Análise de empresas: CHAPECÓ

Tem como atividade a industrialização de produtos alimentares derivados de animais suínos e outros que convier, inclusive os subprodutos e o respectivo comércio, por atacado e varejo.
A Chapecó, Companhia Industrial de Alimentos é a empresa que congrega todas as operações do conglomerado Chapecó. A Controladora S/A Indústria e Comércio Chapecó, possui as seguintes participações em suas controladas:

Empresa 30/06/2000 31/03/2000
Chapecó Companhia Industrial de Alimentos 99,99% 99,99%
Chapecó Empreendimentos Ltda. 99,91% 99,91%

Dentro das metas da nova administração (assumiu a empresa em novembro de 1999), neste semestre, as unidades de alojamentos e abate de aves de Cacavél-PR e Amparo-SP, retomaram suas atividades.
Em maio deste ano, a Chapecó Companhia Industrial de Alimentos adquiriu o controle acionário da Prenda S/A Companhia fechada, que atua no abate e industrialização de suínos, e detém uma unidade de abate de suínos e fábrica de rações em Santa Rosa-RS, filial comercial em São Paulo, Bauru e Ribeirão Preto-SP, Rio de Janeiro-RJ e Colombo-PR, além de seis Granjas de criação de suínos na região de Santa Rosa-RS. Em 28 de junho de 2000, a Prenda S/A foi incorporada pela Chapecó Industrial de Alimentos.
A receita operacional bruta no primeiro semestre deste ano totalizou R$ 144,7 milhões (mais 4,0% em relação ao mesmo período de 1999), sendo 25,5% destinado ao mercado externo.
O faturamento de produtos de suínos contribuiu com 48,6% do total, o negócio aves 47,8% e as outras vendas representaram 3,6%.
Vendas em R$ Mil

Aves Jun/00 % Jun/99 % Cresc. %
Mercado interno 37.282 53,86 31.896 70,52 16,9
Mercado externo 31.933 46,14 13.334 29,48 139,5
Total 69.214 100,00 45.231 100,00 53,0

Suínos Jun/00 % Jun/99 % Cresc. %
Mercado interno 65.465 93,01 34.982 87,66 87,1
Mercado externo 4.919 6,99 4.923 12,34 -0,1
Total 70.384 100,00 39.905 100,00 76,4

O resultado final do segundo trimestre deste ano foi um prejuízo líquido de R$ 4.083 mil, e no acumulado do semestre lucro líquido de R$ 4.185 mil.
Os empréstimos, financiamentos e debêntures em 30/06/2000 alcançavam o montante de R$ 81.155 mil na controladora e R$ 506.333 mil no consolidado.
A companhia está em processo de reestruturação e reorganização da dívida financeira do Conglomerado Chapecó.
A companhia se encontrava numa situação desesperadora quando foi adquirida em 1º de novembro de 1999, pela Alimbras S/A Sociedade Brasileira (pertencente ao Grupo Argentino Macri, um dos conglomerados mais dinâmicos da Argentina, e que fatura anualmente U$$ 3 bilhões, atuando nas áreas alimentícia, informática, telecomunicações e serviços públicos).
A companhia recebeu aportes de capital no valor de R$ 85.500 mil em novembro de 1999 e R$ 54.040 mil em dezembro de 1999, visando a manutenção da posição de Alimbras como acionista majoritário e a entrada do BNDESPAR – BNDES Participações. Em 23 de dezembro de 1999, a controlada Chapecó Companhia Industrial de Alimentos foi capitalizada em R$ 245 milhões.
Em bolsa, suas ações tiveram valorização de 954,3% em 1999 e desvalorizaram 6,9% em 2000. Nos atuais níveis de preços, desperta pouca atratividade.

Artigo anteriorChapecó pn
Próximo artigoElectrolux pn

Artigos Relacionados

Aneel pode reajustar ainda mais tarifa de energia em agosto

IPCA deve ser em todo o mês de julho de +0,88%, sendo maior devido a todo o impacto do reajuste dentro da bandeira vermelha nível 2.

Mercados operam em alta com dados de atividade

IPCA-15 sobe 8,59% em 12 meses.

Alta pode prosseguir

Declarações de Guedes foram avaliadas como otimistas, mas os mercados no exterior também ajudaram no desempenho local.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

KPMG é alvo de críticas por auditorias em bancos ingleses

A KPMG, empresa que presta serviços de auditoria, enfrenta uma nova onda de críticas sobre a qualidade das seus trabalhos nos bancos, depois de...

Airbus inaugura projeto de aeronaves A350 na China

A Airbus inaugurou seu projeto de aeronaves A350 em seu centro de conclusão e entrega de fuselagem larga em Tianjin, norte da China. É...

Plataforma P-70, na Bacia de Santos, alcança capacidade de projeto

A P-70, localizada no campo de Atapu, na porção leste do pré-sal da Bacia de Santos, atingiu em 12 de julho sua capacidade de...

BC amplia iniciativas de ESG para suporte ao crédito

As recentes iniciativas regulatórias do Banco Central do Brasil (BC) para intensificar as divulgações relacionadas a questões ambientais, sociais e de governança (Environmental, Social...