Arábica: produção bate 75% das lavouras cafeeiras em 2021

Conilon atinge 25%; Sudeste destaca-se com 86% da receita bruta no período de janeiro a dezembro de 2021.

O faturamento bruto da lavoura dos cafés do Brasil calculado para o ano-civil 2021 totalizou R$ 42,59 bilhões, sendo R$ 32,14 bilhões para os cafés da espécie arábica, montante que corresponde a 75,5% desse valor total, e R$ 10,45 bilhões para os cafés da espécie conilon, receita bruta que equivale a 24,5% do que foi calculado para o citado ano. Tais estimativas foram realizadas tendo como base os preços médios recebidos pelos produtores de café arábica e conilon no período de janeiro a dezembro de 2021.

Como as cinco regiões geográficas brasileiras produzem cafés, se for estabelecido um ranking desse faturamento, em ordem decrescente, constata-se que a Região Sudeste, considerando a soma bruta das receitas das duas espécies citadas (arábica e conilon), destaca-se em primeiro lugar com R$ 36,89 bilhões de faturamento bruto, o que representa aproximadamente 86,6% do total geral. E, na segunda posição, figura a Região Nordeste com R$ 2,61 bilhões, valor que equivale a 6,1% dessa mesma base comparativa.

Em terceira colocação vem a Região Norte, cujo faturamento bruto da produção de cafés em 2021 foi estimado em R$ 1,84 bilhão, cifra correspondente a 4,3% do total geral. Na sequência, em quarto lugar, está a Região Sul com R$ 879,67 milhões (2%), e, por fim, em quinto, a Região Centro-Oeste, que teve o faturamento bruto da lavoura cafeeira calculado em R$ 359,41 milhões, receita que equivale a aproximadamente 0,85% do total estimado para as duas espécies de cafés.

Leia também:

Confiança do empresário do comércio sobe 1,4% em janeiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Votação sobre cobrança de mensalidade em universidade pública é adiada

CCJ decidiu fazer uma audiência pública sobre a PEC 206.

Taxação de refrigerantes é aprovada em comissão do Senado

Senadores querem aumentar a taxação como forma de combater obesidade infantil e diabetes.

Faetec: aluno não quer militarização. Quer valorização do modelo atual

Alerj estuda levar debate às escolas.

Últimas Notícias

Solidus Aitech arrecadou mais de US$ 10,5 mi de fundos com tokens

Serviço de computação de alto desempenho (HPC) quer 'democratizar a IA'.

Pão pita tradicional poderá ser feito em escala industrial

Novo sistema é capaz de produzir até 1.000 quilos/hora de pita.

Policiamento reforçado em terreiros de umbanda e candomblé de Itaboraí

Terreiros foram ameaçados por pastor evangélico em show gospel.

Rodoviária do Rio inicia a 24ª Campanha do Agasalho

Desde a 1ª edição, em 1999, quase 1 milhão de peças já foram doadas.

Votação sobre cobrança de mensalidade em universidade pública é adiada

CCJ decidiu fazer uma audiência pública sobre a PEC 206.