Agências estrangeiras fazem pressão para obter reformas

Se o país não seguir a cartilha, vão rebaixar as notas de risco.

Caso a agenda de reformas do Governo Bolsonaro ocorra, “o evento já estará no preço das agências de classificação de rating. Caso contrário, o evento será devidamente precificado pelas agências na classificação soberana de risco da economia brasileira como evento negativo”, analisa a Mapfre Investimentos.

Tradução: as agências de rating pressionam o Brasil para cortar aposentadorias e fazer outras maldades. Se o país não seguir a cartilha, vão rebaixar as notas de risco. É um recado claro. As especulações sobre a boa vontade dos investidores internacionais servem apenas para o jogo midiático. Na vida real, o Brasil enfrenta um sério problema fiscal causado por anos de recessão ou baixo crescimento, agravado por um remédio de austeridade que só piorou a doença. Tudo isso se refletiu em uma crise social e de desemprego. A continuidade desta política não atrai investimentos reais; atrai especuladores em busca de lucro rápido e elevado.

 

Rei morto

Amigo desta coluna escreve manifestando estranheza por não ter tido a repercussão merecida a morte de um dos homens mais influentes do Brasil desde o segundo Governo Vargas até o segundo Governo FHC. Jorge Serpa, que morreu domingo aos 96 anos, influenciou diretamente dois dos maiores jornais da época: Correio da Manhã, com uma íntima convivência com Paulo Bittencourt, e O Globo, tenho sido um dos mais próximos assessores do jornalista Roberto Marinho, principalmente durante o período do regime militar.

No velório e sepultamento, nenhum político, nenhum membro da família Marinho, nenhum representante das Organizações Globo. Serpa deixou viúva dona Vicentina, neta do ex-presidente Eurico Gaspar Dutra.

 

Seppuku

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, assinou decreto instituindo o Dia do Samurai, que será comemorado em 24 de abril. Espera-se agora a criação do Dia do Haraquiri, dedicado aos políticos desonestos.

 

Tradição e tecnologia

Estrela da tecnologia e da inovação nacionais, a Embrapa exporta conhecimento. No final de 2018, cinco profissionais da estatal passaram três semanas no Estado de Mbale, em Uganda. O grupo colocou em prática um guia de capacitação e treinamento participativo que apresenta um conjunto de ferramentas que permite a integração do conhecimento dos agricultores familiares e técnicos de extensão rural sobre a qualidade do solo e seu manejo ao conhecimento técnico gerado pela Ciência do Solo e à pesquisa agropecuária.

Essa é a grande motivação dessa inovação tecnológica: entender como o conhecimento tradicional dos agricultores se reflete em indicadores técnicos e vice-versa”, explica a pesquisadora da Embrapa Solos Ana Turetta.

Em Uganda, a metodologia propiciou aos agricultores familiares maior intimidade com os indicadores de qualidade do solo. A ideia de restaurar a fertilidade da terra a fim de aumentar produção de grãos também foi um fator importante para atrair os participantes.

O conhecimento e a experiência local da produção familiar têm recebido crescente atenção nos últimos anos como fonte de opções úteis para o manejo sustentável dos recursos naturais.

 

Black blocs

Protestos violentos em qualquer parte do mundo são criticados pela imprensa; menos os que acontecem na Venezuela.

 

Indesejadas

Na foto do presidente Jair Bolsonaro almoçando em Davos aparecem tomates, pimentões e couves-flor. Laranjas, não!

 

Contrasenso

Paulo Guedes fala em privatizar todas as 138 estatais federais. Ao mesmo tempo, tramita no Congresso o PLP 459/2017, de autoria do senador José Serra, que, se aprovado, levaria à criação de até 5.597 estatais de estados, municípios e Distrito Federal.

 

Rápidas

A tradicional doceria carioca Lecadô, com 19 lojas no Rio de Janeiro, ingressa no sistema de franquias em parceria com a GSPP, que desenhou o modelo de negócio. A primeira unidade franqueada deverá ser inaugurada em março em um shopping da Barra da Tijuca (RJ) *** A neuropsicóloga Maria Lucia Moyses Ruiz lança mais três livros da coleção DeZequílibrios: A Mulher do Vestido Azul, Não Me Toque e Um Copo de Veneno (Scortecci Editora) *** No sábado, a Feira de Artesanato do West Shopping, realizada em parceria com um grupo de artesãos de Campo Grande, promove oficina gratuita de pintura em tecido, às 15h *** A Supergasbras, empresa do Grupo SHV Energy, anunciou o brasileiro Julio Cardoso como novo presidente.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Construção da P-80 ‘exporta’ 395 mil empregos

Candidatos defendem volta do conteúdo local e fazer reparos de embarcações no Rio.

Europa admite 2 pesos na crise na Ucrânia e em Gaza

Cinismo típico da mentalidade colonial

Petróleo sob disfarce de direitos humanos

China descobre grande reserva na Região de Uigur, alvo das ‘preocupações’ dos EUA.

Últimas Notícias

Preço dos medicamentos recuou 0,74% em julho

Após avançar 1,32% em junho, queda mensal observada foi inferior à variação do IPCA/IBGE.

Vestuário e calçados têm desempenho positivo entre redes de moda

Dia dos Pais impulsionou desempenho do setor; mercado de roupas usadas pode ultrapassar varejo de moda em 2024.

Bares e restaurantes tiveram o maior faturamento do ano em julho

Segundo associação do setor, 32% dos estabelecimentos operaram com lucro no período, enquanto 41% tiveram equilíbrio.

China aprofunda cooperação agrícola pela segurança alimentar global

Quando os ventos sopram a exuberante fazenda de trigo que se estende por cerca de 300 hectares no noroeste do Zimbábue em agosto, é difícil acreditar que essa terra fértil era estéril há uma década.

Câmara do Rio cassa mandato de Gabriel Monteiro

Vereador foi julgado por quebra de decoro parlamentar.