Arte Hogar traz da Europa nova proposta de venda direta

Registro / 15:04 - 30 de jul de 2001

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Da Europa para o Brasil, a Arte Hogar pretende mudar a "cara" do segmento de venda direta. "Baseada em pesquisas, a Arte Hogar descobre as principais tendências do mercado, entra em contato com as melhores fábricas do mundo e se responsabiliza pela venda e entrega das mercadorias com segurança e agilidade", explica Sandra Ribeiral, vice-presidente da empresa. Além do telemarketing, a Arte Hogar também se apresenta em reuniões para grupos selecionados fechados em hotéis e restaurantes. Ao chegar à reunião, cada casal convidado recebe um presente - independente de adquirirem ou não algum dos produtos colocados à venda. A maioria dos produtos comercializados são destinados para a casa, como a linha de panelas, faqueiros, louças, cristais, móveis e peças de decoração. A Arte Hogar também atua nas áreas de saúde (colchões e travesseiros ortopédicos) e editorial (publicações de guias e enciclopédias). Além da venda direta, a empresa oferece também serviços diferenciados para clientes corporativos. "Um deles é a criação de linhas comemorativas com o brasão ou logomarca da empresa impressa em cristais e louças importadas", comenta Sandra, que deixou Portugal para administrar os negócios no Rio. A empresa chegou ao Brasil no início do ano e tem sede em um prédio de dois andares no Recreio - parte de um investimento de US$ 2 milhões feito nos quatro primeiros meses do ano. Nos primeiros meses de atividades, o faturamento foi de R$ 4,5 milhões e a previsão é que, até o final do ano, alcance a cifra de R$ 11 milhões. Philips marca presença na Broadcast & Cable 2001 A Philips apresenta na Broadcast & Cable 2001 a sua mais nova geração de encoders, o Goldline, que utiliza a tecnologia Clear View. Esse produto possibilita ganho significativo na largura de banda de transmissão, mantendo alta qualidade de imagem. A Feira acontecerá no Centro de Exposições Imigrantes, de amanhã até 3 de agosto. Outra novidade são os encoders profissionais DVS 8000. Esta série integrada de receiver-decoders fornece várias interfaces para vídeos profissionais, áudio e informação incluindo SDI e AES/EBU. Eles são próprios para monitoramento e distribuição de decoders em aplicações do sistema de TV Digital DVB, como centro de transmissões, estações de satélite, cabo, rede de telecomunicações e estações de transmissão terrestres. A Philips também demonstrará pela primeira vez na América do Sul, o CherryPicker, a melhor solução para processamento e gerenciamento de programas digitais do mercado. Esse produto funciona através de acesso terrestre, via cabo ou satélite e proporciona um ganho expressivo na otimização de banda bem como a possibilidade de agendamento de eventos.

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor