Atentado

O diário português Público noticiou ontem uma suposta tentativa de atentado contra o candidato do PT Luiz Inácio Lula da Silva, na noite de segunda-feira, em Florianópolis. Segundo o jornal, um homem “com arma de precisão, como se quisesse acertar de longe” teria sido detido pela Polícia Federal no comício que o líder das pesquisas fazia. A notícia foi desmentida pelo comitê de Lula e chamou mais atenção por ter sido publicada por um jornal lusitano e pela pouca repercussão que teve ao longo do dia – nem rádio, nem os telejornais noturnos tocaram no assunto. Quem buscou na Internet só achou uma pequena nota no Últimas Notícias do iG. O PT também preferiu não dar destaque ao assunto.

Crime
A Associação Nacional de Jornais (ANJ) manifestou de forma enfática ao Ministério da Justiça a sua indignação com o assassinato do advogado e empresário Domingos Sávio Brandão de Lima Júnior, proprietário e diretor-presidente da Folha do Estado, de Cuiabá (MT). O Ministério da Justiça afirmou à associação que garantiu apoio federal ao governo do Estado de Mato Grosso no combate ao crime organizado e nas investigações do assassinato.

Recomeçar
Ainda convalescendo na UTI de dez anos de aventura neoliberal, a Argentina parece estar, pelo menos, mexendo os dedos. Em agosto, após 12 meses de quedas consecutivas na captação de recursos, a indústria de fundos do país registrou crescimento real de 1,21%, segundo a consultoria Thompson Financial. A Thomson atribui o resultado positivo à relativa estabilidade cambial nos últimos dois meses aliada ao aumento da liquidez dos novos ativos oferecidos pelo Banco Central do país, o que incrementou as aplicações em produtos de renda fixa. Os fundos de prazo fixo em pesos, que ofereceram rendimentos superiores a 30% ao ano investindo em Letras do Banco Central (Lebac), captaram US$ 33,13 milhões em agosto. Pode ser pouco, mas para quem foi ao fundo do poço…

“Vade retro”
O jornal Folha Universal, da Igreja Universal, publicou apoio do bispo Macedo ao candidato Anthony Garotinho. Não se sabe se tal divulgação é contra ou a favor do candidato do PSB.

Marcos de Oliveira
Diretor de Redação do Monitor Mercantil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLatinha
Próximo artigoMaquiagem

Artigos Relacionados

Não, a Petrobras não quebrou

Na época em que os preços dos combustíveis não eram descontrolados, caixa da estatal era superior ao atual.

Hood Robin e o ICMS nos combustíveis

Reduzir impostos tira da sociedade para dar a poderosos.

Governo sabota emprego doméstico

Desconto no Imposto de Renda, que acabou, incentivava a assinatura da carteira.

Últimas Notícias

Sindicatos defendem política pública para tratar dos combustíveis

Melhor alternativa é considerar todas as etapas e beneficiar o consumidor

Redução dos impactos socioeconômicos das mudanças climáticas

Engajamento necessário de todos os atores sociais, especialmente das empresas.

O cenário da construção civil para 2022

Por Victor Gomes.

Sai edital da primeira desestatização de portos no país

Em Vitória a capacidade de movimentação portuária é de 7 milhões de toneladas

‘Olhos de Água’, romance delicado e apaixonante

Por Paulo Alonso.