Apple alavanca bolsas na Ásia e Europa

409
Painel da Bolsa (Foto: divulgação)
Painel da Bolsa (Foto: divulgação)

A semana começa mista, com as bolsas na Ásia e Europa em alta, embaladas por NY na sexta, em meio à empolgação com o forte resultado de Apple, enquanto índices nos EUA estão de lado, com os investidores cautelosos com o cenário inflacionário, em semana de CPI e PPI, após payroll ressuscitar os temores de inflação resiliente devido às pressões salariais. Juros operam de lado nos EUA e sobem forte na Europa, levando à sessão de perdas disseminadas para o dólar, beneficiando as commodities, em dia de destaque para o minério de ferro. Por aqui, semana começa tranquila, com destaque para o IGP-DI, o que deve render aderência maior à dinâmica em NY. As altas nas commodities antecipam perspectivas de alta para o Ibovespa e de baixa para o dólar. Nos juros, o IGP-DI e o relatório Focus devem ditar a sessão, mas o processo de queda das taxas locais parece ainda ter fôlego.

Ásia: bolsas fecharam majoritariamente em alta, seguindo os ganhos em NY de sexta. No Japão, o PMI de serviços subiu de 55 para 55,4 pontos (prévia 54,9) em abr/23, máxima da série histórica. Na agenda, gasto das famílias do Japão (mar/23) às 20h30 e vendas no varejo da Austrália (1T23) às 22h30.

Europa: em dia sem negócios em Londres, a decepção com a produção industrial alemã frustra, mas não impede, a alta dos índices nessa manhã. Na Alemanha, produção industrial pior que o consenso (exp -1,3%), caindo 3,4% (1,6% a/a) em mar/23. Na zona do Euro, as vendas no varejo pior que o consenso (exp -0,2%), capotando 1,2% (-3,8% a/a) em mar/23. Knot (DNB) disse que as altas de juros têm uma defasagem e que seus efeitos ainda serão sentidos, mas que apoia novas altas de juros, passando os 5% se for preciso. Lane (BCE) fala às 11h.

EUA: após fortes altas de sexta, puxados pelo bom humor com o resultado de Apple, os futuros operam próximos da estabilidade, em semana de dados de inflação. O payroll mostrou criação de 253 mil (exp 185 mil) empregos em abr/23, com revisão negativa de 149 mil nos meses anteriores, com a taxa de desemprego caindo de 3,5% para 3,4% (exp 3,6%), mínima desde mai/69, em meio à estabilidade na taxa de participação, em 62,6% (exp 62,6%). Os salários subiram 0,5% (exp 0,3%), crescimento de 4,4% ante abr/22. Bullard (Fed St. Louis, não vota) afirmou que a taxa de juros pode não estar restritiva o suficiente, que a decisão de junho será dependente dos próximos dados e que acredita que as taxas de juros precisarão subir mais. Na agenda, pesquisa sobre condições de crédito dos bancos (1T23) às 15h. Leilão de T-Bills (3 e 6 meses) às 12h30. Berkshire divulga resultado antes da abertura. Paypal, após fechamento.

Espaço Publicitáriocnseg

Brasil: o otimismo com as bolsas em NY, após payroll acima das expectativas e resultado forte de Apple, a alta das commodities, a queda dos juros e a disparada de Braskem, após especulações sobre compra pela Adnoc e Apollo, fizeram o Ibovespa fechar em 105.000 pontos (2,91%). Na semana, o Ibovespa subiu 0,69%. Na contramão dos juros externos, a curva de DI futuro fechou em queda, em meio ao otimismo com o início do ciclo de cortes, com o vértice de jan/30 fechando abaixo de 12%. Na semana, a curva caiu entre 10 e 40 pontos. No câmbio, a fraqueza global da moeda americana e a melhora nos termos de troca beneficiaram o Real, com o dólar fechando aos R$4,94 (-0,99%). Na semana, o dólar caiu 0,88%.

De acordo com a ANP, a produção de petróleo e gás atingiu 3,99 mi barris/dia (4,2% a/a) em mar/23. Segundo o FGV, os preços dos imóveis (IVAR) subiram 0,76% em abr/23, acumulando 8,84% em 12 meses. Haddad (Fazenda) afirmou que uma meta contínua de inflação é melhor que a meta calendário e que, com a inflação projetada pelo BCB, o processo de recalibragem da taxa Selic poderia começar, além de dizer que o governo trabalhará para ampliar a faixa do IR, mas que chegar a R$5 mil/mês é muito desafiador. Quando ao novo arcabouço fiscal, o ministro prevê a votação em maio e da reforma tributária em junho. Segundo a Bloomberg, Haddad considera indicar Gabriel Galípolo para a diretoria do BCB. Hoje, IGP-DI (abr/23) e IPC-S (5/mai) às 8h, boletim Focus (05/mai) às 8h25, indicadores industriais da CNI (mar/23) e produção de veículos da Anfavea (abr/23) às 10h e balança comercial (5/mai) às 15h. Itaú divulga resultado antes da abertura. Após fechamento, Caixa Seguridade, CBA, Direcional, Iochpe Maxion, Natura, Pague Menos, SBF, Sinqia, Technos, TIM, Totus e Unicasa.

Nicolas Borsoi é economista-chefe da Nova Futura Investimentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui