam e processam diversas commo-dities. Possuem navios oceânicos, portos, ferrovias, refinarias, silos, moinhos e fábricas. Juntas, representam 70% do mercado mundial de commodities agrícolas.
Os dados são do Atlas do Agronegócio, lançado nesta terça-feira. O relatório analisa a cadeia global da agricultura e a concentração do mercado. O atlas teve a sua primeira versão publicada na Alemanha em 2017. A edição brasileira é resultado da parceria entre a Fundação Heinrich Böll e a Fundação Rosa Luxemburgo, organizações alemãs com atuação aqui.
Trigo, milho e soja são as três principais matérias-primas agrícolas comercializadas globalmente. Em seguida, as outras commodities globais mais importantes são o açúcar, o óleo de palma e o arroz. Recentemente, a trader de grãos estatal chinesa Cofco alcançou o grupo ABCD e o substituiu como o principal comprador de milho e soja brasileiros. A participação da ABCD nas exportações brasileiras de grãos caiu de 46% em 2014 para 37% em 2015; a Cofco representou 45%.
Apenas 87 corporações com sede em 30 países dominam a cadeia produtiva do agronegócio em todo o planeta. São gigantes do setor de bebidas e carnes, como por exemplo, a Coca-Cola, a Am-Bev, a JBS e a Unilever. Mas empresas de tecnologia como a IBM, a Microsoft e a Amazon também são atraídas para a produção agrícola e o varejo de alimentos por áreas como big data (grande conjunto de manipulação de dados) e veículos inteligentes.
 

Espaço Publicitáriocnseg

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui