Amperj homenageia André Ceciliano

Procuradores destacam atuação do presidente da Alerj em momentos emblemáticos.

O presidente da Amperj, Claudio Henrique Viana, e o deputado André Ceciliano (foto de Rafael Wallace, Ascom Alerj)

 

O presidente da Alerj, deputado André Ceciliano (PT), foi homenageado com o Colar do Mérito pela Associação do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (Amperj), que ressaltou a importância da liderança de Ceciliano à frente do Legislativo fluminense. Durante a homenagem, representantes da Amperj destacaram a atuação de André Ceciliano em momentos emblemáticos, como a votação da Reforma da Previdência estadual do serviço público e a criação do Programa Supera Rio. Também foi lembrada a economia feita pela Alerj, que devolveu ao Tesouro estadual mais de R$ 1 bilhão, e a inauguração da nova sede do parlamento, no edifício Lúcio Costa.

 

Alerj tenta barrar aumento nos trens

Para tentar barrar o aumento de 40% nas passagens dos trens do Rio de Janeiro em 2022, a deputada estadual Alana Passos (PSL) acionou o Ministério Público do Estado, pedindo providências para cancelar o reajuste previsto para fevereiro do ano que vem. A Supervia anunciou que a tarifa vai aumentar de R$ 5 para R$ 7. Outros parlamentares também estão se mobilizando para tentar adiar o reajuste.

 

Garotinho sonha em voltar ao Guanabara

O ex-governador Anthony Garotinho está se articulando para tentar, nas eleições de 2022, voltar ao comando do Governo do Estado. Seu período de inelegibilidade passou e não há nada na Justiça que impeça sua candidatura. Garotinho está com os dois pés no partido União Brasil, que surgiu da fusão entre o Partido Social Liberal (PSL) e o Democratas (DEM).

Adriana Balthazar (foto Alerj)
Adriana Balthazar (foto Alerj)

Novo, um partido da abstenção

Ano passado o Partido Novo surgiu com uma nova proposta na política e elegeu dois deputados estaduais. Um, Chicão Bulhões, renunciou ao mandato para ser secretário municipal de Eduardo Paes; o outro, Alexandre Freitas, foi expulso do partido por não concordar com normas internas. Restou a deputada Adriana Balthazar, que assumiu a vaga de Bulhões. Para analistas políticos, o que o Partido Novo trouxe de novo mesmo foi a abstenção. Em todas as votações polêmicas na Alerj, o Novo sempre se absteve do voto, não foi contra nem a favor de nada.

 

Reduto feliz, voto na urna!

Sem muito alarde, o deputado Val Ceasa (Patriota) conseguiu com o governador Cláudio Castro a reforma do conjunto habitacional Amarelinho, em Irajá, dos prédios da Cidade Alta e de outros conjuntos habitacionais daquela região da cidade. O governador foi pessoalmente nesses locais anunciar as melhorias, ao lado do deputado. Val Ceasa foi vereador e sabe a importância de manter seu reduto eleitoral feliz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Europa admite 2 pesos na crise na Ucrânia e em Gaza

Cinismo típico da mentalidade colonial

A Economia e eles

A visão de Saramago e Betinho.

Petróleo sob disfarce de direitos humanos

China descobre grande reserva na Região de Uigur, alvo das ‘preocupações’ dos EUA.

Últimas Notícias

Nubank: resultado do 2T22 e a perspectiva de recuperação das ações

Destaque para captação de clientes, mas risco de inadimplência é alto.

Rio CVB: Receita do Rock in Rio acima de US$ 158 milhões

Evento deve gerar pagamento de US$ 7,9 milhões em impostos à cidade.

Anatel recebe cerca de 1 milhão de queixas

Reclamações foram contra serviços de telefonia, internet e TV.

Europa admite 2 pesos na crise na Ucrânia e em Gaza

Cinismo típico da mentalidade colonial

Ação civil para incluir fonte solar em leilão de energia

Associação do setor fala em 'tratamento isonômico para empreendimentos fotovoltaicos participarem de leilões do Governo Federal.'