Acima de R$ 5 mil

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Francisco Fausto, elogiou as mudanças na reforma da Previdência, mas considerou que a contribuição pelos inativos (de 11%) deveria afetar apenas quem ganha mais de R$ 5 mil. Fausto ressaltou que sua opinião quanto à taxação dos inativos está baseada no enfoque social e não no aspecto jurídico. Segundo o ministro, várias ações certamente serão levados ao Judiciário.

Fundo negociado
O presidente do TST disse que os juízes lutavam pela integralidade e pela paridade, duas reivindicações atendidas. Resta saber, na opinião do ministro, como ficará o futuro da magistratura quanto ao Fundo de Previdência fechada com contribuição definida, que está sendo instituído pela emenda. “Essa questão deverá ser equacionada por meio de um entendimento amplo entre magistrados, parlamentares e o Poder Executivo e espero que ela corresponda às expectativas do Judiciário”, finalizou.

Inteligente
A etiqueta inteligente deverá se tornar uma realidade em 2005. É a partir desta data que grandes fabricantes e varejistas internacionais, entre eles Wal-Mart, Gillette e Procter & Gamble, prevêem a adoção da sucessora do código de barras em paletes, caixas de embarque e produtos. O anúncio foi feito por Pat Rizzotto, vice-presidente de Global Customer Initiative da Johnson & Johnson, na palestra “Etiqueta inteligente – Visão de futuro”, no o 3º Congresso ECR Brasil, encerrado quarta-feira em São Paulo. “Com a tecnologia, a gerência da loja pode monitorar em tempo real cada produto que sai da gôndola, permitindo fazer a reposição automaticamente” e prevenindo furtos. Segundo o executivo, a perda ocasionada por furtos e roubos representa 15% do total de perdas anuais da Gillette.

Reciclagem
Campanha de recolhimento de cartucho de impressora, com o objetivo de reutilizá-lo no projeto Liberdade Digital, do Governo do Estado do Rio de Janeiro, será lançada pelo Proderj na próxima terça-feira, durante o Rio Info, seminário sobre tecnologia da informação. O projeto, que faz parte do programa de Inclusão Digital do estado, atende menores infratores, internos na unidade do Departamento de Ações Sócio-Educativas (Degase), da Ilha do Governador, onde são oferecidos cursos de informática.

Dignidade
Com a proposta de resgatar o prestígio da Ordem dos Advogados do Rio de Janeiro, o Movimento OAB Dignidade, composto pelos advogados Técio Lins e Silva, Nilo Batista e Paulo Goldrajch, lança nesta segunda-feira a candidatura oficial de Lauro Schuch à presidência da entidade. O evento, que será no restaurante Porcão Rio”s, às 19h, coincide com as comemorações do Dia dos Advogados. Sem “pendura”, claro.

INSS
Os servidores do INSS do Rio, em greve desde 2 de junho, farão assembléia na próxima terça-feira para analisar as negociações com o governo e decidir os rumos do movimento. A paralisação é para pressionar o governo a estender para o Rio de Janeiro o Plano de Carreira, Cargos e Salários (PCCS), que já é pago em outros estados, por decisão judicial e por decisões administrativas do próprio INSS. Enquanto isso, os funcionários continuam com salário em dia. O órgão especial do Tribunal Regional Federal (TRF) manteve a liminar da 14ª Vara Federal que proibia o desconto dos dias parados.

Decisão
Na hora de comprar, o jornal ganha espaço como instrumento de apoio do consumidor. Essa é uma das conclusões de pesquisa feita pela Ipsos Opinion sobre a influência de diversos meios de comunicação na hora em que o consumidor vai às compras. A influência do jornal está diretamente relacionada com o tipo de bem, produto ou serviço. “Depende não só do anúncio publicado, mas, também, do conteúdo editorial mais amplo”, explica Örjan Olsén, diretor executivo do Ipsos, que, junto com Daina Ruttul, diretora nacional na Ipsos-Marplan, vai apresentar uma pesquisa sobre “A Eficácia do Meio Jornal” na primeira palestra conjunta do 4º Congresso Brasileiro de Jornais e 2º Fórum de Editores, às 15h da próxima segunda-feira, no Gran Meliá WTC São Paulo. O programa completo está no sítio da Associação Nacional de Jornais (ANJ – www.anj.org.br/cbj).

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSaia longa
Próximo artigoPrincesinha

Artigos Relacionados

Falta de servidores traz prejuízo, inclusive financeiro

Fila de segurados no INSS vai engrossar precatórios em R$ 11 bilhões.

Desmonte do Estado se dá pelas beiradas

Miçangas e espelhos empurram reformas administrativas nos municípios.

O que vale pros precatórios vale pra dívida interna?

Se calotes são defensáveis, poderiam ser estendidos para os títulos públicos.

Últimas Notícias

Distribuição comercial: quais cláusulas e condições mais importantes?

Por Marina Rossit Timm e Letícia Fontes Lage.

Mercado corre do risco em momento de estresse

Se tem uma coisa que o mercado é previsível é com relação ao seu comportamento em momentos de estresse é aversão ao risco. “Nessa...

Petrobras: mais prazo de inscrição no novo Marco Legal das Startups

Interessados em participar do primeiro edital da Petrobras baseado no novo Marco Legal das Startups (MSL) poderão inscrever-se até o dia 12 de dezembro....

Canal oficial para investidor pessoa física na B3

A partir desta sexta-feira, a nova área logada do investidor da B3, lançada em junho, passa a ser o canal que centraliza todas as...

Fitch Ratings atualiza metodologia de Rating de Seguros

A Fitch Ratings, agência de classificação de risco, publicou nesta sexta-feira relatório de atualização de sua Metodologia de Rating de Seguros. Segundo a agência,...