27.4 C
Rio de Janeiro
domingo, janeiro 24, 2021

Ameaça crônica

A doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC) pode se tornar a terceira causa de morte no mundo dentro de dez anos. Acredita-se causar cerca de 3 milhões de mortes por ano – em média, uma pessoa a cada 10 segundos. Relatório do Education for Health revela que a doença está crescendo entre uma maioria mais jovem de pacientes, entre 40 e 65 anos, que estão no auge de sua carreira e são financeiramente responsáveis pelas suas famílias. A DPOC afeta 210 milhões de pessoas no mundo e estima-se que mais de 2 bilhões de horas de trabalho são perdidas, semanalmente, por causa da doença. Além disso, causa aproximadamente 28 mil anos de produtividade perdida anualmente.

Cigarro
A DPOC custa mais que a asma e o diabetes; o tratamento eficaz deve ir além do abandono do fumo – causa primária da doença; um em cada seis pacientes europeus e norte-americanos esteve em um pronto-socorro ou hospital num período de seis meses entre 2006-2007.. Além disso, a grande maioria de pacientes de DPOC sofre de comorbidades, tais como doença cardíaca, alta pressão arterial e diabetes. Não há cura para a DPOC, mas ela pode ser tratada.

Apropriação
Caso o presidente Lula curve-se à decisão da apertada maioria do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o caso Cesare Battisti, pela qual o STF apropria-se do direito do Executivo de decidir sobre a concessão de status de refugiado político, tal instituto perderia sua função original, ligada a objetivos de governo e/ou de Estado, que se propagam muito além de interpretações conjunturais da lei. Se integrantes do Supremo acalentam o desejo de tomar decisões dessa natureza, deveriam ir ao voto.

Memória
Lembre-se que o STF, durante o Estado Novo, autorizou a extradição de Olga Benário Prestes, então grávida, comunista e judia para a Alemanha hitlerista. Também à época, a decisão foi tomada dentro dos preceitos, dos prazos e das exigências da lei. A decisão final, bem como seus ônus, no entanto, couberam ao então ocupante do Executivo, Getúlio Vargas. Diante da emblemática ausência de defensores da votação do Supremo, é importante registrar que o relator do processo que negou habeas corpus a Olga Benário foi o ministro Bento de Faria, sendo presidente do STF, o ministro Edmundo Lins.

Multa
No Brasil, apenas entre 3% e 7% dos passageiros do banco de trás de automóveis usam o equipamento, contra os mais de 85% que utilizam o dispositivo no banco da frente. Pesquisas realizadas no Brasil e no Japão indicam que 80% das mortes dos passageiros do banco da frente poderiam ser evitadas se os ocupantes do banco de trás estivessem usando o cinto. O Detran-RJ alerta que suas blitzes vão apertar a fiscalização sobre uso do cinto. Uma campanha de esclarecimento caía bem.

Subterrâneo tucano
Sem que precise esfriar o ânimo do tucanato na cobrança de explicações ao Governo Lula sobre a causa do apagão da semana passada, já passou da hora de o PSDB permitir a instalação de uma mísera CPI que seja na Assembléia Legislativa de São Paulo. Seria uma oportunidade de os paulistanos saberem se os sucessivos desabamento de obras na capital do estado são fruto de alguma maldição milenar ou se haveria razões mais terrenas.

Artigo anteriorRotatividade?
Próximo artigoValorização suspeita
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Incerteza da população ou dos mercados?

EUA e Reino Unido espalham suas expectativas para os demais países.

É hora de radicalizar

Oposição prioriza impeachment, mas sabe aonde quer chegar?.

Soja ameaça futuro do Porto do Açu

Opção por commodities sobrecarrega infraestrutura do país.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Copom está alinhado com maioria da expectativa do mercado

Considerando foco na inflação de 2022, estamos considerando agora que BC começará a aumentar Selic em maio e não em agosto.

Primeira prévia dos PMI’s e avanço da Covid-19

Bolsa brasileira sucumbe ao terceiro dia de queda, mediante aos temores fiscais.

Exterior em baixa

Queda acontece em meio às preocupações com problemas para obtenções de vacinas.

Más notícias persistem

Petróleo negociado em NY mostrava queda de 2,60% (afetando a Petrobras), com o barril cotado a US$ 51,75.

Mercado reagirá ao Copom e problemas internos

Na Europa, Londres teve alta de 0,41%. Frankfurt teve elevação de 0,77%. Paris teve ganhos de 0,53%.