Anatel adia assinatura de contratos da telefonia fixa

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) adiou assinatura de contratos da telefonia fixa para o próximo dia 28. Os contratos a serem assinados no final do mês terão validade pelos próximos 20 anos. A previsão era de que a agência e as concessionárias Embratel, Telemar, Brasil Telecom (BrT), CTBC Telecom, Sercomtel e Telefônica assinassem hoje os contratos, mas a Anatel alega que os técnicos precisam de mais tempo para finalizar o marco regulatório.
A agência divulgou recentemente as mudanças para o próximo ano, sendo uma das principais o novo indexador das tarifas, o Índice de Serviços de Telecomunicações (IST). O índice é composto por diversos outros índices com predominância do IPCA (46,27%). Houve também conversão da cobrança do sistema de pulsos para minutos e o direito ao consumidor de exigir o detalhamento da conta sem custo adicional.

Artigo anteriorBolha
Próximo artigoAvenida Brasil
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Governo pode – e deve – controlar progresso tecnológico

Tecnologias transformadoras do século 20 não teriam sido possíveis sem liderança do Estado.

Salário mínimo baixo, gasto do Estado alto

Nos EUA, assistência a trabalhadores que ganham pouco custa US$ 107 bi por ano ao governo.

Privatização da Eletrobras aumentará tarifa em 17%

Estatal dá lucro e distribuiu R$ 20 bi em dividendos para a União.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Trava política impede recuperação mais forte

Nesta segunda, mercados aqui foram na mesma direção do exterior em recuperação, mas sem mostrar maior tração. 

Sony deixará de vender áudio e vídeo no Brasil

Multinacional japonesa venderá aqui apenas consoles de games importados.

ISM Manufacturing teve a maior leitura desde fevereiro de 2018

Expectativa é de melhora continuada dado o avanço da vacinação, bem como o estímulo fiscal projetado para ser aprovado em meados de março.

Rede estadual de ensino do Rio volta hoje às aulas

Alunos terão aulas remotas e presenciais, com turmas em sala de aula em dias alternados em função da pandemia.

Mercado interno sobe seguindo bom humor global

Exterior avança após pacote fiscal de US$ 1,9 trilhão ser aprovado pela Câmara dos Representantes dos EUA.