“Adiós España”

Com o acirramento da crise no país, o fluxo migratório na Espanha se inverteu. Entre janeiro e setembro, 50.521 espanhóis mudaram-se para o estrangeiro, 36,6% mais do que no mesmo período de 2010, quando os emigrantes do país somaram 36.967 pessoas, segundo estimativas do  Instituto Nacional de Estatística (INE). É a primeira vez em muitos anos que a emigração supera a imigração no país.

Hora da caça?
Por enquanto, Reino Unido, França, Estados Unidos e Alemanha são os destinos preferidos dos emigrantes espanhóis. Mas, com a economia desses país patinando ou em recessão, não seria de estranhar uma nova onda migratória para a América Latina. Caso isso ocorra, se descobrirá se as alfândegas da região adotarão os mesmos métodos brutais e autoritários da sua congênere espanhola, principalmente a de Madri.

Prioridades
Quem está em Minas Gerais e assiste à propaganda eleitoral do Governo de São Paulo, captada em algumas cidades mineiras, tem um bom resumo das prioridades do tucanato. A ausência de qualquer menção a educação, saúde e saneamento básico é contraposta pela informação de que o estado contratou mais 6 mil policiais, “altamente treinados” e com viaturas novas e modernas.

Nota zero
Enquanto isso, o deputado estadual Carlos Giannazi (PSOL) denuncia que, após inúmeros pedidos da direção da escola à Secretaria estadual da Educação de São Paulo, por reparo do telhado, a escola Erico de Abreu Sodré, na Vila Mariana, suspendeu, dia 15, as atividades escolares, devido à chuva, que alagou as salas de aula, informática, leitura e videoteca. Giannazi, que também é professor, acrescenta que há água escorrendo pelos dutos de fiação elétrica, pelas luminárias e pelas paredes

Anuncie aqui
Empresas privadas terão oportunidade de associar suas marcas ao Parque Nacional do Iguaçu, Patrimônio Natural da Humanidade, anuncia a empresa Cataratas do Iguaçu S/A, que há 11 anos administra o Parque. A proposta da concessionária é captar cerca de R$ 25 milhões de recursos de empresas que queiram dar visibilidade às suas marcas nos principais espaços de visitação daquele que é um dos principais destinos turísticos no país, com mais de 1,3 milhão de visitantes por ano. A empresa pensou em passarela e trilhas, auditório, sinalização, ônibus, centro de visitantes, restaurantes e quiosques.
A cota de patrocínio Água, por exemplo, “oferece visibilidade em 100% das propriedades da área de concessão Parque, sendo duas delas exclusivas, a presença em 65 placas de sinalização e o licenciamento de elementos do Parque em produtos, e uso de imagens do parque em sua comunicação”, diz a nota de divulgação.
A Cataratas S/A diz que o que for arrecadado será usado para melhorar a qualidade dos serviços prestados aos turistas, e todas as cotas de patrocínio terão parte de seus recursos destinada ao programa de Educação Ambiental desenvolvido pelo parque.
Quem sabe o turista não terá a oportunidade de ver uma onça pintada… com o logotipo de um patrocinador?

Festa
As duas últimas semanas do ano foram recheadas de anúncios dos governos estaduais e municipais na grande mídia – a mesma que critica o desperdício de dinheiro público. Nem a Câmara dos Vereadores do Rio escapou do cerco de um jornalão da cidade.

Brasil Barrichello
A ultrapassagem do Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido pelo do Brasil mereceu comentário irônico de um leitor na versão brasileira da página eletrônica do jornal britânico The Guardian: “O Brasil está usando a tática do Rubinho Barrichello: não é ele que passa, os outros que quebram.”

Artigo anteriorBye, bye terrinha!
Próximo artigoEscada&elevador
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Privatização da Eletrobras aumentará tarifa em 17%

Estatal dá lucro e distribuiu R$ 20 bi em dividendos para a União.

Dois mitos sobre a Petrobras

Mídia acionada pelo mercado financeiro abusa de expedientes que ataca quando usados por bolsonaristas.

Mudar preços implica parar venda de refinarias

Mercado financeiro cobrará deságio, e Petrobras precisa de ativos para poder operar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Contas públicas têm superávit de R$ 58,4 bilhões em janeiro

Dívida bruta atinge 89,7% do PIB, o maior percentual da história.

Presidente do Inep é exonerado do cargo

Medida foi publicada no Diário Oficial de hoje; até o momento, não foi anunciado o nome de quem o substituirá.

Primeiro caso de Covid-19 no Brasil completa um ano

Brasil tem novo recorde de mortes diárias, diz Fiocruz; boletim informa que houve ontem 1.148 mortes.

Confiança da indústria e dos serviços caem em fevereiro

Níveis de Utilização da Capacidade Instalada também recuaram: o da indústria caiu 0,8 ponto percentual; e do serviço, 1 ponto.

Mau humor alastrando

Ontem, o mau humor dos investidores se fez presente no mundo e trouxe reviravolta para os mercados.