Alta dos juros já impacta concessão de crédito imobiliário

Em outubro, o volume de crédito imobiliário alcançou a marca de R$ 17,1 bi.

Em outubro, o volume de crédito imobiliário para aquisição e construção de imóveis alcançou a marca de R$ 17,1 bilhões, segundo dados da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip). Esse número representa uma baixa de 3,9% em relação ao mês de setembro, e um crescimento de 24% quando comparado ao mesmo período do ano passado.

Já a quantidade de unidades financiadas chegou a 71,1 mil, registrando uma queda de 3,7% na comparação com setembro e uma alta de 56% contra o mês de outubro de 2020. Com a inflação em alta, IPCA acumulando 10,67% nos últimos 12 meses, já é possível observar uma desaceleração, em função do aumento dos juros. Ainda que a concessão de crédito esteja em um patamar elevado, com o aumento do custo do financiamento, menos pessoas podem arcar com as prestações mais altas.

Segundo Fred Judice, cofundador e head de Produto, Marketing e Dados da HomeHub, plataforma de tecnologia imobiliária carioca, essa desaceleração não é vista com preocupação, “já era esperado um impacto na concessão de crédito imobiliário em razão da alta da taxa de juros e o consequente repasse de parte desta alta para as taxas de financiamento. Com o financiamento mais caro, menos pessoas podem arcar com as prestações mais altas e acabam não conseguindo financiar o imóvel desejado. O que vimos nos últimos 18 meses foi um boom de crédito e agora veremos o mercado retornando para uma normalidade”.

Ainda de acordo com pesquisa da Abecip, o volume de crédito imobiliário acumulado de janeiro a outubro chegou a R$ 171,8 bilhões, com 734 mil unidades financiadas. Mais um recorde absoluto desde o início da série histórica. Ao considerarmos os últimos 12 meses até outubro, esse número atinge a marca histórica de R$ 203 bilhões.

Leia também:

Demanda por crédito sobe pelo 6º mês seguido com alta de 8% em outubro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Empregos na saúde ultrapassa 4,6 milhões

O número de pessoas empregadas na cadeia produtiva da saúde cresceu 0,6% entre agosto e novembro do ano passado ao atingir 4.652.588 de trabalhadores,...

Médicos de SP mantêm greve na quarta-feira

Após se reunirem com o secretário municipal de Saúde de São Paulo, Edson Aparecido, na tarde desta segunda-feira, o Sindicato dos Médicos de São...

Importação de óleo pelo Brasil quase dobrou em 2021

Somadas a gás natural, compras passam de US$ 18 bilhões.

Últimas Notícias

Empregos na saúde ultrapassa 4,6 milhões

O número de pessoas empregadas na cadeia produtiva da saúde cresceu 0,6% entre agosto e novembro do ano passado ao atingir 4.652.588 de trabalhadores,...

RJ terá dificuldades de pagar R$ 92 bi à União

O Governo do Estado do Rio de Janeiro poderá encontrar dificuldades para cumprir o pagamento de R$ 92 bilhões devidos à União. Isso porque...

China reduz juros em empréstimo de médio prazo

O banco central da China reduziu nesta segunda-feira (17) as taxas de juros de seus empréstimos de médio prazo (MLF) e repôs reversos em...

Petrobras: recorde de produção no pré-sal em 2021

A Petrobras atingiu recorde anual de produção no pré-sal em 2021, ao alcançar 1,95 milhão de barris de óleo equivalente por dia (boed). Esse...

Médicos de SP mantêm greve na quarta-feira

Após se reunirem com o secretário municipal de Saúde de São Paulo, Edson Aparecido, na tarde desta segunda-feira, o Sindicato dos Médicos de São...