Alerj se mobiliza contra reajuste no preço do gás natural

Produto pode ter aumento de 200%, levando a fechamento de empresas.

Com lucro líquido de R$ 31,1 bilhões no terceiro trimestre deste ano, a Petrobras quer reajustar em 200% o preço do gás natural no Estado do Rio de Janeiro. A informação está mobilizando deputados estaduais em uma campanha para barrar ou, ao menos, reduzir o reajuste. O presidente da Alerj, deputado André Ceciliano (PT), é um dos mais insatisfeitos. Segundo ele, esse reajuste vai significar o fechamento de muitas empresas e o aumento do desemprego, que já está nas alturas no estado.

 

Sérgio Fernandes (foto Alerj)

Projeto pede Abono-Fundeb para professores

A Alerj vai discutir a concessão do Abono-Fundeb aos professores da rede estadual de ensino no exercício de 2021. Proposto pelo deputado Sergio Fernandes (PDT), o projeto de lei autoriza o Governo do Estado a pagar uma bonificação com os valores não utilizados no Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica.

 

Deputado pede fiscalização nos reboques

O deputado federal Márcio Labre (PSL-RJ) está cobrando do Tribunal de Contas do Município e da Prefeitura do Rio uma prestação de contas do serviço de reboque de veículos na capital fluminense. Ele quer saber os valores arrecadados e se estão sendo cumpridas as exigências da legislação em relação aos investimentos dos recursos decorrentes dos reboques. O parlamentar diz ter em mãos muitas reclamações de motoristas que tiveram seus carros rebocados para o pátio público mesmo estando estacionados em locais sem sinalização de proibição.

Célia Jordão (foto Alerj)
Célia Jordão (foto Alerj)

Sancionada Lei da Primeira Infância

O governador Cláudio Castro sancionou a Lei 9.503/2021 que cria a Política Pública pela Primeira Infância no Estado do Rio de Janeiro. De autoria da deputada Célia Jordão (Patriota), a Lei define diretrizes e competências para adoção de políticas públicas em âmbito estadual voltadas para os primeiros anos de vida da criança, assegurando seu desenvolvimento integral.

 

Hospital em Queimados será retomado

A Comissão de Saúde da Alerj acompanha os entendimentos entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Queimados, na Baixada Fluminense, para a construção do Hospital Geral Regional de Queimados. O projeto é de 1990, e as obras estão paradas há três décadas. Membros da comissão conseguiram reunir o secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe, e representantes do município para o reinício das obras. Ficou acordado que a unidade será de média complexidade e, depois de construída com recursos estaduais, o gerenciamento será de responsabilidade da prefeitura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Europa admite 2 pesos na crise na Ucrânia e em Gaza

Cinismo típico da mentalidade colonial

A Economia e eles

A visão de Saramago e Betinho.

Petróleo sob disfarce de direitos humanos

China descobre grande reserva na Região de Uigur, alvo das ‘preocupações’ dos EUA.

Últimas Notícias

Mercado imobiliário dos EUA entra em recessão

Seis em 10 norte-americanos temem não conseguir pagar suas hipotecas em 2023.

Nubank: resultado do 2T22 e a perspectiva de recuperação das ações

Destaque para captação de clientes, mas risco de inadimplência é alto.

Rio CVB: Receita do Rock in Rio acima de US$ 158 milhões

Evento deve gerar pagamento de US$ 7,9 milhões em impostos à cidade.

Anatel recebe cerca de 1 milhão de queixas

Reclamações foram contra serviços de telefonia, internet e TV.

Europa admite 2 pesos na crise na Ucrânia e em Gaza

Cinismo típico da mentalidade colonial