As fake news das pesquisas eleitorais

Na Bolívia, mesmo as mais favoráveis tiveram erro de quase 100%.

O resultado das eleições na Bolívia (ainda que o oficial demore) é mais uma prova, se preciso for, de como as pesquisas eleitorais se distanciaram de uma ferramenta para acompanhar as opiniões e viraram um mecanismo de apoio a candidaturas queridas pelo establishment.

Dois dias antes da ida às urnas, uma agência de notícias (fake news?) internacional divulgou pesquisa em que o candidato Luis Arce, do partido de Evo Morales, aparecia à frente de Carlos Mesa por apenas 6 pontos. Mesmo as mais favoráveis ao virtual presidente indicavam uma diferença de 10 a 12 pontos, e nunca Arce aparecia com mais de 50% dos votos. A realidade mostrou que não só a maioria absoluta foi alcançada, como a distância para o segundo colocado deve ficar na casa dos 20 pontos.

Passadas as eleições, virão as explicações de praxe: uma “virada” do eleitorado na última hora, dificuldade de se medir a opinião do homem do campo e (esta é nova) pesquisas feitas por telefone por causa da pandemia. Falar em mudança repentina da opinião do eleitor em favor de um partido que governou o país por mais de 13 anos – e de lá só saiu através de golpe – soa como piada.

As companhias de pesquisa – que preferem ser chamadas de institutos – perderam sua capacidade de refletir a realidade a partir do momento em que se sujeitaram ao jogo político. Forçar a opinião do eleitor indeciso com o “em quem você votaria se as eleições fossem hoje” ajuda a manipular a disputa em favor dos mais conhecidos e badalados. O caso se torna pior com empresas de pesquisa ligadas veladamente a partidos ou abertamente a instituições financeiras. Há exceções, claro, mas mesmo essas se distanciaram do eleitor, sem conseguir acompanhar as mudanças provocadas pela internet.

De resto, fica comprovado o golpe na Bolívia e o apoio popular a Evo e seu grupo. Tentar dizer agora, como fazem alguns veículos de comunicação, que Arce é diferente de Evo é patético.

 

Contra enchentes

A Araguaia Empreendimentos está colocando manilhas em comunidade em Vargem Grande, Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro. No local está sendo construído um condomínio de galpões. A obra é para promover a passagem correta de água pluvial de todo loteamento. Uma maneira de ajudar várias famílias que, frequentemente, sofrem com enchentes provocadas por chuvas.

 

É do Brasil

A aeronave C-390, da Embraer, ganhou 2 prêmios da revista “Aviation Week”. Como disse, em artigo, Josué Gomes da Silva, filho do ex-vice-presidente José Alencar, o sucesso da Embraer é a prova de que o Brasil pode voltar a ter posição de destaque no ranking global da indústria.

 

Rápidas

“Prorrogação de suspensão e redução e os impactos no 13ºsalário e nas férias dos empregados domésticos” será tema da live que o especialista Mario Avelino, presidente do Instituto Doméstica Legal, realizará nesta quarta feira, às 19h, no canal do YouTube *** A Convergência pelo Brasil e a ICC Brasil lançam a série de webinários “Agenda Prática para a Retomada Verde”, nesta terça, 9h. O primeiro terá como tema “Precificação de carbono: Oportunidades e riscos para o Brasil em uma economia de baixo carbono”, com a participação do ex-ministro da Fazenda e signatário da Convergência pelo Brasil Joaquim Levy. Transmissão pelo YouTube *** Aasp realizará nesta terça-feira, às 14h30, o webinário “A prova nas ações de família”. Inscrições aqui *** Nesta terça, às 8h, o advogado Cristóvão Macedo Soares, sócio do Bosisio Advogados, participa da live “Delivery”, para tratar dos aspectos jurídicos envolvendo a relação entre empresas e entregadores. No Instagram *** Nesta terça, às 19h, o Fórum 3C, que reúne mais de 20 empresas de contabilidade pelo país, realiza live com a conselheira Ana Carolina, da Ferconti, e diretora Elisângela Castelo, da Innove. O tema será “Como a excelência no atendimento ao seu cliente pode tornar seu negócio contábil mais lucrativo”. O acesso será através do link bit.ly/2SiGOPt *** Até novembro, Hotéis Rio, Abrasce, Asserj, Ademi e o Sinduscon-Rio realizarão encontros virtuais com os quatro candidatos à Prefeitura do Rio de Janeiro mais bem posicionados na pesquisa do DataFolha. O primeiro encontro será com Martha Rocha nesta terça-feira, seguido de Eduardo Paes (27), Benedita da Silva (3/11) e Marcelo Crivella (10/11). A transmissão será através do Facebook do Hotéis Rio e do canal da Asserj no YouTube.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigos Relacionados

Falta de servidores traz prejuízo, inclusive financeiro

Fila de segurados no INSS vai engrossar precatórios em R$ 11 bilhões.

Desmonte do Estado se dá pelas beiradas

Miçangas e espelhos empurram reformas administrativas nos municípios.

O que vale pros precatórios vale pra dívida interna?

Se calotes são defensáveis, poderiam ser estendidos para os títulos públicos.

Últimas Notícias

Distribuição comercial: quais cláusulas e condições mais importantes?

Por Marina Rossit Timm e Letícia Fontes Lage.

Mercado corre do risco em momento de estresse

Se tem uma coisa que o mercado é previsível é com relação ao seu comportamento em momentos de estresse é aversão ao risco. “Nessa...

Petrobras: mais prazo de inscrição no novo Marco Legal das Startups

Interessados em participar do primeiro edital da Petrobras baseado no novo Marco Legal das Startups (MSL) poderão inscrever-se até o dia 12 de dezembro....

Canal oficial para investidor pessoa física na B3

A partir desta sexta-feira, a nova área logada do investidor da B3, lançada em junho, passa a ser o canal que centraliza todas as...

Fitch Ratings atualiza metodologia de Rating de Seguros

A Fitch Ratings, agência de classificação de risco, publicou nesta sexta-feira relatório de atualização de sua Metodologia de Rating de Seguros. Segundo a agência,...