Aprovação de fusão da Tam com LAN é positiva para Bardesco

Opinião do Analista / 09:25 - 15 de dez de 2011

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou por unanimidade a fusão da TAM com a chilena LAN. Seguindo o que já havia ocorrido no órgão de defesa da concorrência chileno, o Cade determinou apenas duas restrições à fusão: o veto à união das companhias na rota Guarulhos (São Paulo) - Santiago (Chile) - Guarulhos, onde em conjunto ambas teriam 80% dos vôos disponíveis e determinando que a Latam permute com outras companhias dois dos oito slots diários para a rota; e (decidiu que a Latam deverá optar por apenas uma aliança global de milhagem. Atualmente, a TAM faz parte da Star Aliance e a LAN integra a One World. A determinação do Cade servirá como uma espécie de "reserva" caso a decisão do órgão chileno seja derrubada na Justiça do país andino. A corretora Bradesco consideramos a notícia positiva para a TAM e lembra que, considerando o fator de troca de 0,9 ação da LAN para uma ação da TAM, a TAMM4 opera com um desconto de aproximadamente 9%.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor