Apagão já foi tragédia, volta como farsa

Modelo de mercantilização da energia é o culpado.

Em conversa com um amigo da coluna, comentávamos como o Brasil vai, e volta; vai, e volta. Se pegarmos as notícias sobre o apagão de 2001 e mudarmos as datas, poderíamos publicar tranquilamente hoje que poucos perceberiam a defasagem. Comentou o amigo:

– Como disse Marx no 18 Brumário, ao descrever Luiz Bonaparte: “Hegel observa em uma de suas obras que todos os fatos e personagens de grande importância na história do mundo ocorrem, por assim dizer, duas vezes. E esqueceu-se de acrescentar: a primeira vez como tragédia, a segunda como farsa”.

Mesmo com todos seus defeitos, não se pode comparar Fernando Henrique Cardoso, o regente do apagão de 20 anos atrás, com Jair Bolsonaro. Fora isso, FHC não podia se candidatar novamente – já havia sido reeleito em 1998, um escândalo, aliás – enquanto o atual presidente não pensa em outra coisa.

Mas é similar a iniciativa de colocar São Pedro no banco dos réus, no que ambos contam com generosa ajuda da ainda chamada grande mídia. No escuro (ops!) fica o verdadeiro culpado: a falta de investimentos no setor elétrico, provocada pela substituição da iniciativa e do planejamento estatais por uma mercantilização da energia.

O fato é que os investimentos privados não trouxeram os megawatts necessários, e os que foram feitos elevaram as tarifas. Em relatório divulgado nesta terça-feira, a XP comenta que “empresas de geração podem ser beneficiadas [pelo racionamento de energia] dependendo das condições de mercado, mas isso não é trivial. Para as geradoras, um racionamento de energia pode ser benéfico para os resultados dependendo de quatro fatores: nível de risco hidrológico (GSF); preços de energia de curto-prazo (PLD); configuração da matriz de geração da companhia; e nível de contratação do portfólio da companhia.”

 

Soneca

Em audiência na Câmara para ouvir o presidente da Petrobras, general Joaquim Silva e Luna, o deputado governista Edio Lopes (PL-RR), presidente da Comissão de Minas e Energia, cobrou o fornecimento de gás para as termelétricas. Segundo Lopes, atualmente seis usinas estão sem funcionar em toda sua capacidade por falta de gás ou de manutenção. “Houve uma ‘sonolência’ dos diversos atores responsáveis pelo setor elétrico”, disse.

 

Papel e real

Enquanto o mercado de ações norte-americano bate sucessivos recordes, há 5,7 milhões de trabalhadores a menos empregados nos EUA em comparação com fevereiro de 2020.

 

Rápidas

O advogado Nilson Vieira Ferreira de Mello Junior, membro da Comissão de Filosofia do Direito do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), fez palestra sobre “Positivismo jurídico” nesta terça-feira, no canal TVIAB *** Américas Shopping anuncia shows do “Palco Américas” em setembro, sempre às 19h: André Neiva (15), The Out-sides Trio (22) e Tamara Salles in Trio (29) *** A advogada Fernanda Teodoro, da Mandaliti Advogados, mediará a palestra “Açúcar VHP – Redução de cálculo do ICMS”, nesta quarta, 9h, no Canal do Geta do YouTube *** A editora Colli Books lançará nesta quinta, às 9h, o Projeto Quinteratura, espaço dedicado à literatura, com livros e apresentações culturais, na Quinta da Boa Vista (RJ).

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Guedes esperava muito da educação

Setor educacional prometeu, mas ainda não cumpriu.

Prédio da Editora Três vai a leilão

Com quase 130 mil m², lance mínimo é de R$ 40 milhões.

Petrobras também foi ao mercado em Londres

Estatal criou subsidiária na década de 80 para atuar nas Bolsas.

Últimas Notícias

Câmara rejeita ‘PL antiterrorismo’

A Câmara dos Deputados rejeitou nesta quarta-feira a urgência para votar o Projeto de Lei (1595/19) que cria uma polícia política que permite ao...

Programa AceleraD’Or de Mentoria entra em fase decisiva

Em fase decisiva para a escolha das 10 empresas participantes do projeto, o Programa AceleraD’Or de Mentoria, patrocinado pela D’Or Consultoria, teve repercussão positiva...

Aconseg-RJ mostra um 2022 promissor para as assessorias

Em reportagem especial da edição, os executivos confirmam a rápida resposta do setor e sua adequação aos tempos de desafios que foram superados com...

Inovação em Seguros concederá NFTs a vencedores

Uma das novidades do Prêmio Antonio Carlos de Almeida Braga de Inovação em Seguros, promovido pela Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg), será a concessão...

Anbima projeta taxa de juros em 11,75% em 2022

A taxa de juros deve voltar a dois dígitos no início do próximo ano e chegar em 11,75% no mês de maio, de acordo...