Atividade econômica aponta retração de 11,2% no trimestre

Segundo FGV, em junho, recuo foi de 9,4%, na mesma base de comparação, resultado melhor do que o observado em maio: -12,7%.

Conjuntura / 17:07 - 4 de ago de 2020

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor

Medido pela Fundação Getúlio Vargas, o Indicador de Atividade Econômica (IAE-FGV - 1ª Prévia) aponta retração recorde de 11,2% no segundo trimestre deste ano, em comparação com o primeiro. Embora a atividade econômica tenha crescido em junho 0,7%, sendo o segundo crescimento consecutivo do indicador, a forte retração registrada em abril foi determinante para o desempenho negativo no trimestre.

Na comparação interanual também foi registrado recorde de retração da atividade no segundo trimestre com queda de 11,7%. Em junho o recuo da atividade foi de 9,4%, na mesma base de comparação, resultado melhor do que o observado em maio (-12,7%). Com esses resultados, a taxa acumulada em 12 meses até junho chega a -2,2% e o acumulado no primeiro semestre do ano a -5,8%.

O IAE-FGV é um indicador que antecipa a tendência da economia brasileira a partir da divulgação de três versões com base na divulgação das principais pesquisas mensais de atividade divulgadas pelo IBGE. As principais informações para a atualização do indicador são: Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física (PIM-PF); Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) e; Pesquisa Mensal de Serviços (PMS).

Siga o Monitor no twitter.com/sigaomonitor