Arrastões em lojas de luxo nos EUA dão prejuízo de mais de US$1 milhão

Polícia de Los Angeles informou que deteve três suspeitos.

Uma loja de departamentos da Nordstrom, em um shopping de Los Angeles, se tornou o mais recente alvo de uma série de arrastões que atingiram varejistas de luxo nos estados norte-americanos da Califórnia e de Illinois, com a chegada das festas de fim de ano.

Na última sexta-feira, várias lojas de luxo já tinham sido saqueadas, entre elas a loja de Louis Vuitton, também em São Francisco. O arrastão deixou um prejuízo calculado de cerca de US$ 1 milhão (R$ 5,6 milhões).

O Departamento de Polícia de Los Angeles informou que deteve três suspeitos. Informações locais dizem que até 20 pessoas podem estar envolvidas nos roubos.

Autoridades afirmam que estão impressionadas com a natureza ousada dos crimes – alguns deles envolvendo dezenas de pessoas – que atingiram lojas de luxo nos dois estados na última semana.

Vídeos de roubos caóticos inundaram as redes sociais nos últimos dias, mostrando figuras de máscaras invadindo lojas, saindo correndo com sacolas de mercadorias e fugindo em carros que esperavam do lado de fora.

A região da Baía de San Francisco tem sido especialmente atingida, dada a grande densidade de lojas de luxo. A área é uma das mais abastadas do país, com renda média doméstica que chega perto do dobro da média nacional, de acordo com o Censo dos EUA.

Cerca de 80 pessoas entraram em uma loja de departamentos da Nordstrom na cidade de Walnut Creek no sábado à noite, roubando mercadorias até a polícia chegar e prender três pessoas, de acordo com um comunicado do Departamento de Polícia de Walnut Creek.

“A polícia está investigando o que foi claramente um evento planejado”, disse a polícia.

Da Agência Brasil/Reuters e Sputnik Brasil

Leia também:

Inflação explode no Brasil e ameaça risco de crédito

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Sanções contra Rússia levam inflação na Europa para perto de 2 dígitos

Preços da energia subiram 42% em 1 ano.

Emprego cresce na Espanha após mudanças na reforma trabalhista

Números ainda são influenciados pela recuperação pós-pandemia.

Preço do cobre cai 25% desde o pico em 2022

Riscos de recessão aceleraram desvalorização do metal.

Últimas Notícias

Ford Brasil: Centro global de exportação de serviços de engenharia

Projetos de ponta voltados ao futuro da mobilidade, como veículos elétricos, autônomos e conectados. 

Senado vai analisar vetos na Lei Aldir Blanc

Existe uma fila de 36 vetos aguardando votação dos senadores e deputados

Caixa: desconto de até 44% para regularizar penhor em atraso

As unidades com serviço de penhor disponível podem ser consultadas no site da Caixa

Índice de Preços ao Produtor (IPP) sobe 1,83% em maio

Das 24 atividades analisadas, 21 tiveram alta de preços

Acqio inclui transações via Pix em suas soluções de pagamento

Em abril os pagamentos feitos via Pix atingiram a marca histórica de 11,5%, no comércio eletrônico