Ajustando e esperando por dados

Expectativa para Bovespa podendo buscar alta com petróleo forte, dólar mais fraco e juros ainda ajustando queda.

Hoje, os mercados começam o dia tendo que ajustar para dados divulgados durante a madrugada, na China, e aguardando outros dados de conjuntura aqui e no exterior. Ontem, a inflação medida pelo CPI (consumidor) nos EUA em agosto, declarações de Campos Neto, do BC, e pressão de parlamentares sobre política de preços de combustíveis e térmicas da Petrobras deram o tom dos mercados de risco para a sessão, com vista da relatoria dos precatórios.

Resultado disso foi a Bovespa fechando em queda de 0,19% e índice em 116.180 pontos, dólar pressionado em alta para fechar em R$ 5,26 e juros mais comedidos por conta de mudanças na previsão de alta da Selic em 22/09. Mercados americanos fechando com quedas, com o auxílio luxuoso das ações da Apple em queda com lançamentos anunciados.

Hoje, os mercados da Ásia encerraram o dia com quedas, Europa começando com mercados no campo negativo (exceção para Londres) e futuros do mercado americano com leve alta neste início de manhã. Aqui, seguimos marcando o patamar de 118.000 pontos do Ibovespa como meta a ser superada, para depois buscar a faixa de 121.000, quando teríamos comportamento mais consistente.

Investidores seguem preocupados com a desaceleração da expansão global e lockdown anunciado em região da China, com o surto da variante delta da Covid-19. A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) alertou para a desaceleração da expansão do PIB no segundo trimestre dos países do G-20, com +0,4%, de primeiro trimestre com +0,9% e grande desigualdade entre os países.

Na China, tivemos a divulgação de bateria de dados de conjuntura, no geral, mostrando desaceleração no mês de agosto. As vendas de moradias cresceram 24,5% no período entre janeiro e agosto, e os preços dos imóveis evoluíram 3,7%. A produção industrial cresceu 5,3% na comparação anual (previsto era 5,6%) e as vendas no varejo com +2,5% na comparação anual e +0,17% no mês de agosto. Os investimentos em ativos fixos entre janeiro e agosto expandiram 8,9%, mas a previsão era de 8,8%. Isso mexeu com os mercados da Ásia, com novos testes de mísseis da Coreia do Norte.

Na Zona do Euro, a produção industrial surpreendeu positivamente com alta de 1,5%, quando o previsto era +0,6%. Na comparação anual, expansão de 7,7%, mas a base de comparação era bastante fraca. No Reino Unido, a inflação pelo CPI foi de 3,2%, anual para agosto, no mês, alta de 0,77% e o núcleo com variação anual de 3,1%.

No mercado internacional, o petróleo WTI, negociado em Nova Iorque, mostrava alta de 1,39%, com o barril cotado a US$ 71,44, com estoques, API em queda na semana anterior e tempestade no Golfo do México. O euro era transacionado em alta para US$ 1,183 e notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 1,27%. O ouro e prata com quedas na Comex e commodities agrícolas com viés positivo na Bolsa de Chicago.

Aqui, a incerteza fiscal preocupa mais que as próximas eleições. Rodrigo Pacheco devolveu ao governo a MP que protegia fake news, aquela colocada na véspera do 7 de setembro, e Bolsonaro reagiu dizendo “quem não contou uma mentirinha para a namorada?”. Mentirinha, presidente?? Já o senador Roberto Rocha, relator da PEC 110 que discute a introdução do Imposto de Valor Agregado (IVA) entre os entes federativos, ainda acha possível votar e promulgar neste ano.

Na agenda do dia teremos a divulgação do IBC-Br de julho, uma prévia do PIB anunciada pelo BC e o mesmo BC divulga o fluxo cambial na semana anterior. Nos EUA, o importante índice de atividade de Nova Iorque, a produção industrial de julho e os estoques de petróleo e derivados da semana anterior pelo Departamento de Energia.

Expectativa para Bovespa podendo buscar alta com petróleo forte, dólar mais fraco e juros ainda ajustando queda.

Ontem, os mercados de risco no mundo tiveram que se ajustar para eventos acontecidos. Aqui, dois influíram na tendência geral (presidente da Petrobras em comissão da Câmara e fala de Campos Neto) e, no exterior, a divulgação da inflação medida pelo CPI (consumidor). Isso mexeu com as Bolsas, o câmbio e também com os juros.

No exterior, logo cedo, o Banco Central Europeu (BCE) se disse atento à inflação alta, mas segue indicando que é temporária. Além disso, mostrou que vai ceder, não há muitas dúvidas, mas também era esperado que fosse mais breve. O mesmo vale para os EUA. Já Jens Weidmann, presidente do Bundesbank (o Banco Central alemão) declarou que o euro digital deve ter papel limitado no lançamento, enquanto aqui o presidente do BC disse que estão adiantados na moeda digital. Mas o que mexeu mesmo com os mercados foi a divulgação da inflação medida pelo CPI de agosto nos EUA, que veio menor que o previsto. A taxa de agosto ficou em 0,3% de previsão de rodar em 0,4%, enquanto o núcleo foi de 0,1%, de previsão de 0,2%. Na comparação anual a inflação por este indicador está em 5,3% e o núcleo em 4,0%, um pouco abaixo dos 4,2% previstos. A Comissão Europeia é que vai delinear ainda em setembro as soluções de comércio para a Irlanda do Norte, aliviando tensões no comércio com o Reino Unido. Já o Reino Unido comemorou o número de empregos maior em 1,0 milhão em relação ao período pré-pandemia.

O CPI mexeu com os juros americanos e com o câmbio, permitindo leitura que o tapering (retirada de estímulos) poderia ser postergada um pouco, mas não mexeu muito com a previsão de anúncio na reunião do Fomc, do Fed, em novembro. Os índices do mercado acionário melhoraram um pouco mais depois voltaram ao comportamento misto do início da manhã e afetado pelo comportamento das ações da Apple que lançou novo iPhone.

O presidente Vladmir Putin, da Rússia, está em isolamento por conta de pessoas próximas terem contraído Covid-19. No mercado internacional, o petróleo WTI, negociado em Nova Iorque, mostrava leve queda de 0,10%, com o barril cotado a US$ 70,38%, depois de ter subido quase 1,0%, pelo novo furacão e o relatório da Organizção dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) divulgado ontem. O euro era transacionado em queda para US$ 1,181 e notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 1,28%. O ouro e a prata também inverteram tendência para queda na Comex e commodities agrícolas com comportamento misto na Bolsa de Chicago. Já o minério de ferro teve mais um dia de queda em Qingdao, na China, perdendo 1,75% e com a tonelada encerrando em US$ 121,67). Mesmo com toda queda das últimas semanas as ações da Vale resistem por conta da expectativa de pagar bom dividendo.

No segmento local, o presidente do BC, Campos Neto, disse em live que não vai alterar o plano de voo a cada evento de alta frequência que seja divulgado. A visão é de longo prazo, mas o BC terá um árduo trabalho para trazer a inflação alta de 2021 de mais de 8,0% para o centro da meta de 2022, tendo reformas que não andam, crise hídrica e tarifa alta de energia e quebra de safra agrícola. Falou ainda que os EUA têm sido questionados pelos gastos volumosos com a pandemia e que acreditavam que a inflação era temporária, o que não é verdade. Isso permitiu leitura que possivelmente vão manter alta da Selic de 1,0% nas restantes três reuniões de 2021, o que levaria a taxa para 8,25%. Mas a aposta em 1,25% na reunião da próxima semana, ainda mantém adeptos. Mas isso também mexeu bastante com os mercados.

O IBGE anunciou o volume de serviços prestados no mês de julho em expansão de 1,1%, igual ao previsto, e acumula alta contra igual período do ano anterior de 17,8%. No ano a expansão é de 10,7% e em 12 meses de 2,9%. A receita nominal bruta cresceu 1,5%, e contra igual período com +21,5%. O volume de serviços prestados já é maior que antes da pandemia em 3,9%, mas está 7,7% abaixo do pico ocorrido em novembro de 2014. Mas a perda de poder de compra pode influir no consumo das famílias.

Outro fator que mexeu com os mercados foi a ida do presidente da Petrobras Silva e Luna falar sobre combustíveis e térmicas em comissão na Câmara. A pressão foi grande, mas o presidente também disse que Bolsonaro nunca interferiu na direção da empresa que tem boa governança. Mas os deputados pressionaram e Luna disse que a Petrobras forte é boa para o Brasil. No meio da tarde a presidente da CCJ para a PEC dos precatórios concedeu vista coletiva para o parecer do relator e Bovespa passou ao campo negativo, com ajuda de mais queda em Nova Iorque.

No mercado, a terça foi dia de dólar operando entre a estabilidade e alta pequena, para fechar o dia com +0,70% e cotado a R$ 5,257. Na Bovespa, na sessão do último dia 10, os investidores estrangeiros voltaram a sacar recursos no montante de R$ 1,49 bilhão, tornando o saldo de setembro negativo em R$ 940,9 milhões, mas com ingressos em 2021 de R$ 46,17 bilhões. No mercado acionário, dia de queda da Bolsa de Londres de 0,49%, Paris com -0,36% e Frankfurt com alta de 0,14%. Madri em queda de 0,41% e Milão com alta de 0,39%. No mercado americano, o Dow Jones terminou com -0,84% e Nasdaq com -0,45%. Na Bovespa, dia de alta leve durante todo o dia, com pressão em Petrobras, Vale e bancos, para encerrar com -0,20% e índice em 116.176 pontos.

.

Alvaro Bandeira

Economista-chefe do Banco Digital Modalmais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Evergrande e nova Guerra Fria

Semana passada já tinha sido de grande tensão, mesmo considerando a capitulação do presidente Bolsonaro em atacar o STF e o TSE.

Definição da nova taxa Selic é o foco das atenções nesta semana

Mercado opera com cautela em meio ao aumento do IOF; feriados na Ásia reduzem liquidez em Hong Kong, que fecha em queda.

Conversa com Investidor: Focus Energia (POWE3)

Por Hugo Queiroz, diretor do TC Matrix.

Últimas Notícias

SP: alimentação puxa alta no preço da cesta básica

Segunda prévia do IGP-M variou negativamente em relação à segunda prévia do período anterior, mas avança ante a última divulgação.

Jovem baixa-renda é mais requisitado para voltar a trabalho presencial

Quanto menor a renda familiar, maior o percentual; brasileiros de 18 a 25 anos somam 42% das contratações temporárias no primeiro semestre.

Formbook afetou mais de 5% das organizações

Capaz de capturar credenciais e registrar digitação de teclado, malware figurou em segundo lugar no ranking mensal do país.

Sauditas liberam exportação de carne de unidades de Minas

De acordo com o Ministério da Agricultura, autoridades do país suspenderam o bloqueio de cinco plantas de carne bovina mineira.