Arábica soma 67% e conilon, 33% da produção do Brasil

Safra brasileira total de café está estimada em 53,42 milhões de sacas de 60 kg, sendo 35,71 de arábica e 17,71 milhões de conilon.

A safra dos cafés do Brasil estimada para o presente ano de 2022 totaliza um volume físico equivalente a 53,42 milhões de sacas de 60 kg. Desse total, 35,71 milhões de sacas são da espécie de café arábica, o que representa em torno de 66,84% da safra, e 17,71 milhões de sacas da espécie de conilon, que correspondem a 33,15%. Caso essa estimativa se confirme nos próximos levantamentos, a safra 2022 terá um aumento significativo de 11,96% da produção nacional de cafés, se tais números forem comparados com a produção anterior, em que o país colheu um volume total de 47,71 milhões de sacas.

A produção de café, exclusivamente da espécie arábica, em 2022, terá um aumento de 13,6% no volume, em comparação com a safra anterior. Quanto à produção de café conilon, em contrapartida, os números levantados para a safra 2022 apontam um acréscimo na colheita de 8,7%, em relação ao ano-cafeeiro anterior.

De acordo com levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), os seis maiores estados produtores de café da Federação são: Minas Gerais, maior produtor nacional, que espera colher nesta safra 24,79 milhões de sacas de café beneficiado; Espírito Santo, 16,45 milhões de sacas; São Paulo, 4,43 milhões; Bahia, 3,64 milhões; Rondônia, 2,64 milhões de sacas; e por fim, o Estado do Paraná, na sexta posição, com 552,9 mil sacas de 60 kg.

Leia também:

Safra de arábica deve apertar superávit esperado para ciclo 2022/2023

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Geladeiras devem exibir nova etiqueta de eficiência

Comércio varejista tem prazo até 30 de junho de 2023 para continuar vendendo os produtos com a etiqueta antiga.

Mercado pet deve crescer 14% em 2022

Chile é o país que mais importou produtos pets brasileiros no primeiro trimestre; setor prevê novas exportações neste ano.

FGTS vira moeda do governo para movimentar a economia

Atualização monetária das contas do Fundo não acontece e trabalhador continua no prejuízo.

Últimas Notícias

Geladeiras devem exibir nova etiqueta de eficiência

Comércio varejista tem prazo até 30 de junho de 2023 para continuar vendendo os produtos com a etiqueta antiga.

Mercado pet deve crescer 14% em 2022

Chile é o país que mais importou produtos pets brasileiros no primeiro trimestre; setor prevê novas exportações neste ano.

FGTS vira moeda do governo para movimentar a economia

Atualização monetária das contas do Fundo não acontece e trabalhador continua no prejuízo.

EUA: tiroteio em escola bate maior número em 20 anos

Segundo relatório, houve apenas 23 incidentes com vítimas fatais durante o ano letivo de 2000/2001.

Bebidas Online busca captar R$ 2 milhões com pessoas físicas

Com crescimento projetado de 19% para 2022, startup de delivery de bebidas usará recursos nas áreas de marketing, desenvolvimento de produtos e expansão do time