Após anunciar vacinação contra Covid, prefeito de Niterói é alvo da PF

Ação, entretanto, oficialemente apura indícios de irregularidades na contratação de obras do BRT e em contratos de publicidade.

Foi deflagrada na manhã de hoje a Operação Transoceânica, da Polícia Federal e do Ministério Público Federal no Rio de Janeiro. A investigação apura indícios de irregularidades na contratação de obras do BRT Transoceânica Charitas-Engenho do Mato e em contratos de publicidade da Prefeitura de Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 2ª Região em órgãos públicos, empresas e residências nas cidades do Rio de Janeiro, Niterói e São Paulo. Entre os endereços estão a sede da prefeitura de Niterói e a residência do prefeito, Rodrigo Neves (PDT).

Em nota, a prefeitura de Niterói considerou a ação “absurda” e informou que Neves nunca foi convidado a prestar qualquer esclarecimento à Polícia Federal. A prefeitura destaca que a operação não apreendeu nenhum objeto de valor, apenas o celular pessoal do prefeito, que “não possui automóvel ou objeto de valor”.

Sobre o objeto de investigação, a prefeitura afirma que a prestação de contas da obra foi aprovada pelos órgãos de controle “há muitos anos”.

“Apesar de não ter informações sobre do que se trata a ação, o prefeito esclarece que a Transoceânica e o túnel Charitas-Cafubá foram concluídos há tempos, cumprindo o planejamento da obra e melhoraram muito a qualidade de vida dos niteroienses. A prestação de contas detalhada foi concluída e aprovada por órgãos de acompanhamento e financiamento, como a Caixa Econômica Federal”

A nota afirma, ainda, que a obra foi feita com “custo menor do que todos os projetos similares, no Brasil e na América do Sul” e que a ação de hoje é “abusiva, típica de regimes autoritários” e tem objetivos políticos.

“O objetivo da ação sobre fatos ocorridos há muitos anos, sem que o prefeito jamais tenha sido ouvido, tem o claro objetivo de desgastar a administração e o prefeito que tem aprovação de mais de 85% da população e cujo sucessor obteve vitória retumbante no primeiro turno com 62% a 9%. O prefeito repudia a utilização de aparato do Estado com a polícia para ações de perseguição política”.

A nota destaca que Neves vem sofrendo ataques e perseguições desde 2018, mas nada foi encontrado contra ele. “O prefeito e sua defesa tomarão todas as medidas para identificar a origem desta perseguição política e responsabilizar os seus autores”.

Há seis dias, a Câmara de Vereadores da cidade aprovou por unanimidade Projeto de Lei que autoriza a compra de vacinas contra a Covid-19. Dessa forma, segundo o jornal “O Globo”, a Prefeitura poderá adquirir o imunizante, que deverá ter eficácia comprovada e aprovação da Anvisa, caso este não seja fornecido pelo Governo Federal por meio do Programa Nacional de Imunizações.

Ainda segundo a publicação, “a proposta, de autoria do presidente da Comissão de Saúde, vereador Paulo Eduardo Gomes (PSoL), também autoriza o município a instituir ou participar de consórcios com estados e/ou municípios, a fim de compartilhar recursos e tecnologias, realizar pesquisas ou desenvolver a capacidade de produção local de vacinas, especialmente por meio de órgãos e instituições públicas. Ainda de acordo com o autor, o projeto ‘se justifica diante das recentes declarações do presidente da República, em mais uma de suas manifestações irresponsáveis e criminosas, contrárias ao que se espera de quem teria o dever de zelar pela vida e pela saúde da população’.”

 

Com informações da Agência Brasil e d’O Globo

Leia mais:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Temor de novo golpe de estado em Honduras

País tem 2 presidentes do Congresso.

Rio ultrapassa 9,82 milhões de trocas de operadora

Brasil realizou 73,5 milhões de trocas de operadora de telefonia desde 2008.

MCMV: Faixa 1 não pode ser cobrada por atrasados de 2020

Decisão da Justiça Federal do Rio abarca prestações de 20 de março até 31 de dezembro de 2020.

Últimas Notícias

Valor da internet em Portugal está mais barato

Dados recentes do Eurostat, Serviço de Estatística da União Europeia, referentes a dezembro de 2021, mostra que Portugal lidera na descida de preços dos...

Modal finaliza aquisição da integralidade do banco digital LiveOn

O Modal, banco de investimento, fechou a aquisição de 100% da infratech LiveOn, operação divulgada em outubro de 2021, e só agora aprovada pelo...

Fitch afirma IDRs BB’ e rating nacional ‘AAA do Itaú Unibanco

A Fitch Ratings afirmou nesta segunda-feira os IDRs (Issuer Default Ratings - Ratings de Inadimplência do Emissor) de Longo Prazo em Moedas Estrangeira e...

Balança comercial registra déficit de US$ 117 milhões

A corrente de comércio (soma de exportações e importações) brasileira cresceu 28% e fechou a terceira semana de janeiro em US$ 28,91 bilhões. Os...

Subida de juros assusta investidores

A segunda-feira (24) foi marcada como um dia de aversão a risco com fortes quedas nas bolsas internacionais, observou Jansen Costa, sócio-fundador da Fatorial...