35.9 C
Rio de Janeiro
segunda-feira, janeiro 18, 2021

Árabes importaram menos carne bovina no Brasil em 2020

Os três principais países árabes compradores de carne bovina brasileira tiveram queda no volume importado em 2020, frente a 2019. No ano, o Egito foi o segundo maior comprador de carne bovina brasileira, com 127.953 toneladas. O volume, no entanto, representou queda de 23% em relação a 2019. A Arábia Saudita, sexto no ranking geral, com 41.067 toneladas, também teve queda de 4,4% no volume comparado a 2019. Na sequência estão os Emirados Árabes Unidos, com 40.860 toneladas, queda de 44,2% no volume comprado em 2020 frente ao ano anterior.

Os dados foram divulgados pela Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) na sexta-feira, a partir da compilação de informações da Secretaria de Comércio Exterior (Secex/Decex) do Ministério da Economia. Para 2021, a associação espera que haja crescimento nas importações de mercados como o dos países árabes. Para isso, a Abrafrigo aposta na melhora da economia mundial impulsionada pelo início da vacinação contra a Covid-19. No total, o crescimento previsto para as exportações de carne bovina brasileira é de 5%.

No total, as exportações de carne bovina do Brasil ultrapassaram 2 milhões de toneladas no ano. O número é recorde no setor, e o resultado foi um crescimento de 8% em volume e de 11% na receita do ano passado frente a 2019.

A China, somando as compras também de Hong Kong, foi a grande responsável pelo recorde, importando sozinha 1.182.672 toneladas. A receita gerada foi de US$ 5,1 bilhões, o que significou aumento nas compras de 58,6% em volume e de 60,7% na receita obtida com as compras do produto brasileiro.

No mês de dezembro, o volume exportado pelo Brasil foi de 168.156 toneladas, 3% menor do que o mesmo mês de 2019. Ainda em dezembro de 2020, a receita foi de US$ 741 milhões, com queda de 12% frente ao mesmo período do ano anterior.

 

Agência de Notícias Brasil-Árabe

Leia mais:

Comércio com árabes tem potencial para aquecimento

Árabes compraram mais café brasileiro neste ano

Artigos Relacionados

Canadenses desistem do Carrefour

Desistência ocorre após governo francês manifestar-se contra a operação pelo Couche-Tard.

Egito, Jordânia e Iêmen importam mais frango brasileiro

Ásia é principal destino, puxada pela China; África teve alta, com destaque para aumento de 15% nas compras egípcias, frente a 2019.

Mercado financeiro aumenta projeção da inflação para 3,43%

Informação foi divulgada hoje pelo Banco Central, no Boletim Focus desta semana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Últimas Notícias

Atividade econômica está 1,9% abaixo do nível de fevereiro

Mas produção industrial e as vendas no varejo ampliado estão 2,6% e 5,2% acima dos níveis do mês.

SEG NOTÍCIAS – Caixa assume gestão dos recursos e pagamentos do Dpvat

Não há nenhuma mudança nas regras de indenização; presidente da Caixa, Pedro Guimarães, deu detalhes.

Início da vacinação no Brasil deixará mercados atentos

Discurso de Christine Lagarde, do BCE evidencia a preocupação dos formuladores de política econômica da região.

Positivismo com o início da vacinação no Brasil

Conflito de Dória com Bolsonaro aumentou ontem após o início da vacinação ter sido em São Paulo.

IBC-Br de novembro mostrou avanço de 0,59%

Com a leitura de hoje, o índice dessazonalizado permanece ainda -1,86% abaixo do nível registrado em fevereiro de 2020.