Agonia grega

Os líderes europeus que se uniram para chantagear os gregos, ameaçando o país com o fim do mundo caso não votem nos partidos defensores da “austeridade até a morte”, omitem o fato de que a Grécia é o único país da região em tempo de paz a amargar cinco anos consecutivos de recessão. Nesse quadro de depressão econômica, os salários já perderam 45% do poder de compra, o desemprego saltou de 8% para 21%, chegando a 48% entre os jovens, e as aposentadorias sofreram uma tunga nominal de 20%. Além disso, a promessa de que as medidas recessivas resultariam em queda da dívida pública não se sustentou. Ao contrário, a proporção dívida/PIB aumentou de 120% do PIB, em 2010, para 160% do PIB, em 2011. Se isso não é o caos…

Grande demais
Revelado o prejuízo de US$ 2 bilhões – que pode chegar a US$ 3 bilhões, se é que alguém pode prever o teto das perdas – é importante lembrar que o maior banco dos EUA não passou tão incólume pela crise de 2008 quanto tenta-se fazer crer. O JP Morgan recebeu uma injeção financeira de US$ 25 bilhões, à guisa de “resgate”, e, posteriormente, um novo pacote de US$ 391 bilhões, só revelado quando uma inédita auditoria no Federal Reserve mostrou que o Fed injetou US$ 16,1 trilhões no sistema financeiro, até 2010, para impedir uma derrocada sistêmica dos bancos “muito grandes para quebrar”.

Colega Obama
Conforme mostra matéria no boletim semanal eletrônico Resenha Estratégica, o JP Morgan Chase não é só o maior banco dos Estados Unidos. Trata-se, entre outros detalhes, da maior empresa com ações em mercado do mundo; o maior operador de derivativos financeiros do planeta; um dos maiores operadores dos mercados internacionais de prata, cobre e alumínio; e também o principal acionista da empresa petrolífera BP, aquela do vazamento gigante no Golfo do México.
O executivo-chefe do JP, Jamie Dimon, “o cara mais esperto de Wall Street”, é um “comensal frequente de Barack Obama, tendo sido convidado à Casa Branca nada menos que 18 vezes, desde o início do mandato presidencial.”

Exportar
Os desafios que as empresas enfrentam para atuar com sucesso no comércio exterior são o tema do Ciclo Totvs de Soluções no Rio, que a empresa de informática realiza em parceria com a Trade-Easy. A palestra é gratuita e as inscrições podem ser feitas pelo telefone (21) 3122-9811.

Nas nuvens
Depois da alta de apenas 0,6% na sua estréia na Nasdaq, a queda de 11% registrada segunda-feira pela ação do Facebook reforça os alertas contra uma nova bolha no setor pontocom, agora, na versão 2.0.

Benefício para poucos
A aplicação, pela Câmara de Comércio Exterior (Camex), de direito antidumping definitivo às importações de papel cuchê leve (LWC) protege somente “a indústria de papel nacional, setor esse altamente concentrado, em detrimento da indústria gráfica nacional – que integra muito mais empresas, e que gera muito mais empregos, com maior produtividade”. A acusação faz parte do recurso administrativo apresentado pela Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf) contra a decisão.

Ainda o Sped
Sped PIS e Cofins é mais um cruso para contadores realizado pelo Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis (Sescon-RJ), em parceria com a Unifenacon. Será transmitido ao vivo via web, dias 23  e 24 de próximos, das 15h às 18h. Detalhes telefone (21) 2216-5354 ou e-mail para [email protected]

Golaço
A recusa do atacante Herrera, do Botafogo, a escolher uma música para tocar no Fantástico, por ter feito três gols contra o São Paulo, é mais uma amostra da perda relativa do poder da Globo. A atitude do jogador argentino doeu mais no ego da Vênus Platinada, por não ter sido acompanhada por qualquer gesto de arrogância ou agressividade. Em vez disso, simples desdém, a exibir a crescente perda de centralidade da emissora, que costumava tratar como mandatórios seus desejos e manias.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNão curtiram
Próximo artigoSem escapatória

Artigos Relacionados

Bolsonaro invade TV Brasil

Programação foi interrompida 208 vezes em 1 ano para transmissão ao vivo com o presidente.

FMI: 4 fatores ameaçam inflação

Fundo acredita que preços deem uma trégua no primeiro semestre de 2022, mas...

Pandora Papers: novos atores nos mesmos papéis

Investigação mostra que pouco – ou nada – mudou desde 2016.

Últimas Notícias

Rio Indústria apoia lei que desburocratiza e facilita novos negócios

Em audiência pública realizada nesta quinta-feira (14), na Câmara Municipal do Rio, sobre o Projeto de Lei Complementar nº 43/2021 que regulamenta a Declaração...

Ciência: entidades pedem liberação de recursos

Organizações questionam redirecionamento para outras áreas de R$ 515 milhões, que eram do CNPq.

Rating da EDP BR não muda com aquisição da Celg-T

Para a Fitch Ratings, a qualidade de crédito da EDP Energias do Brasil S.A. (EDP BR, Rating Nacional de Longo Prazo ‘AAA (bra)’, Perspectiva...

Tesouro: Queda do investimento líquido em ativos não financeiros

O Tesouro Nacional informou nesta sexta-feira que no 2º trimestre de 2021, a necessidade líquida de financiamento do Governo Geral alcançou 7,1% do PIB,...

Leilão de Excedentes da Cessão Onerosa terá sucesso?

Após a realização da 17ª Rodada de Licitações de Blocos para exploração e produção de petróleo e gás natural no último dia 7, considerado...