Alta dos preços leva a aumento de protestos

Agitação em países onde manifestações eram raras preocupa FMI.

Os protestos populares preocupam o Fundo Monetário Internacional (FMI), que vê uma retomada da agitação social após uma redução acentuada durante a pandemia. “Este ano, grandes e longas manifestações antigovernamentais ocorreram em algumas economias avançadas onde a agitação é relativamente rara, como Canadá e Nova Zelândia”, ressalta Jeff Kearns, editor-chefe do Blog do FMI.

O Reported Social Unrest Index do FMI mede menções na mídia de palavras associadas a distúrbios em 130 países. A fração de países com grandes picos nesse índice, que normalmente reflete grandes eventos de agitação, subiu para cerca de 3% em fevereiro, próximo de seus níveis mais altos desde o início da pandemia.

Nos próximos meses, a frustração do público com o aumento dos preços dos alimentos e dos combustíveis pode aumentar. “Aumentos acentuados de preços de alimentos e combustíveis foram associados a protestos mais frequentes no passado”, relata o blog.

O FMI acha que agitação pode ter um impacto econômico negativo: 18 meses após os eventos mais graves de agitação, o Produto Interno Bruto é cerca de 1 ponto percentual menor. O Fundo, por óbvio, não apresenta o impacto social dos aumentos de preços e da desigualdade, o motor por trás dos protestos.

 

Bons tempos

Idealizada por Celso Furtado e criada em 1959 por JK para fomentar o crescimento econômico e reduzir as desigualdades regionais no Brasil, a Superintendência para o Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) será tema do Seminário de Tropicologia, iniciativa da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) em “Sudene: Passado e Futuro”, no próximo dia 31, 14h30, na Sala Gilberto Freyre, no campus de Casa Forte.

 

Prêmio

As seguradoras aproveitaram o aumento nos preços de automóveis, novos e usados, para jogar para cima os preços dos seguros. Há registros de alta superior a 100%, muito acima do mercado de carros.

 

Rápidas

O presidente da Associação Nacional de Desembargadores (Andes), desembargador Marcelo Buhatem, lança, 6 de junho, a Revista Andes. A publicação aponta que apenas 30 empresas são responsáveis por 70% de processos que tramitam pelo Judiciário, sendo que, 50% dessas ações dizem respeito a execuções fiscais *** O Assaí Atacadista promove sua Campanha do Agasalho. Até 31 de maio, todas as lojas no País contarão com postos de doação *** A Gouvêa Foodservice realizará nesta terça-feira o “Foodservice Executive Summit”, em Chicago (EUA), que funcionará como uma síntese da NRA Show 2022, que acontece na mesma cidade, de 21 a 24 de maio *** André Issa é o novo membro regional da Comissão de Relacionamento no TRT 15ª Região. A comissão foi nomeada pela presidente da OAB SP, Patrícia Vanzolini, para intermediar o relacionamento dos advogados com juízes e desembargadores *** No dia 28, às 10h, a Agência Trinity retorna com seu Projeto Carroselfie, oferecendo oficinas gratuitas de mobigrafia (foto com aparelho celular) na Biblioteca Parque Rocinha C4. Interessados poderão se inscrever no local, gratuitamente, 1 hora antes.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

SUS poderia ter salvado 338 mil norte-americanos

Assistência à saúde universal pouparia 1/3 das vidas na pandemia.

Ricaços da indústria foram poupados de perdas

Ações de empresas de tecnologia derreteram.

1984

LGPD: a polêmica entre responsabilidade civil objetiva ou subjetiva

Últimas Notícias

Ovo aumentou 202,13% acima da inflação oficial

Pesquisa do IBPT analisou o preço de 40 produtos, entre março de 2020 e maio de 2022.

Exterior misto deve acrescentar volatilidade nos negócios locais

Nesta quarta, dólar também ganha força ante moedas emergentes e ligadas a commodities, o que deve pressionar o real.

BNDES: R$ 317,2 milhões nos aeroportos de Mato Grosso

Ao todo serão investidos R$ 500 milhões nos quatro aeroportos, com participação de 65% do BNDES

Fintechs emprestaram mais de R$ 12 bi em 2021

Crédito é quase o dobro do ano anterior, diz pesquisa da ABCD e PwC Brasil

Regulador divulga primeiro balanço sobre o 5G em Portugal

No final do primeiro trimestre, já havia 2.918 estações de rede 5G espalhadas por 198 cidades (64% das cidades)