Alerj quer fechar empresas inativas que dão prejuízos ao Estado

Só a folha de pagamentos anual chega a R$ 1,22 milhão.

Mesmo fechadas há décadas, oito empresas públicas e de economia mista do Estado do Rio geram um custo altíssimo aos cofres públicos. Juntas, elas têm uma folha anual de R$ 1,22 milhão, por exemplo, sem produzir absolutamente nada. Esta semana a Alerj instalou uma Comissão Especial que vai acompanhar a liquidação dessas empresas. A presidente da comissão será a deputada Adriana Balthazar (Novo). A comissão vai acompanhar as liquidações das empresas e apurar possíveis irregularidades e indicação de soluções para auxiliar o Executivo no trabalho.

 

Dívida de R$ 6,3 bilhões

Um relatório da Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (Seplag), divulgado em maio, mostrou que as oito empresas que serão liquidadas somam R$ 6,3 bilhões em ações trabalhistas e cíveis e dívidas fiscais. Em imóveis, acumulam R$ 38,2 milhões, mas boa parte indisponível para a venda ou localizados em áreas dominadas pelo tráfico. Na lista de empresas em liquidação estão: CTC, Flumitrens, Centrais Elétricas Fluminenses (Celf), Metrô, Banco de Desenvolvimento do Estado (BD Rio), Distribuidora de Títulos e Valores Mobiliários (Diverj) e Ciferal.

 

Caindo no samba

O deputado Rodrigo Amorim (PSL) entrou de vez para o mundo do samba esta semana. Ele apresentou na Alerj uma série de projetos que declara como patrimônio imaterial do Rio de Janeiro as mais tradicionais rodas de samba, além das figuras do mestre-sala e porta-bandeira das agremiações.

Noel de Carvalho (foto Alerj)
Noel de Carvalho (foto Alerj)

Emenda para salvar campus da Uerj em Resende

O deputado Noel de Carvalho (PSDB) está empenhado em fazer voltar a funcionar o campus da Uerj em Resende. Ele visitou a instituição e anunciou que vai destinar recurso de emenda parlamentar no orçamento estadual para a Universidade. Ele também vai solicitar audiência com o secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Doutor Serginho, para buscar soluções para os problemas da unidade de Resende. Segundo ele, mesmo com as dificuldades, a Uerj-Resende tem um trabalho de parcerias na região colaborando com empresas locais de pequeno, médio e grande porte.

 

Medalha para o Bondinho do Pão de Açúcar

Prestes a completar 109 anos, o Bondinho do Pão de Açúcar vai receber a Medalha Tiradentes, a maior honraria concedida pela Alerj. A autora do pedido, a deputada Alana Passos, justificou que o Bondinho é uma das principais atrações turísticas do Brasil e imprescindível para a retomada econômica do setor no estado, além de ficar no marco natural, geológico e histórico do Rio de Janeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Vinhos do Dão: elegância consistente do Centro Norte de Portugal

Dão Experience apresenta a riqueza de sua vitivinicultura com prova virtual de cinco vinhos premiados.

Eleitores brasileiros no exterior

Por Bayard Boiteux

‘Vices’ assumem e dão show de competência

Por Sidney Domingues e Sérgio Braga.

Últimas Notícias

Guedes fica mesmo avaliado com nota baixa

Apesar de abrir a possibilidade de aumentar a crise econômica e do desrespeito ao teto de gastos ou outras regras fiscais para bancar medidas...

Ex-ministro de Temer substituirá Funchal

O ex-ministro do Planejamento Esteves Colnago assumirá o comando da Secretaria Especial de Tesouro e Orçamento da pasta. A nomeação foi confirmada nesta sexta-feira...

Receita Federal abre consulta a lote residual de Imposto de Renda

A Receita Federal abriu nesta última sexta-feira consulta a lote residual de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) relativo ao mês...

Vendas do Tesouro Direto superam resgates em R$ 1,238 bi em setembro

As vendas de títulos do Tesouro Direto superaram os resgates em R$ 1,238 bilhão em setembro deste ano. De acordo com os dados do...

81% dos brasileiros têm contas em mais de uma instituição financeira

Oito em cada dez brasileiros têm conta em mais de uma instituição financeira, ou seja, controla suas finanças de força desagregada. É o que...