Análise Semanal

As ações preferenciais da Petrobras terminaram cotadas a R$ 44,72, com perda de 1,64% durante a semana. Os estudos mostram que a tendência ainda é de baixa, podendo a ação alcançar no curto prazo os R$ 41 novamente. Boas compras por lá.

VALE DO RIO DOCE
A Vale terminou a semana cotada a R$ 90,40, com ganhos de 4,03% durante a semana. Os estudos mostram agora alta, o que pode significar que os preços podem agora chegar na faixa dos R$ 97 de novo. Boas compras a R$ 85,5.

CEMIG
As ações preferenciais da Cemig registraram ganho de 0,83% na semana terminaram cotadas a R$ 109,00. Os estudos semanais mostram alta, com a cotações rumando agora para a faixa dos R$ 120.

ELETROBRAS
As ações preferenciais da Eletrobrás registraram perdas de 3,62% e terminaram cotadas a R$ 46,65. Os estudos semanais mostram ainda a tendência de alta com os preços podendo alcançar os R$ 51. Os preços no suporte a R$ 42 evidenciam barganhas de curtíssimo prazo.

BANCO DO BRASIL
As ações ordinárias do Banco do Brasil registraram desvalorização de 8,35% ao terminaram cotadas a R$ 54,99. Os estudos evidenciam ainda baixa, com boas compras a R$ 53 e vendas agora a R$ 63.

BRADESCO
As ações preferenciais do Bradesco terminaram cotadas a R$ 87,60 e tiveram desvalorização de 0,68%. Os estudos semanais apontam ainda baixa, com a possibilidade de alcance dos R$ 78. Boas compras lá.

BANCO ITAÚ
As ações preferencias do Banco Itaú tiveram desvalorização de 2,83% e terminaram cotadas a R$ 68,70. Os estudos semanais apontam alta,     com a possibilidade de alcance dos R$ 73 ainda. Boas compras a R$ 60 agora.

UNITS UNIBANCO
As ações preferenciais do Unibanco registraram perdas de 4,24% e terminaram cotadas a R$ 15,80. Os estudos semanais apontam ainda a tendência de alta, com os preços tendo meta para os R$ 17. Boas compras a R$ 15,5.

EMBRAER
As ações preferenciais da Embraer terminaram cotadas a R$ 21,50, com      valorização de 4,12%. Os estudos semanais apontam agora tendência de alta, com objetivo a R$ 22. Boas compras a R$ 19,5.

SIDERÚRGICA NACIONAL
As ações ordinárias da Siderúrgica Nacional terminaram cotadas a R$ 63,94 e registraram perda de 1,02%. Os estudos apontam agora alta, com os preços podendo agora rumar para os R$ 64 de novo. Boas compras a R$ 55.

TELEMAR
As ações preferenciais da Telemar terminaram em R$ 40,50 e tiveram   ganhos de 2,66%. Os estudos semanais apontam agora alta, com a possibilidade do alcançar os R$ 43; boas compras a R$ 37,2.

ACESITA
As ações ordinárias da Acesita terminaram cotadas a R$ 32,90, com ganho de 0,40%. Os estudos semanais apontam ainda alta, com o objetivo na faixa dos R$ 37 novamente. Boas compras a R$ 30.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSaraiva
Próximo artigoKlabin

Artigos Relacionados

Mercados caem em meio à expectativa de recessão

Hoje também é dia de dados de emprego no Brasil.

Mercados operam mistos de olho em pronunciamento de Powell

Atenção também a PIB nos EUA; internamente IGP-M veio abaixo do esperado e Oi reverte prejuízo.

Mercados em alta com reabertura de Xangai e Pequim

Hoje também é dia de Caged e relatório de dívida pública.

Últimas Notícias

China intensifica esforços para aliviar carga tributária das empresas

Os ministérios da China lançaram uma série de políticas de apoio, com o objetivo de manter as empresas e os negócios autônomos à tona, em meio à epidemia de COVID-19, com foco no corte de taxas e impostos.

Reservatórios fecham junho com o melhor índice em 10 anos

Período seco está iniciando o seu terceiro mês e afluências devem ficar abaixo da média na primeira semana de julho.

China lançará esquema de conexão de swap de juros Continente-HK

O banco central chinês, o Banco Popular da China (PBOC), anunciou na segunda-feira a aprovação de três instituições de infraestrutura financeira para desenvolver um esquema de acesso mútuo conectando os mercados de swap de taxas de juros do continente chinês e da Região Administrativa Especial de Hong Kong (HKSAR), informou Xinhua Finance nesta segunda-feira.

Presidente do Egito inaugura teste de VLT fabricado na China

O primeiro sistema de transporte Veículo Leve sobre Trilhos Eletrificados (VLT) do Egito, construído em conjunto por empresas chinesas e egípcias, começou seu teste no domingo.

‘Estados nunca respeitaram o princípio da seletividade’

Segundo tributarista, lei do ICMS 'nada mais fez do que acompanhar decisão do STF'.