Antevisão

O partido do primeiro-ministro da Turquia, Bulent Ecevit – que deixou seu país à mercê dos mercados internacionais e do FMI -, recebeu 1% dos votos nas eleições parlamentares realizadas domingo. Por essas e por outras é que Malan sempre rejeitou a hipótese de ser candidato à Presidência no Brasil.

Um perfil de Lula
Ex-integrante da executiva nacional do PT e participante, ao lado de Lula, da criação do partido no fim dos anos 80 destaca duas características aparentemente antagônicas, mas complementares, da personalidade do presidente eleito. Segundo esse ex-dirigente, Lula costuma hesitar bastante antes de tomar decisões em questões-chave, preferindo ouvir e conversar muito antes de assumir uma posição: “Ele é uma verdadeira esponja, absorve tudo”, compara. A mesma fonte salienta, porém, que o presidente eleito é um obstinado que dificilmente sossega enquanto não alcança seus objetivos. Hoje afastado do PT, esse ex-dirigente se diz confiante no governo Lula, a quem define como um estadista de postura não tradicional, mais um “aliancista” que consegue extrair de cada um aquilo que melhor lhe convém.

Prioridades
Empresários da construção civil estão fazendo chegar à equipe de Lula sua preocupação com a possibilidade de uso do dinheiro do FGTS para compra de ações, como propõem agentes do mercado de valores mobiliários. Para justificar suas apreensões, os empreiteiros destacam que R$ 2,6 bilhões por ano saem dos cofres do FGTS para pagar expurgos cometidos por governos passados. Enquanto isso, moradia e saneamento continuam sendo problema para boa parte da população brasileira.

Distância
Ao responder à brincadeira de um jornalista brasileiro que lhe perguntara se era irmão de George Bush, o correspondente de uma agência internacional de notícias e xará de Jeb Bush respondeu indignado, sem esconder seu carregado sotaque norte-americano: “Olha, não sou esquerdista. Na verdade, me considero até bem direitista, mas eu odeio esse George Bush por tudo o que ele vem fazendo.”

Nova trincheira
Até janeiro, deve ser lançado o número zero do jornal Brasil de Fato. O objetivo dos responsáveis é fazer o lançamento durante o Fórum Social Mundial, em Porto Alegre. A proposta é ter uma publicação que divulgue as idéias de correntes políticas de esquerda. O jornal tem tiragem prevista de 100 mil exemplares e deve começar a circular semanalmente, mas o projeto é transformá-lo em diário. Embora seja um dos principais articuladores do periódico, o MST faz questão de destacar que não deseja transformar a publicação em porta-voz do movimento. Os responsáveis dizem ainda já contar com apoiadores importantes, como Chico Buarque, dom Mauro Morelli e Oscar Niemeyer.

Escolas fechadas
Quase 70% das escolas de São Paulo estão trabalhando com prejuízo e um quarto dos 6 mil estabelecimentos pode fechar as portas, demitindo quase 60 mil funcionários. O alerta foi feito pelo presidente da Federação Interestadual das Escolas Particulares (Fiep), Cláudio Tricate, que elege a inadimplência, causada pela queda do poder aquisitivo da classe média, como principal motivo da crise no setor. “Onde não tem dinheiro não tem criança”, reforça o presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino no Estado do Rio de Janeiro (Sinepe-RJ), Luiz Henrique Mansur Barbosa. Os sindicatos querem o direito de optar pelo sistema tributário Simples sem a alíquota de 50% imposta pela Receita Federal, “que faz com que um bar que vende cachaça e emprega menos viva em melhores condições que uma escola que presta serviços educacionais”, protesta o Sinepe.

Aleitamento
Cerca de 20 mil carteiros em todo o Brasil vão ajudar a difundir uma prática capaz de salvar vidas: o aleitamento materno. Devidamente treinados, eles vão identificar residências com gestantes e lactantes e divulgar esclarecimentos sobre a importância da amamentação no combate à mortalidade infantil. Protocolo de ação conjunta será assinado hoje, em Brasília, pelos ministérios da Saúde e das Comunicações, utilizando o premiado projeto Carteiro Amigo, dos Correios.

Artigo anteriorRolex “by” Lula
Próximo artigoEstrutural
Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

Artigos Relacionados

Moeda chinesa na mira dos bancos centrais

Participação como reserva internacional ainda é baixa… por enquanto.

Bolsonaro comanda pior resposta à pandemia da AL

Para formadores de opinião, Brasil foi pior até que a estigmatizada Venezuela.

Cem anos de Celso Furtado

A atualidade de um dos mais importantes intelectuais do planeta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Lei do Superendividamento favorece negociação e cobrança humanizada

Início das multas no contexto da LGPD também deve frear a oferta de crédito a quem não pode pagar.

Mercado de fertilizantes especiais cresce 41,8% em 2020

Neste ano, a expectativa é de que o setor obtenha uma nova elevação de 24%.

Consumo nos setores de turismo e diversão cresce em junho no Rio

O consumo das classes C e D no Brasil recuou 5% em junho, depois de ter subido 8% em maio, de acordo com a...

População de países emergentes fica ainda mais pobre

Perda de renda foi 2x maior que nas nações ricas.

Pagamento indevidos: TCU encontra 11% de inconsistências no INSS

‘Falhas afetam a confiabilidade do banco de dados’ de benefícios previdenciários.