Ambulantes perderam mais da metade do faturamento

Um mês após retomada das atividades, vendas nas ruas seguiam retraídas.

Fatos e Comentários / 17:57 - 14 de set de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Um mês depois da retomada das atividades comerciais, os ambulantes de Niterói (RJ) registravam perda média de 55% no faturamento. Nove em cada 10 registraram queda nas vendas. A pesquisa “Impactos da pandemia da Covid-19 – Retomada do Comércio ambulante em Niterói” é uma parceria entre a Associação dos Ambulantes (Acanit) e pesquisadores da Universidade Federal Fluminense do projeto UFF nas Ruas – Extensão Universitária e Assessoria Popular. Os dados preliminares foram publicados nesta coluna.

O levantamento mostra que os trabalhadores ambulantes idosos, com mais de 65 anos, registraram a maior perda, de 61%. Thiago José Silva, pesquisador da área de Trabalho do Programa de Pós Graduação em Sociologia e Direito da UFF explica que a cidade ainda ocupa uma posição privilegiada na região metropolitana do Rio: “Niterói é uma das poucas cidades no estado onde a Prefeitura implementou um programa de renda básica municipal, que tem dado suporte às famílias destes ambulantes e ampliado o poder de compra da clientela. Se por aqui a situação das vendas do comércio ambulante é grave, não temos dúvidas de afirmar que no restante do país, a situação seja alarmante.”

Foram ouvidos 253 comerciantes ambulantes, entre 24 e 29 de agosto, semana que marcou um mês da reabertura, com pontos fixos no Centro (86,6%) e em Icaraí, zona nobre da cidade (13,4%). Estima-se que 944 pessoas sobrevivem diretamente do comércio ambulante. A movimentação diária de R$ 81 mil antes da pandemia caiu para R$ 37 mil.

Um dado chama atenção: entre os ambulantes licenciados, quase 1 em cada 10 (9,2%) têm ao menos ensino superior.

 

Benefício para quem, cara-pálida?

A YPF Brasil vai adotar o trabalho remoto de modo permanente. A empresa de energia e lubrificantes automotivos passa a adotar o que chama de “Flexible Work”. “Mais de 60% do nosso quadro de colaboradores será beneficiado pela nova modalidade de trabalho remoto”, salienta Graciele Fagundes do Nascimento, supervisora de RH.

O benefício é concreto para a empresa: “Durante a pandemia e a adoção do home-office no período, tivemos uma redução de aproximadamente 60% no custo de despesas fixas do escritório”, explica Graciele. Não entrou nas contas do RH, mas despesas como transporte também devem ter tido forte queda.

Para o trabalhador, a YPF não anunciou nenhuma indenização pelo aumento de despesas em casa, como energia, por exemplo.

 

Aprovação de menos de 40%

Foi divulgado o resultado preliminar da primeira edição do Exame de Suficiência de 2020 do Conselho Federal de Contabilidade (CFC). Dos 40 mil candidatos que fizeram a prova online, 38,19% foram aprovados. O resultado final do exame sairá em até 50 dias, contados após a aplicação das provas. Detalhes em consulplan.net

 

Ligue djá’

A TV Record, do Bispo Macedo, contratou um neoliberal chamado Rodrigo Constantino, que já “xingou” Olavo de Carvalho de “uma fusão entre Bispo Macedo e Walter Mercado”. “Ligue djá” para o RH!

 

Rápidas

O ministro da Economia, Paulo Guedes, participará nesta terça, às 9h, do Painel Telebrasil 2020. A agenda completa do evento e o acesso gratuito aos debates podem ser feitos aqui *** As advogadas Marina Mendonça e Lara Marujo, sócias do escritório Mendonça e Marujo Advogados, serão as mediadoras do painel “Abuso Infantil e Exploração Sexual: Surgimento, Prevenção e Combate”, em parceria com o IDP, nesta quarta-feira, às 10h, no canal do IDP no YouTube *** Primeiro curso de assessoria de imprensa pelo Zoom, feito pela Comunicação Digital em outubro, permitirá acesso de profissionais de todo o país. Informações pelo e-mail cequalltda@uol.com.br *** Acontece nesta terça, às 19h30, o Smart Talks, live que discutirá o uso da tecnologia para a promoção da qualidade de vida do cidadão no conceito de cidades inteligentes. Inscrição aqui *** Aasp realizará nesta quinta-feira, às 10h, o webinar “Transação tributária: instrumento para sucesso da recuperação judicial”. Inscrições aqui *** Orquestras Violões do Forte de Copacabana, projeto com coordenação e direção artística de Márcia Melchior, e SindiRefeiçõesRJ lançam nesta terça-feira, às 18h, uma homenagem aos professores: o minidocumentário Ao mestre com carinho, no YouTube.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor