Advent deixou de querer a Quero-Quero e embolsou R$ 1,66 bi

Erros na gestão levaram a perda de mercado pra Leroy Merlin e Cassol.

Acredite se Puder / 19:24 - 10 de ago de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O Advent do Brasil é um fundo de investimentos que realizou algumas bobagens no mercado brasileiro, mas no final de contas, saiu ganhando um bom dinheiro, como foi no caso das Lojas Quero-Quero. Em 2008, dentro de sua filosofia de não fazer investimentos em empresas problemáticas, buscou a empresa gaucha de materiais de construções que com uma rede de 150 lojas detinha participação de 75% do mercado no Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. Naquela ocasião, devido ao setor de construções que estava aquecido, a empresa tinha forte penetração no interior gaúcho com as vendas em carnês. Os norte-americanos não se contiveram e começaram a fazer bobagens sendo a primeira delas a transferência da sede do interior para Porto Alegre, o que provocou um abalo no seu caixa com os pagamentos de indenizações e a recusa de grande parte dos funcionários chaves em aceitarem a mudança. Não satisfeitos, despediram a diretoria francesa que foi acompanhada de importantes executivos. Não satisfeitos, os administradores dos fundos resolveram acabar com o sistema tradicional de cobrança, o que provocou uma queda no faturamento e abriu caminho para a entrada da francesa Leroy Merlin e catarinense Cassol, mercado perdido que jamais será recuperado. E continuaram os desmanados com o plano de crescimento na rede lojas que é de atualmente 360 unidades.

Aproveitando o bizarro momento do mercado brasileiro de ações, o pessoal da Advent fez as seguinte, ora, em 2008 pagamos R$ 300 milhões pelas ações da Quero-Quero vamos captar uns R$ 3 bilhões. Mas como existem os investidores de bom senso, o lote todo não foi colocado e, no IPO, houve a captação de R$ 1,94 bilhão, com o fundo norte-americano ficando com R$ 1,66 bilhão, ganhando 453%. No pregão desta segunda feira houve a tentativa de mais uma valorização artificial na cotação, que foi conseguida quando foi registrada alta de 3,40%, mas com a normalização a alta foi reduzida para 0,16% e a cotação terminou em R$ 12,67.

 

Kodak cai cerca de 43%

As ações da Eastman Kodak estão registaram fortes perdas nesta segunda-feira, depois que o governo de Donald Trump anunciou que vai suspender um empréstimo de US$ 765 milhões, que seria usado pela no desenvolvimento de medicamentos para o combate à Covid-19. Assim, os títulos da Kodak caíram 29,64% para US$ 10,47, mas chegaram a afundar um máximo de 42,88% para 8,50 dólares, o que levou à sua suspensão temporária.

Esta evolução acontece depois que a International Development Finance Corporation, ter anunciado sexta-feira, através do Twitter, que iria suspender o empréstimo à empresa até que fossem conhecidas as conclusões de uma investigação sobre potenciais irregularidades na conduta da empresa relativamente ao referido empréstimo. Em causa estão suspeitas de que a Kodak violou a lei, passando a notícia do empréstimo a alguns meios de comunicação antes de informar os acionistas. Essas suspeitas estão sendo investigadas pelo Congresso e pela SEC, o regulador do mercado de capitais.

 

Itaú manda comprar M Dias Branco

Os analistas do Itaú BBA destacaram o crescimento das vendas da M.Dias Branco acima do esperado. No entanto, destacaram margens menores causadas pelo aumento dos custos com o trigo. E apesar dos fortes números de volume, a maior inflação de custos reduziu a margem Ebitda em 2 pontos percentuais no trimestre, para 12%”, avaliaram em relatório, mas destacando que essa margem veio em linha com as estimativas.

O Itaú BBA recomenda a comprar das ações dessa empresa e estabeleceram preço-alvo em R$ 39

 

d-1000 captou R$ 400 milhões

As ações da d1000 estrearam perdendo mais de 9% do seu valor de mercado. Na sexta feira, no piso intermediário a R$ 17, a empresa captou R$ 400 mi. A d1000 é uma rede de drogarias formada pelas aquisições das bandeiras Drogasmil, Farmalife, Drogarias Tamoio e Drogaria Rosário.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor