Alerj aprova participação do RJ em consórcios intermunicipais de saúde

Por Sérgio Braga e Sidney Domingues.

A Alerj aprovou projeto de lei que autoriza o Estado a participar de consórcios intermunicipais de saúde e o desenvolvimento em regime de gestão associada na execução de políticas públicas do setor. A proposta, de autoria dos deputados Jair Bittencourt (PP) e André Ceciliano (PT), prevê que o Estado poderá repassar recursos financeiros do Fundo Estadual de Saúde, ou do Fundo Nacional de Saúde, aos consórcios intermunicipais, após a deliberação prévia da Comissão Intergestores Bipartite (CIB-RJ).

Obras para o Noroeste do Estado

Luiz Martins (Foto Alerj)

Luiz Martins (PDT) está causando ciúmes na bancada do governo na Alerj por conta da sua aproximação com o governador Cláudio Castro. Martins acompanhou a visita do governador aos municípios de Itaperuna, Natividade e Varre e Sai, no Noroeste do Estado. A dupla conversou com prefeitos da região e apresentou um pacote de obras, fruto de indicações legislativas do deputado. As melhorias serão implementadas com verbas da venda da Cedae.

Alerj doa R$ 18 milhões para pesquisa sobre Covid

A Alerj vai doar R$ 18 milhões para custear pesquisas da UFF contra a Covid. O dinheiro vai sair do seu Fundo Especial Orçamentário. A doação foi proposta pelo presidente da Casa, deputado André Ceciliano (PT), e pelo do deputado Waldeck Carneiro (PT) e foi sancionada pelo governador Cláudio Castro.

Deputado Noel de Carvalho participa de frente de defesa do Aeroporto do Galeão

Noel de Carvalho (foto Alerj)
Noel de Carvalho (foto Alerj)

O deputado estadual Noel de Carvalho (PSDB) defende uma reavaliação do modelo de privatização proposto pelo Governo Federal para o Aeroporto Santos Dumont. Ele concorda com o prefeito do Rio, Eduardo Paes, de que a alteração pode ter como consequência o esvaziamento ainda maior do Aeroporto Internacional do Galeão, causando prejuízos para a economia do Rio. O Santos Dumont será leiloado em 2022 junto com outros 15 aeroportos.

Bares terão alertas sobre crime de importunação sexual

O deputado Marcus Vinícius (PTB) é o autor do projeto de lei que obriga bares, boates, restaurantes e casas de show a afixarem placas e cartazes de forma legível e aparentes ao público lembrando que importunação sexual é crime.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Lei determina que estatais respeitem interesse público

Acionistas da Petrobras sabem que ela tem obrigações e bônus por ser de economia mista.

Plano B dos bilionários dos EUA

Fuga dos impostos, de Trump e dos bloqueios levam a dupla cidadania.

Setor automotivo em ritmo de recuperação

Resultados seriam ainda melhores se não houvesse restrição de semicondutores.

Últimas Notícias

Criação de mais um monopólio privado regional

Recurso de petroleiros contra decisão do Cade sobre venda da Reman

Restrição do Fed pode impulsionar a saída de capital dos países da AL

Sinalizou uma política monetária mais restritiva em meio às expectativas de inflações mais altas

Setores fortemente impactados com a pandemia reagem na Bolsa

Alta é influenciada pelo anúncio da reabertura gradual da China

China está confiante na recuperação econômica

Produção de carvão bruto, petróleo bruto e gás natural aumentou 10,7%, 4% e 4,7%, respectivamente, ano a ano

B3 lança fundo para investir em startups

Nova frente nasce com capital de R$ 600 milhões