Abeoc Brasil faz 45 anos

Entidade faz campanha contra o #nãocancelamento dos eventos corporativos.

Neste sábado, dia 15, a Associação Brasileira de Empresas de Eventos – ABEOC Brasil, completa 45 anos de criação. A entidade, que tem uma longeva história de lutas e conquistas em prol do setor, ganha voz às vésperas de seu aniversário em campanha contra o #nãocancelamento dos eventos corporativos, feiras e congressos devido ao crescimento de contaminação pela variante Ômicron do coronavírus.
O chamamento começou com uma Carta Aberta divulgada para a imprensa e através das redes sociais em que a associação se posiciona contra uma nova paralisação do calendário, como diz esse trecho:
“Não podemos permitir revivermos março de 2020. Muito foi aprendido e demonstrado desde então para provar que eventos, como feiras e congressos, têm a organização e o controle necessários para garantir uma participação segura. Nestes quase dois anos, percorremos um longo caminho. Nos unimos em prol da sobrevivência do setor, nos mobilizamos pelo socorro através das medidas emergenciais, conquistamos espaço e voz.
Asseguramos através dos eventos-testes que trabalhamos duro para criar ambientes monitorados, propícios para os negócios, a capacitação, para dar visibilidade a marcas e produtos, e não para a contaminação. No pouco tempo que tivemos para a retomada do calendário fizemos a roda da economia voltar a girar, recompomos equipes e criamos novos postos de trabalho. E pasmem! Atestamos o que vínhamos bradando há meses sem descanso: Não tivemos aumento de casos por conta dos eventos corporativos.”
Agora, a ABEOC Brasil lançou a campanha #NÃOAOCANCELAMENTO nas suas redes, reafirmando o manifesto. Os cards confirmam o apoio do setor à vacinação e aos protocolos sanitários e listam os danos econômicos e sociais que podem advir de uma nova paralisação. “Feiras, congressos e eventos corporativos já provaram ser ambientes seguros”, finaliza o material.
“Nesses 45 anos enfrentamos inúmeras lutas, mas estes últimos dois anos, definitivamente, representam a mais acirrada”, disse a presidente da ABEOC nacional, Fátima Facuri. Ela aproveitou para agradecer aos fundadores, ex-presidentes, presidentes das regionais, associados, colaboradores e parceiros que contribuíram para fazer da entidade uma gigante para o setor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

ANP: Aprovadas as primeiras inscrições para oferta permanente

São 11 blocos em oferta, localizados na Bacia de Santos e Bacia de Campos

Marco regulatório: micro e minigeração distribuída de energia elétrica

Resultado da derrubada pelo Congresso Nacional, em julho, de dois vetos presidenciais ao PL 5829/19

Na violência contra a mulher, a empresa pode e deve meter a colher

Empresas devem investir em educação social junto aos colaboradores.

Últimas Notícias

BNDES: R$ 6,9 bi para construção da linha 6 do metrô de SP

Total previsto de R$ 17 bilhões financiados por um consórcio de 11 bancos

Área de oncologia movimenta R$ 50 bilhões no Brasil

Cerca de 625 mil novos casos de câncer são diagnosticados por ano

Títulos públicos prefixados: maiores rentabilidades de julho

Destaque ficou com os prefixados de vencimentos mais longos, representados pelo IRF-M1+

Economia prepara projeto para abrir fundos de pensão ao mercado

Em jogo, patrimônio de R$ 1 trilhão acumulado pelos fundos fechados de previdência.