Adiós

Como parte do seu processo de reestruturação, o Bankia – um dos mais beneficiados com o dinheiro do contribuinte espanhol para não ir à breca após o estouro da crise global – vendeu, por 3,01 euros por ação, a fatia de 12,09% que detinha na International Airlines Group (IAG), a aérea resultante da compra da Iberia pela British Airways. Com a venda, que gerou 167 milhões de euros para o Bankia – uma união de caixas de poupança – a Iberia fica sem qualquer acionista espanhol entre os principais controladores.

George Cabral
Chama a atenção a assimetria dos comportamentos do governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), e do prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), diante das manifestações populares. Enquanto Paes mantém-se hiperativo nas aparições de imprensa, apesar do forte desgaste que lhe custam suas declarações que tentam reduzir os protestos à minoria de vândalos, Cabral aferra-se a um mutismo ensurdecedor, que expõe o nível de paralisia do governador. Já há quem compare o contraste da dupla ao registrado depois dos ataques de 11 de Setembro entre o então prefeito de Nova York, Rudolph Giuliani, e o então presidente dos Estados Unidos, George Bush.

Duro na
Crescem na internet as manifestações da torcida do Botafogo contra a decisão do prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), de empurrar com a barriga uma decisão sobre o futuro do Engenhão, interditado desde 26 de março e sem qualquer prazo para início das obras supostamente imprescindíveis: “A PEC 37 caiu, aumento da passagem de ônibus caiu…só o que não cai é a cobertura do Engenhão”, postou no Facebook um internauta de São Catarina. Foi secundado por outro torcedor de Vitória, que conclamou: “Então está na hora de a torcida do Glorioso protestar também lá na prefeitura ou vamos deixar de lado?”

Bisturis afiados
Profissionais da Saúde insatisfeitos com o PLS 268/2002 – todas as categorias, à exceção dos médicos – querem que a presidente Dilma vete o projeto, que dá aos profissionais de Medicina praticamente o monopólio dos diagnósticos. O presidente do Conselho de Fisioterapia, Bruno Fernandes, acena com uma mudança que poderia representar um acordo: alterar de “prescrição terapêutica” para “prescrição médica” o texto, o que, segundo ele, seria suficiente para apaziguar as demais profissões.

Outro lado
“O MP, segundo a lei, não perderia nada (com a PEC 37) pois não possui a atribuição de investigar”, acusa o presidente do Sindicato dos Classes dos Policiais Civis do Paraná (Sinclapol), André Gutierrez, sugerindo que “basta ler a Constituição”.
Segundo o dirigente sindical, na Inglaterra, somente a polícia pode investigar; na Alemanha, o promotor equivale ao delegado no Brasil; na Espanha e na França, a investigação não é conduzida pelo MP, mas por um juiz de instrução, que tem as mesmas características de um delegado de polícia no Brasil.

Avesso do avesso
Por outro lado, é ínfimo o total de crimes esclarecidos por investigação das Polícias Civis. E, não raro, delegados à frente de investigações delicadas sofrem abordagens constrangedores de governadores preocupados, justamente, com os resultados do trabalho policial efetivo.

Cada um no seu quadrado
O caráter de massas adquirido pelas manifestações produziu a figura do caroneiro de protesto. São pessoas ou segmentos cujas reivindicações pessoais, políticas, sindicais e/ou comportamentais, justas ou não, apresentam déficit de mobilização e, no embalo da vontade de protestar que tomou conta de milhares de brasileiros, tentam turbinar suas bandeiras específicas. Com o refluxo, pelo menos momentâneo, dos protestos de massa, esses movimentos voltam a exibir quantas garrafas efetivamente têm para vender. Quinta-feira, por exemplo, cerca de 300 esforçados ativistas do movimento gay participaram de manifestação, na Avenida Paulista, contra a condução do deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) à frente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara.

Quadro negro
Educação: Situação Atual, é tema da palestra que a professora Aileda de Mattos Oliveira fará em 2 de julho, às 15h, no Instituto de Geografia e História Militar do Brasil (Praça da República 197 – Centro – Rio de Janeiro, RJ, pouco antes do Arquivo Nacional).
 

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPressão sobre a Previdência
Próximo artigoSuspeitas

Artigos Relacionados

Os EUA lavam mais branco

Lavagem de dinheiro através de imóveis tem poucos obstáculos na pátria de Tio Sam.

Apagão já foi tragédia, volta como farsa

Modelo de mercantilização da energia é o culpado.

Volume de reservatórios pode cair a 6% em novembro

Quadro crítico poderá ser alcançado em 2 meses, mesmo com tarifaço.

Últimas Notícias

Condomínios do Rio podem exigir comprovante de vacinação

É recomendado que tal exigência seja aprovada em assembleia por maioria dos presentes

Agronegócio brasileiro ainda está amadurecendo tecnologicamente

Por Regina Teixeira – Especial para o Monitor Mercantil

Livro traz bastidores de aquisições de startups por grandes empresas

Livro: 'Saída de Mestre: estratégias para compra e venda de uma startup'

Plano de assinatura garante um smartphone novo todo ano

A parceria une o propósito da Samsung de trazer inovação a cada lançamento - desta vez oferecendo sua terceira geração de smartphones - e...

WhatsApp testa funcionalidade de indicação de negócios em SP

Por enquanto só São Paulo terá esse recurso