Adeus, anistia

As empresas paulistas multadas em decorrência do descumprimento de obrigações acessórias relativas ao ICMS correm sério risco de não aproveitar a anistia autorizada pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), formado por representantes dos estados, do Distrito Federal e da União. O Governo de São Paulo poderia conceder desconto de até 70% para quem fizesse o pagamento em parcela única do valor devido até o dia 30 de novembro. No entanto, esta anistia precisa ser regulamentada por meio de um projeto de lei (o 663/2006), que já foi enviado para a Assembléia Legislativa, mas ainda não foi votado.

Vontade política
“O convênio não contempla os sonegadores, apenas as obrigações acessórias, como eventuais multas decorrentes de falhas nos preenchimentos das declarações”, explica o tributarista do escritório Peixoto e Cury Advogados, Rafael Giglioli Sandi. De acordo com ele, como o prazo está bastante apertado, será necessária uma prorrogação, mas que dependerá da vontade política.

Rápido
Os passageiros embarcando em São Paulo com bilhetes emitidos pela Varig e sem bagagem para despachar contam, desde sexta-feira, com um balcão exclusivo para check in expresso, bem em frente ao novo estacionamento do Aeroporto de Congonhas. O serviço vai funcionar diariamente das 5h às 22h. O passageiro deve apresentar um documento de identidade, junto com o bilhete da passagem aérea. Depois, é só esperar pacientemente pelo embarque, se o vôo não atrasar muito.

Não-notícia
Maldade do PFL, em seu boletim eletrônico diário: “Rotina: deputado do PT preso por crime financeiro”.

Cada um por si
Falta de integração entre município, estado e União é o principal problema do turismo carioca, segundo 30% dos empresários do setor. O ponto positivo é a atuação das associações de classe. É o que revela pesquisa feita com 200 empresários de turismo do Rio, no mês de outubro, coordenada pelos professores Bayard Boiteux, Mauricio Werner e Roberta Guimaraes.
Outros pontos negativos são: segurança (25% dos entrevistados), falta de incentivos fiscais (15%), promoção reduzida (15%), ausência de calendário de eventos (10%) e gestão do aeroporto internacional (câmbio, taxistas e mendigos), com 5%.
Os demais aspectos elogiados foram: gestão profissional dos órgãos oficiais (30%), criação de novos equipamentos turísticos, como Cidade do Samba e Centro de Convenções (20%) e melhoria na capacitação turística (10%).

Faltou
Durante seminário promovido pela UFRJ para esclarecer por que a Argentina perde do Brasil no futebol, mas ganha de goleada em crescimento econômico, o professor Antônio Licha admitiu não saber detalhes sobre a legislação do país vizinho a respeito da movimentação de capitais. “Tem entrado muito pouco investimento estrangeiro direto (IED) e capital especulativo na Argentina, por isso não me interessei pelo assunto”, justificou.

No trilho
Nesta segunda-feira, Sóstenes Moura Bernardes irá assumir a Gerência de Planejamento e Controle Operacional da SuperVia. Bernardes é formado em Engenharia Civil pela Faap e em Logística de Transporte de Cargas pela Universidade Federal do Ceará.

“Laissez faire”
Milton Friedman morreu na semana passada; suas idéias já são caducas há um punhado de anos; mas continuam vivas em rádios brasileiras especializadas em notícia, que fazem a ultrapassada apologia do livre mercado, sem regulações.

Categorias de base
Se no juvenil já é assim, imagina no profissional. Mas, com certeza, o treinador do time não sabia de nada.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorRumo norte
Próximo artigoSem teto

Artigos Relacionados

Bolsonaro invade TV Brasil

Programação foi interrompida 208 vezes em 1 ano para transmissão ao vivo com o presidente.

FMI: 4 fatores ameaçam inflação

Fundo acredita que preços deem uma trégua no primeiro semestre de 2022, mas...

Pandora Papers: novos atores nos mesmos papéis

Investigação mostra que pouco – ou nada – mudou desde 2016.

Últimas Notícias

Conversa com Investidor: BrasilAgro (AGRO3)

Por Felipe Cavalcanti, analista da Trade Machine

Eleitores brasileiros no exterior

Por Bayard Boiteux

‘Vices’ assumem e dão show de competência

Por Sidney Domingues e Sérgio Braga.

PEC 05, verdadeiro ataque à independência do MP

Por Paulo Alonso.

Como começar um negócio alinhado com a pauta ESG

Por Jandaraci Araújo.