Ásia fecha em baixa; Europa e futuros de NY em leve alta

Ásia e Pacífico fecharam em baixa, à medida que a disseminação do coronavírus freou o otimismo com a recuperação da economia global.

Opinião do Analista / 10:53 - 29 de jun de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Os futuros das Bolsas de Nova Iorque operam majoritariamente em alta, sugerindo que os mercados à vista vão ensaiar uma recuperação nesta segunda-feira, após fecharem o último pregão em forte baixa em reação ao avanço do coronavírus nos EUA.

Na Europa, as Bolsas abriram em baixa, com investidores acompanhando a disseminação do coronavírus pelo mundo, mas há pouco subiam. Às 7h25, no mercado futuro, Dow Jones subia 0,37% e S&P 500 avançava 0,17%, mas Nasdaq recuava 0,23%. A Bolsa de Londres subia 0,32%, a de Frankfurt subia 0,40% e a de Paris se valorizava 0,09%.

Do outro lado do globo, as Bolsas da Ásia e Pacífico fecharam em baixa nesta segunda-feira, à medida que a disseminação do coronavírus freou o recente otimismo com a recuperação da economia global. O mundo registrou número recorde de novos casos de Covid-19 em 24 horas, assim como os EUA, onde a doença se alastra de forma mais agressiva. O Nikkei caiu 2,30% em Tóquio, enquanto o sul-coreano Kospi caiu 1,93% em Seul, e o Hang Seng recuou 1,01% em Hong Kong. O Xangai Composto se desvalorizou 0,61%. O mau humor generalizado deixou em segundo plano o lucro de grandes empresas industriais da China, que cresceu 6% na comparação anual e revertendo queda de 4,3% do mês anterior.

Na Oceania, o S&P/ASX 200 recuou 1,51% em Sydney.

.

Pedro Molizani

Trader Mesa de Câmbio

Travelex Bank

www.travelexbank.com.br

Fonte: Broadcast

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor