Alta dos juros já impacta concessão de crédito imobiliário

Em outubro, o volume de crédito imobiliário alcançou a marca de R$ 17,1 bi.

Em outubro, o volume de crédito imobiliário para aquisição e construção de imóveis alcançou a marca de R$ 17,1 bilhões, segundo dados da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). Esse número representa uma baixa de 3,9% em relação ao mês de setembro, e um crescimento de 24% quando comparado ao mesmo período do ano passado.

Já a quantidade de unidades financiadas chegou a 71,1 mil, registrando uma queda de 3,7% na comparação com setembro e uma alta de 56% contra o mês de outubro de 2020. Com a inflação em alta, IPCA acumulando 10,67% nos últimos 12 meses, já é possível observar uma desaceleração, em função do aumento dos juros. Ainda que a concessão de crédito esteja em um patamar elevado, com o aumento do custo do financiamento, menos pessoas podem arcar com as prestações mais altas.

Segundo Fred Judice, cofundador e head de Produto, Marketing e Dados da HomeHub, plataforma de tecnologia imobiliária carioca, essa desaceleração não é vista com preocupação, “já era esperado um impacto na concessão de crédito imobiliário em razão da alta da taxa de juros e o consequente repasse de parte desta alta para as taxas de financiamento. Com o financiamento mais caro, menos pessoas podem arcar com as prestações mais altas e acabam não conseguindo financiar o imóvel desejado. O que vimos nos últimos 18 meses foi um boom de crédito e agora veremos o mercado retornando para uma normalidade”.

Ainda de acordo com pesquisa da Abecip, o volume de crédito imobiliário acumulado de janeiro a outubro chegou a R$ 171,8 bilhões, com 734 mil unidades financiadas. Mais um recorde absoluto desde o início da série histórica. Ao considerarmos os últimos 12 meses até outubro, esse número atinge a marca histórica de R$ 203 bilhões.

Leia também:

Demanda por crédito sobe pelo 6º mês seguido com alta de 8% em outubro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

BNDES: R$ 6,9 bi para construção da linha 6 do metrô de SP

Total previsto de R$ 17 bilhões financiados por um consórcio de 11 bancos

Azul mantém Norte Fluminense e Gol vai montar hub na Bahia

Companhia aérea recebeu incentivos fiscais do governo baiano.

Mais navios deixam a Ucrânia com 58 mil t de milho

Três navios foram autorizados a sair com grão da Ucrânia.

Últimas Notícias

BNDES: R$ 6,9 bi para construção da linha 6 do metrô de SP

Total previsto de R$ 17 bilhões financiados por um consórcio de 11 bancos

Área de oncologia movimenta R$ 50 bilhões no Brasil

Cerca de 625 mil novos casos de câncer são diagnosticados por ano

Títulos públicos prefixados: maiores rentabilidades de julho

Destaque ficou com os prefixados de vencimentos mais longos, representados pelo IRF-M1+

Economia prepara projeto para abrir fundos de pensão ao mercado

Em jogo, patrimônio de R$ 1 trilhão acumulado pelos fundos fechados de previdência.