Arábia Saudita abre mercado para sementes do Brasil

País autorizou envios de sementes de variadas espécies ao seu mercado; brasileiros fornecem o produto para mais de 120 nações

68
Contêineres (Foto: Markus Distelrath/Pixabay)
Contêineres (Foto: Markus Distelrath/Pixabay)

A Arábia Saudita autorizou os embarques de sementes de variadas espécies do Brasil para o país. A abertura de mercado foi informada pelo Ministério das Relações Exteriores e o Ministério da Agricultura e Pecuária na quinta-feira à noite. O resultado é fruto do trabalho conjunto destes ministérios.

De acordo com a nota divulgada pelas duas pastas, o mercado saudita apresenta grande potencial, com sua crescente demanda por importação de sementes, impulsionada pelo programa de desenvolvimento da produção de hortaliças em estufas.

“Esta abertura reforça o elevado nível de confiança na sanidade vegetal do Brasil, com capacidade para fornecer sementes de alta qualidade”, informaram os ministérios.

No ano passado, o Brasil faturou mais de US$ 250 milhões com vendas de sementes ao mercado global, o que equivale a 47 mil toneladas, beneficiando mais de 120 países. A Arábia Saudita é o 11º maior destino dos produtos agrícolas do Brasil, com exportações de US$ 2,93 bilhões no ano passado, segundo o governo.

Espaço Publicitáriocnseg

Agência de Notícias Barsil-Árabe

Leia também:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui