Ações da ClearSale valorizam mais de 20% na estreia na B3

A ClearSale (ticker CLSA3) concluiu nesta sexta-feira a sua oferta pública inicial (IPO) na B3. A oferta movimentou R$ 1,3 bilhão sendo que, apenas com a venda de 31.806.250 ações novas, a empresa levantou R$ 795,2 milhões. Às 10h20 (horário de Brasília), os papéis CLSA3 saltavam 20,08%, a R$ 30,02

A empresa atua no mercado de soluções antifraude digital para segmentos como e-commerce, mercado financeiro, vendas diretas, telecomunicações e seguros. A empresa precificou na quinta-feira (29), cada ação a R$ 25,00 em seu IPO. O registro de pedido de IPO foi registrado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) em junho deste ano.

A cerimônia do IPO foi realizada na sede da B3, localizada no centro de São Paulo, e contou com a presença de Gilson Finkelsztain, CEO, por parte da B3. Já da ClearSale, estavam presentes o fundador da companhia, Pedro Chiamulera, e o CEO, Bernardo Lustosa.

Estamos muito felizes em receber a ClearSale aqui na B3 e ver aumentar o número de empresas listadas na bolsa do Brasil. E hoje a festa é ainda maior porque chegamos à marca de 40 IPOs no ano, mostrando que o mercado de capitais entrou em definitivo no radar das empresas brasileiras interessadas em expandir suas atividades e encontram aqui na bolsa uma opção atrativa para captação de recursos”, disse Gilson Finkelsztain, CEO da B3.

Este é mais um dia histórico na trajetória da ClearSale. O IPO foi o caminho que escolhemos para expandir os negócios e seguirmos na nossa missão de promovermos a confiança do consumidor no ecossistema digital. A confiança dos investidores no nosso time, na nossa cultura, em nossas soluções e nos nossos planos soma-se agora à confiabilidade que nossos de clientes depositaram na empresa ao longo dos últimos anos para garantirem sua segurança e manterem o foco no consumidor final! Estamos prontos e cheios de vontade para crescer” comentou Bernardo Lustosa, CEO da ClearSale, em discurso durante a cerimônia.

Os recursos captados pela Oferta Primária serão destinados para o crescimento orgânico da empresa, open innovation e crescimento inorgânico por meio de fusões e aquisições. A oferta foi realizada nos termos da ICVM 400, no segmento do Novo Mercado, e teve coordenação dos bancos Itaú BBA (Coordenador Líder), Bank of America, BTG Pactual e Santander (Coordenadores da Oferta).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Mercado financeiro eleva projeção da inflação para 8,35%

Previsão é que taxa Selic suba para 8,25% ao ano até o fim de 2021.

CVM quer dispensar registro para investidor não residente

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) colocou em audiência pública esta semana uma proposta de alteração da Resolução CVM 13, que reúne as regras...

Ratings de empresas de saneamento não sofrerão impactos imediatos

A crise hídrica no Brasil terá reflexos em diversos segmentos da sociedade. Mas os ratings das empresas brasileiras de saneamento básico avaliadas pela agência de classificação...

Últimas Notícias

A desigualdade entre os ‘iguais’

Por Rafael Luciano de Mello.

SP: alimentação puxa alta no preço da cesta básica

Segunda prévia do IGP-M variou negativamente em relação à segunda prévia do período anterior, mas avança ante a última divulgação.

Jovem baixa-renda é mais requisitado para voltar a trabalho presencial

Quanto menor a renda familiar, maior o percentual; brasileiros de 18 a 25 anos somam 42% das contratações temporárias no primeiro semestre.

Formbook afetou mais de 5% das organizações

Capaz de capturar credenciais e registrar digitação de teclado, malware figurou em segundo lugar no ranking mensal do país.