Adestramento

A direção do Banco Central (BC) descumpriu a promessa feita ao Senado de pôr fim a sua política de somente liberar funcionários para participar de programas de pós-graduação guiados pelas idéias do Consenso de Washington. Funcionários inscritos em programas de Unicamp, UFF e da Universidade de Siena – consideradas desalinhadas ideologicamente com as idéias do BC – tiveram suas liberações negadas, apesar de a instituição ter reconhecido, em documento, que eles cumpriam os requisitos necessários.

Pecado mortal
No primeiro ano do governo Lula, o número de milionários do país passou de 75 mil para 80 mil. Em 2004, saltou para 97 mil. Os números constam do documento Análise de Conjuntura, que serviu de base para os debates entre os participantes da 43ª Assembléia Geral da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), este mês. Citando o economista Marcio Pochman, ex-secretário do Trabalho de Marta Suplicy, o documento acrescenta que não mais de 5 mil famílias detêm, em média, patrimônio de R$ 140 milhões cada uma. Diante da crueza dos números, a punição a Lula, em 2006 – se seu governo conseguir se arrastar até lá – vai ser bem mais dura do que rezar uma centena de Ave Maria.

Dia da caça
A rememoração foi feita pelo deputado Babá (PSol-PA) dia desses numa CPI: os dois responsáveis pelas acusações na Comissão de Ética do PT que levaram à expulsão dele, dos deputados João Fontes e Luciana Genro e da senadora Heloísa Helena do partido foram Silvio Pereira e Delúbio Soares, apelidados agora pelo ex-deputado Milton Temer de “os dois mordomos”: “Onde eles nos expulsaram? No templo da burguesia daqui, no Blue Three Park Hotel, o mesmo hotel onde o Delúbio Soares reunia empresários para fumar charuto cubano, tomar uísque e vinho de primeira e, evidentemente, todas as outras coisas que estão saindo na imprensa.”
Já a definição sobre a expulsão ou não de Delúbio continua sem data marcada, aparentemente condicionada à maior ou menor compulsão falante do ex-tesoureiro do PT.

Novo velho PT
Além de reafirmar que o ex-ministro José Dirceu continua no controle do partido, a indicação do deputado Ricardo Berzoini para disputar a presidência do PT pelo Campo Majoritário tem outro forte caráter simbólico. Como ministro da Previdência, Berzoini foi um dos principais articuladores da taxação de aposentados e pensionistas, até então um anátema para o PT e cuja aprovação foi uma das primeiras sinalizações de que o governo Lula, em vez de ruptura com o desastre tucano, era sua continuidade aprofundada.

Dourando a pílula
Em palestra no Rio, o presidente do BNDES, Guido Mantega, recorreu a um grau de maquiagem para apresentar o que seriam bons números da economia do governo Lula. Na sua apresentação, mostrou a taxa Selic deste mês, de 19,75%, junto com o IGP de 2004 (12,14%); o mesmo índice, nos últimos 12 meses, limita-se a 4,88%, revelando uma taxa de juros real bem mais salgada.
Não foi só isso. No gráfico sobre taxa de investimento, Mantega usou outro estratagema, ao limitar a variação da escala para parecer, visualmente, que houve alta relevante, e não pífio 0,2 ponto percentual: de 19,6% no governo tucano, em 2001, para 19,8% em 2004. Artifício semelhante foi usado no gráfico do endividamento público.

Boi na linha
Não bastasse a maquiagem, Mantega apresentou números para provar que o Rio é o segundo estado para o qual o BNDES mais liberou financiamentos em 2005. Só que em pelo menos uma das contas apresentadas há divergências: Mantega falou em R$ 850 milhões para o metrô carioca, mas o governo estadual alega que este ano não foi liberado nem um centavo.

Pizza
O furacão Katrina, que devasta o Sul dos Estados Unidos, deve provocar perdas de US$ 25 bilhões às seguradoras – um recorde para este tipo de fenômeno. Já no Brasil, o furacão Karina (Somaggio) parece perder força e vai custar, no máximo, um ou dois mandatos.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLadeira abaixo
Próximo artigoEles não têm mensalão

Artigos Relacionados

Fintechs e bancos disputam quem cobra mais

‘Não temos vergonha de sermos bancos’, diz Febraban; mas deveriam.

Terceira via tira a máscara

Diferença para atual governo está nos métodos, não nos fins.

Os EUA lavam mais branco

Lavagem de dinheiro através de imóveis tem poucos obstáculos na pátria de Tio Sam.

Últimas Notícias

Startup lança soluções para indústrias e pequenas e médias empresas

ReFact aposta em tecnologia própria inovadora para agilizar e unificar informações dos clientes no e-commerce.

Produção de cerveja retoma ao patamar de 2014: 14,1 bi de litros

Número de brasileiros que apreciaram uma cerveja em casa saltou para 68,6% em 2020, ante os 64,6% de 2019, de acordo com a Kantar.

Bem Brasil Alimentos acelera exportações de batatas pré-fritas

Indústria mineira realizou embarques para Bolívia, Uruguai e Estados Unidos e projeta quadruplicar o volume de vendas em 2021.

Vale cancela ações em tesouraria sem reduzir o valor do capital social

O Conselho de Administração da mineradora Vale aprovou o cancelamento de 152.016.372 ações ordinárias de emissão da companhia adquiridas em programas de recompra anteriores...