Armazéns da China no exterior ultrapassam 2 mil

A China viu seu número total de armazéns no exterior chegar a 2 mil em meio aos esforços do país para incentivar o desenvolvimento do comércio eletrônico transfronteiriço, anunciou o Ministério do Comércio nesta quinta-feira.

Um guindaste eleva um contêiner no Porto Ferroviário Internacional de Chengdu em Chengdu, capital da Província de Sichuan, sudoeste da China, 17 de julho de 2020. (Xinhua/Liu Kun)

Xinhua - Silk Road

 

Beijing, 31 dez (Xinhua) — A China viu seu número total de armazéns no exterior chegar a 2 mil em meio aos esforços do país para incentivar o desenvolvimento do comércio eletrônico transfronteiriço, anunciou o Ministério do Comércio nesta quinta-feira.

A área total destes postos ultrapassou os 16 milhões de metros quadrados, revelou Li Xingqian, oficial da pasta, em uma coletiva de imprensa.

Os armazéns no exterior são aqueles construídos pelas empresas de exportação e comércio eletrônico em países ou regiões compradores. Depois que os clientes locais fazem os pedidos, as empresas enviam as mercadorias diretamente dos depósitos para seus destinos.

Esses armazéns são um nó vital no comércio eletrônico transfronteiriço e nas novas instalações de infraestrutura do comércio exterior. A Reunião Executiva do Conselho de Estado realizada na semana passada enfatizou a necessidade de intensificar o apoio ao desenvolvimento e ao uso de depósitos no exterior em uma abordagem orientada para o mercado.

O ministério encorajará as empresas de comércio exterior tradicionais, comércio eletrônico transfronteiriço e de logística a construírem em conjunto armazéns no exterior e aumentarem o apoio financeiro a esses projetos, a fim de impulsionar seu desenvolvimento, segundo Li. Fim

Xinhua Silk Road
Agência de notícias oficial do governo da República Popular da China.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

China intensifica esforços no apoio à construção de cenários de IA

O Ministério da Ciência e Tecnologia da China (MOST) anunciou nesta segunda-feira que apoiaria a construção de dez cenários de aplicação de demonstração de inteligência artificial (IA), a fim de promover o uso de IA e promover um novo motor de crescimento econômico.

Expo internacional de Rota da Seda promove cooperação profunda do C&R

A Sexta Exposição Internacional da Rota da Seda teve início no domingo em Xi'an, capital da Província de Shaanxi, no noroeste da China, com uma cooperação mais profunda do Cinturão e Rota no topo da agenda.

China planeja transformar Wuhan em centro de consumo internacional

A China aproveitará o poder de consumo em Wuhan, Província de Hubei, centro da China, e transformará Wuhan em um centro de consumo internacional, informou o Shanghai Securities News, administrado pela Xinhua, nesta segunda-feira.

Últimas Notícias

Nubank: resultado do 2T22 e a perspectiva de recuperação das ações

Destaque para captação de clientes, mas risco de inadimplência é alto.

Rio CVB: Receita do Rock in Rio acima de US$ 158 milhões

Evento deve gerar pagamento de US$ 7,9 milhões em impostos à cidade.

Anatel recebe cerca de 1 milhão de queixas

Reclamações foram contra serviços de telefonia, internet e TV.

Europa admite 2 pesos na crise na Ucrânia e em Gaza

Cinismo típico da mentalidade colonial

Ação civil para incluir fonte solar em leilão de energia

Associação do setor fala em 'tratamento isonômico para empreendimentos fotovoltaicos participarem de leilões do Governo Federal.'