Alguém viu o velho coronavírus?

A mídia mundial vem sendo pautada pelo “novo” coronavírus, família de vírus conhecida desde meados de 1960. A implicância deste escriba é com o termo “novo”, como se não houvesse mutações todos os anos, com diferentes graus de contaminação e letalidade. Agora mesmo a USP divulgou que o genoma do segundo caso confirmado no Brasil é diferente do primeiro. Leves modificações na “assinatura” do vírus que vão se processando ao longo do tempo.

O “novo” entra na questão como uma forma de dar destaque à doença, eleita como vírus expiatório para a crise econômica mundial que analistas mais atentos e menos comprometidos já enxergam desde 2018, ao menos.

O “novo” coronavírus se assemelha ao “tríplex”, com acento, que apareceu no noticiário para designar o imóvel atribuído ao ex-presidente Lula. Os dicionários registram as duas formas de grafia e pronúncia, mas salientam que “triplex”, sem acento, é a forma mais comum no Brasil. Mas, para acusar o petista, elaborou-se um “tríplex”, quem sabe um apartamento ainda mais luxuoso.

As invenções na língua para criar fatos de destaque onde pouco se sustenta não se limitam à política ou à economia. Começou no esporte, mas se espalhou pela vida, o uso de “diferenciado” no lugar de “diferente”, embora sejam sinônimos, com variações imperceptíveis a olho nu. Mas “diferenciado” carrega uma carga positiva, enquanto “diferente” tem um pezinho no preconceito, em algo ruim ou pouco elogiável. Uma pessoa “diferente” pode ser estigmatizada; um jogador de futebol “diferenciado”, ainda que seja pouco mais que um medíocre, ganha status de ídolo.

 

Drible no Leão

Ainda é possível fazer doações a fundos de idosos na declaração do Imposto de Renda deste ano. Até 2019 só havia a opção de doar diretamente aos fundos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A opção existe para quem usa o modelo completo. Pode ser doado 6% do imposto devido.

O professor da Fecap Tiago Slavov explica qual é a vantagem. “Ao destinar parte do IRPF para os fundos municipais, por exemplo, o contribuinte garante que ao menos essa fração do tributo arrecadado será destinada a benefícios na sua comunidade.”

A Fecap oferece serviço gratuito para ajudar no preenchimento da declaração. O atendimento acontecerá de 4 de março a 28 de abril, de segunda a sexta, das 13h às 18h. É preciso agendar pelo e-mail naf@fecap.br. A Fecap tem critérios máximos de renda e patrimônio para fazer o atendimento Pede-se que leve um quilo de alimento não perecível, que será doado a instituições de caridade.

 

Quem obedece

A delação de Palocci que acusava todos os figurões do sistema financeiro nacional (e a Globo) de todo tipo de falcatrua pesada e bilionária com o PT foi preterida por um sítio e um apartamento no Guarujá. Fica claro quem manda nos destinos do Brasil – e quem obedece.

 

Rápidas

Com o objetivo de capacitar advogados e representantes partidários quanto às normas atualizadas das próximas eleições municipais, o Iargs realizará o curso “Direito Eleitoral”, 12 e 13 de março, das 17h às 20h. Inscrições e informações: (51) 3224-5788 *** Entre 6 e 11 de março, o Caxias Shopping terá programação especial para celebrar o Dia Internacional da Mulher *** O Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) e o Instituto Brasileiro de Ciências Criminais (IBCCrim) farão seminário “Temas Atuais de Processo e Direito Penal”, na próxima sexta, das 9h às 19h. Inscrições aqui *** Para ajudar os desabrigados pelas fortes chuvas, o Shopping Jardim Guadalupe está arrecadando itens como alimentos não-perecíveis, materiais de higiene, roupas e água potável na loja Jardim Guadalupe Solidário *** Peter Pan é o espetáculo que abre a temporada de março do Passeio Shopping, no próximo sábado *** Música no Museu apresenta nesta quinta-feira, às 12h30, no Museu da Justiça à (rua Dom Manoel, 29, Centro. RJ), uma homenagem a Villa-Lobos com Adriana Kellner, Cecília Guimarães, Fernanda Cruz & Ezequiel Peres e direção artística de Maria Helena Andrade *** O Banco RCI Brasil, braço financeiro das montadoras Renault e Nissan, anuncia dois novos executivos na sua diretoria: Enrico Rossini é o diretor-geral no Brasil, e Fabien Jean Michel Tournier assume o posto de diretor administrativo-financeiro para as Américas.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Juntar 2 meses e meio de auxílio para comprar cesta básica

Não só a pandemia, mas inflação é ameaça às pretensões de Bolsonaro.

Se mirar Nordeste, Bolsonaro atingirá o próprio pé

Região tem menor média de casos e óbitos causados pela Covid.

Neodefensores do trabalhador ignoraram crise

Desemprego já era estratosférico em 2019, e apoiadores de Guedes nem ligavam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Campos marítimos do pós-sal estão em decadência

Os campos marítimos do pós-sal já produziram cerca de 16 bilhões de barris de óleo equivalente ao longo de sua história, ou seja, 63%...

Motoboys protestam em São Paulo

Entregadores tomaram ruas de São Paulo contra baixa remuneração e péssimas condições de trabalho

BC altera norma para segunda fase do open banking

Medida complementa regulamentação que estabelece requisitos técnicos de fase que vai permitir compartilhamento de dados e transações de clientes.

Confiança do consumidor medida por Michigan ficou abaixo do esperado

Índice registrou leitura de 86,5 na prévia de abril e o esperado era 89.

Escolha de conselheiros da ANPD preocupa por conflito de interesses

Entre os indicados há diretores e encarregados de dados pessoais de grandes empresas da internet.