Ata do Copom deve movimentar os mercados; no câmbio, dólar ganha força

Contrato futuro de dólar opera acima das médias de preços de fechamento dos últimos 20 e 200 dias

102
Bolsas operam com viés de baixa
Dólar (Foto: Marcello Casal Jr./ABr)

Nesta terça-feira, os mercados seguem com as atenções direcionadas para a ata da última reunião de política monetária do Copom, além de dados relacionados ao setor de serviços. No exterior, os destaques ficam para a inflação ao produtor americano no mês de abril, bem como para a participação de Jerome Powell, presidente do Federal Reserve, em reunião com banqueiros, onde o mercado busca indicações sobre os próximos passos da política monetária americana.

Com o recuo dos juros das treasuries é possível que os ativos locais se beneficiem, no entanto é válido ressaltar a forte influência da ata do Copom, que deve ser o principal driver dos mercados locais no dia de hoje. No câmbio, o dólar ganha força ante principais divisas, conforme sinaliza o índice DXY, mas fica sem direção única ante moedas emergentes, o que pode indicar possível volatilidade da moeda americana ante o real.

Os contratos futuros de petróleo operam próximos à estabilidade, enquanto o dólar sobe. Em Nova Iorque, os índices futuros acionários exibem tendência de alta, ao passo que os rendimentos das treasuries recuam. Na Europa, o sinal é divergente entre as principais Bolsas, assim como o fechamento das Bolsas asiáticas nesta terça-feira.

No último pregão o contrato futuro de dólar fechou em alta marginal, porém, após uma abertura em gap de baixa e com volume de negociação ainda reduzido. Com isso, a moeda americana segue operando acima das médias de preços de fechamento dos últimos 20 e 200 dias.

Espaço Publicitáriocnseg

.

Travelex Bank

Leia também:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui